Brasil Metal Union: Bandas comentam a edição 2005 e a história do festival

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar Correções  

Em 2005 o Brasil Metal Union (BMU) está comemorando sua quinta edição, e a segunda desde que foi firmada a parceria entre a Heavy Melody e a Toplink, que propiciou que a edição de 2004 fosse realizada no DirecTV Music Hall, com estrutura e organização bem superiores. No ano de 2005 a história se repete, com um "cast" escolhido pelo público em votação, apresentando nomes consagrados e outros que marcam presença pela primeira vez. Aproveitamos a oportunidade e fizemos pequenas entrevistas com todas as bandas, visando saber suas expectativas para o evento e planos futuros. Esta é a primeira parte, aonde conversamos com as bandas Khallice (DF), Torture Squad (SP), Mallefactor (MG), Andralls (SP) e Wizards (SP).

publicidade

Por Rafael Carnovale

Vale salientar que as entrevistas seguiram um padrão único para que possamos saber as opiniões das bandas num contexto voltado para o festival, mas sempre estaremos entrevistando as mesmas, como já fizemos muitas vezes.


KHALLICE

Formado em 1995 em Brasília (DF), o Khallice rapidamente obteve boa repercussão por seu prog-metal intrincado e talentoso. Com um CD na praça ("The Journey") e se preparando para gravar seu segundo petardo, a banda promete um show bem forte e a consolidação do apelido de "Dream Theater Brasileiro":


WHIPLASH! - Como foi a reação da banda ao saber que estavam escalados para o festival?

publicidade

Khallice / Foi uma surpresa muito agradável. Já faz uns três anos que participamos da votação e essa foi a primeira vez que rolou. Estamos muito empolgados com a oportunidade de tocar em São Paulo em um festival deste porte. Vai ser show de bola!

WHIPLASH! - A eleição do BMU é sempre muito disputada, com bandas de vários cantos do Brasil. A que você atribui o diferencial que os colocou no "cast"?

Khallice / Temos trabalhado muito esses dois últimos anos e investindo muito no site da banda, que hoje em dia é uma excelente forma de divulgação. Além disso, há aproximadamente 8 meses, temos trabalhado com Brasil Music Press e por causa disso conseguido aparecer mais na mídia especializada. Acredito que isso fez uma boa diferença na votação. As pessoas acabam gravando mais o nome da banda.

publicidade

WHIPLASH! - Como vocês vêem o BMU, desde sua primeira edição, e a mudança de estrutura ocorrida em 2004, com a parceria da Heavy Melody/TOPLINK ?

Khallice / O BMU é um festival que só vem crescendo. Cada ano que passa a coisa melhora e a mudança para o Directv Hall no ano passado deu além de maior exposição, maior credibilidade para o festival. Acho que isso tudo é ainda um começo e que o BMU vai continuar crescendo a cada ano, como tem acontecido.

publicidade

WHIPLASH! - Como será elaborado o "set-list"? Há algo especial que possa ser adiantado?

Khallice / Vamos tocar músicas do nosso CD "The Journey", músicas inéditas e algum cover ainda não definido. Queremos aproveitar a oportunidade para mostrar como será o nosso prócximo trabalho.

WHIPLASH! - O BMU começou a ter sua integridade questionada desde 2004, e este ano as coisas parecem aumentar, com comunidades no Orkut (da mesma maneira que aumentam os elogios ao festival). Como vocês vêem essa enxurrada de críticas e elogios ao mesmo tempo?

Khallice / Isso é perfeitamente normal. Aqui em Brasília temos o Porão do Rock que já está indo pra sua oitava edição se não me engano. Já teve até matéria no principal jornal de Brasília chamando de Panelão do Rock. Imagina que você tem mais de mil bandas querendo tocar, doze que entram. Será que tem mais gente feliz ou triste? De qualquer forma ficamos três anos de fora e entramos agora. Acho que o importante é trabalhar, pois as críticas sempre vão existir.

publicidade

WHIPLASH! - Quais são os planos da banda para o resto do ano, com relação a shows e lançamento de cd's?

Khallice / Vamos tocar ainda em julho no Forcaos em Fortaleza, e começaremos a gravar nosso segundo Cd no começo do segundo semestre.

WHIPLASH! - A variedade de estilos é uma característica marcante neste BMU. Qual seria sua opinião sobre tal mistura?

Khallice / Acho muito legal. O mercado já é tão segregado que acredito que seria uma bobagem segregá-lo ainda mais. Desse jeito a gente une as forças e o noso som chega a mais pessoas, todas elas fãs de rock e metal.

publicidade

WHIPLASH! - Deixe uma mensagem para os fãs que comparecerão do DirecTV para vê-los.

Khallice / Primeiro de tudo quero agradecer a todos que nos ajudaram votando na banda. Contamos com a presença de todos que curtem o nosso trabalho para fazer desse evento um marco em nossa carreira. Um grande abraço a todos e até o BMU!


TORTURE SQUAD

Quem os viu ano passado já sabe o que acontecerá esse ano: o caos! A força do Torture Squad no BMU 2004 foi unanimidade entre os presentes, que vibraram com o thrash vigoroso e agressivo da banda paulistana. Excursionando por todo país, e tendo também aberto o show do Kreator em SP neste ano, eles estão prontos para se superar.

publicidade


WHIPLASH! - Como foi a reação da banda ao saber que estavam escalados para o festival?

Torture Squad / Ficamos muito surpresos pois já havíamos participado ano passado e estar sendo escalado novamente foi realmente uma surpresa muito gratificante para nós!

WHIPLASH! - A eleição do BMU é sempre muito disputada, com bandas de vários cantos do Brasil. A que você atribui o diferencial que os colocou no "cast"?

Torture Squad / Pode ser pelo fato de sempre estarmos trabalhando muito, fazendo vários shows ao redor do Brasil. E por isso, a probabilidade de muitas pessoas conhecerem a banda é inevitável. Se não viu um show pelo menos já ouviu o nome.

WHIPLASH! - Como vocês vêem o BMU, desde sua primeira edição, e a mudança de estrutura ocorrida em 2004, com a parceria da Heavy Melody/TOPLINK ?

Torture Squad / Sem sombras de duvidas o BMU está ficando cada vez mais forte a cada edição feita, e realizar esse evento numa casa do porte do Direct TV Hall é uma grande prova que o metal hoje em dia está se profissionalizando cada vez mais aqui no Brasil!

WHIPLASH! - Como será elaborado o "set-list"? Há algo especial que possa ser adiantado?

Torture Squad / Já estamos montando um set list especial. Estamos pensando em colocar algumas musicas que não tocamos a muito tempo no set list!

WHIPLASH! - O BMU começou a ter sua integridade questionada desde 2004, e este ano as coisas parecem aumentar, com comunidades no Orkut (da mesma maneira que aumentam os elogios ao festival). Como vocês vêem essa enxurrada de críticas e elogios ao mesmo tempo?

Torture Squad / É inevitavél que quando alguma coisa começa a tomar proporções maiores, voce acaba abrangendo uma quantidade maior de opiniões. Não se pode agradar a todos, aí voce tem que analisar qual é a porcentagem dos prós e dos contras e então voce tem que por isso na balança e tentar melhorar mais ainda.

WHIPLASH! - Quais são os planos da banda para o resto do ano, com relação a shows e lançamento de CD's?

Torture Squad / Estamos querendo divulgar o CD e o DVD "Death ,Chaos and Torture Alive" até o fim desse ano. Já estamos trabalhando no próximo album, mas não temos ainda data de lançamento.

WHIPLASH! - A variedade de estilos é uma característica marcante neste BMU. Qual seria sua opinião sobre tal mistura?

Torture Squad / Ótimo! Pois existem muitas bandas boas do metal brasileiro em todos os estilos e todos merecem ter o seu espaço!

WHIPLASH! - Deixe uma mensagem para os fãs que comparecerão do DirecTV para vê-los.

Torture Squad / Mais uma vez nós do Torture Squad queremos agradecer a todos vocês que votaram mais uma vez no Torture Squad para o BMU e estamos muito honrados por isso!!! Com certeza iremos dar o máximo de nós para que todos vocês saiam satisfeitos do festival!

THE TORTURE NEVER STOPS!


WIZARDS

A volta dos que nunca deveriam ter ido embora! O Wizards anunciou seu retorno às atividades no final de 2004. A banda, liderada pelo competente vocalista Christian Passos chegou a gravar um cd com outra formação, mas acabou voltando com seu "line-up" original, e agora se prepara para gravar o sucessor do aclamado "The Kingdom".

WHIPLASH! -omo foi a reação da banda ao saber que estavam escalados para o festival?

Wizards / Ficamos super felizes, pois estávamos a três anos parados e mesmo assim fomos lembrados. Vai ser uma ótima oportunidade da volta da banda a um grande palco e num festival de grande prestígio como o BMU.

WHIPLASH! - A eleição do BMU é sempre muito disputada, com bandas de vários cantos do Brasil. A que você atribui o diferencial que os colocou no cast?

Wizards / Eu acho que muita gente queria o WIZARDS de volta e quando surgiu a notícia de nosso retorno a galera se empolgou e votou.

WHIPLASH! - Como vocês vêem o BMU, desde sua primeira edição, e a mudança de estrutura ocorrida em 2004, com a parceria da Heavy Melody/TOPLINK?

Wizards / É muito legal ver que o festival cresceu, e muito, tendo uma grande importância no mercado. É assim que se preserva e incentiva as bandas e músicos de metal a darem continuidade a seus trabalhos.

WHIPLASH! - Como será elaborado o "set-list"? Há algo especial que possa ser adiantado?

Wizards / Não vamos poder inventar muito, pois não temos tempo disponível até o show, e como só agora definimos o time que vai tocar, iremos executar uma música de cada um de nossos cinco cd’s e dois "covers" consagrados.

WHIPLASH! - O BMU começou a ter sua integridade questionada desde 2004, e este ano as coisas parecem aumentar, com comunidades no Orkut (da mesma maneira que aumentam os elogios ao festival). Como vocês vêem essa enxurrada de críticas e elogios ao mesmo tempo?

Wizards / Tudo o que dá certo sofre críticas feitas muitas vezes por pessoas invejosas. O importante é que o BMU está passando credibilidade e ajudando a cena metal.

WHIPLASH! - Quais são os planos da banda para o resto do ano, com relação a shows e lançamento de CDs?

Wizards / Vamos lançar nosso novo cd este ano e gostaríamos de divulgá-lo através de shows por todo o Brasil e no exterior.

WHIPLASH! - A variedade de estilos é uma característica marcante neste BMU. Qual seria sua opinião sobre tal mistura?

Wizards / Eu acho interesssante, pois une ainda mais os estilos em prol da cena do metal. E é uma iniciativa bem legal, pois dá a todos a oportunidade de mostrarem seu trabalho.

WHIPLASH! - Deixe uma mensagem para os fãs que comparecerão ao DirecTV para vê-los.

Wizards / Espero vê-los todos lá cantando e vibrando conosco, pois daremos tudo de nós para que seja um grande show do Wizards!

Procurem aproveitar essa ótima oportunidade da melhor forma possível, tanto em prol da banda como do festival, pois tem muito cara invejoso aí torcendo contra a gente. Um abração para todos e obrigado pela colaboração!


MALEFACTOR

Outra banda que arrebentou no BMU 2004. Com sua mistura de thrash e black, a galera do Malefactor promete detonar tudo mais uma vez, com uma performance agressiva, liderados pelo possuído Lord Vlad, podemos esperar por muita porrada, e um grande evento!


WHIPLASH! - Como foi a reação da banda ao saber que estavam escalados para o festival?

Malefactor / Estávamos esperançosos, pois tínhamos em mente que fizemos um puta show na edição de 2004. Tomamos várias cervejas ao saber do resultado. Será uma nova oportunidade de mostrarmos o Malefactor com uma ótima estrutura e rever grandes amigos. E será nosso primeiro show na capital paulista com a nova formação, depois da troca de tecladistas.

WHIPLASH! - A eleição do BMU é sempre muito disputada, com bandas de vários cantos do Brasil. A que você atribui o diferencial que os colocou no "cast"?

Malefactor / Com certeza o ótimo show que fizemos na última edição e um trabalho profissional que estamos desenvolvendo, especialmente nos últimos anos, conquistando o respeito de vários metalheads pelo país.

WHIPLASH! - Como vocês vêem o BMU, desde sua primeira edição, e a mudança de estrutura ocorrida em 2004, com a parceria da Heavy Melody/TOPLINK ?

Malefactor / Acho que o Festival deu um grande salto, e dará um enorme passo com a gravação do DVD oficial. A parceria foi muito boa para ambos os lados e esperamos estar em outros shows organizados pelos produtores no futuro. Não só no Brasil Metal Union.

WHIPLASH! - Como será elaborado o "set-list"? Há algo especial que possa ser adiantado?

Malefactor / Estaremos apresentando algumas músicas que não tocamos no outro ano, além de uma música nova que estará presente no nosso MCD "Centurian". E levaremos várias surpresas para o palco. Aguardem um grande show.

WHIPLASH! - O BMU começou a ter sua integridade questionada desde 2004, e este ano as coisas parecem aumentar, com comunidades no Orkut (da mesma maneira que aumentam os elogios ao festival). Como vocês vêem essa enxurrada de críticas e elogios ao mesmo tempo?

Malefactor / Ah cara...sempre existirão invejosos com o sucesso dos outros. Eu acho engraçado que algumas bandas vêm questionar a seriedade do festival, porém, espalharam emails pelo país todo pedindo votos, deixando claro que estavam loucos pra tocar. Mas como não foram selecionados, falam mal do evento. Não temos tempo a perder com este tipo de crítica. Nosso tempo iremos gastar com ensaios e preparação para fazer valer cada centavo de quem pagar pra nos ver lá, além de ser uma resposta à altura dos que depositaram sua confiança no Malefactor.

WHIPLASH! - Quais são os planos da banda para o resto do ano, com relação a shows e lançamento de cd’s?

Malefactor / Daqui a 2, 3 meses estaremos lançando um MCD chamado "Centurian". Será nosso trabalho mais elaborado, com algumas participações especiais sendo acertadas. P Cd deverá ser vendido em bancas de revista e provavelmente faremos mais um vídeo clip, após o sucesso do clip para "Followers of the Fallen". Nosso último álbum está (finalmente) sendo negociado para sair na Europa o segundo semestre e temos planos de em breve fazer nosso primeiro dvd oficial e nossa segunda tour na Europa..

WHIPLASH! - A variedade de estilos é uma característica marcante neste BMU. Qual seria sua opinião sobre tal mistura?

Malefactor / Eu não aprecio todos os estilos presentes, mas se as pessoas estão dispostas a assistir esta variedade, não me incomoda. Estarei prestigiando as bandas que admiro e apoiando o direito de cada um curtir o que melhor lhe convém.

WHIPLASH! - Deixe uma mensagem para os fãs que comparecerão do DirecTV para vê-los.

Malefactor / Se preparaem para assistir o melhor show do Malefactor em todos os tempos. Vamos incendiar aquele local, trazer o inferno para São Paulo na forma de "riffs". Nos vemos no dia 08 de julho. STAY EVIL!


ANDRALLS


"Andralls!!! FUDEU!!!". Com o "fucking thrash metal" nas mãos, o Andralls finalmente obtém o reconhecimento merecido. Após 2 CD’s fortes e aberturas para Judas Priest e Exodus, a banda chega a seu terceiro CD com o mesmo thrash agressivo, marcante, com guitarras cortantes e riffs certeiros. Um show que tem tudo para ser decisivo na carreira já consolidada da banda:

WHIPLASH! - Como foi a reação da banda ao saber que estavam escalados para o festival?

Andralls / Ficamos felizes, já que sempre trabalhamos com seriedade para que oportunidades como esta surjam.

WHIPLASH! - A eleição do BMU é sempre muito disputada, com bandas de vários cantos do Brasil. A que você atribui o diferencial que os colocou no "cast"?

Andralls / Estarmos em um período de crescimento no cenário metal brasileiro e este convite foi recebido com muita satisfação pela Andralls.

WHIPLASH! - Como vocês vêem o BMU, desde sua primeira edição, e a mudança de estrutura ocorrida em 2004, com a parceria da Heavy Melody/TOPLINK ?

Andralls / Um grande festival que dá oportunidade a bandas nacionais para apresentarem seus trabalhos com uma estrutura adequada.

WHIPLASH! - Como será elaborado o "set-list"? Há algo especial que possa ser adiantado?

Andralls / O show ainda pertence à "Inner Trauma Tour 2005", que apresentará músicas de todos nossos álbuns.

WHIPLASH! - O BMU começou a ter sua integridade questionada desde 2004, e este ano as coisas parecem aumentar, com comunidades no Orkut (da mesma maneira que aumentam os elogios ao festival). Como vocês vêem essa enxurrada de críticas e elogios ao mesmo tempo?

Andralls / Sempre achamos as críticas construtivas importantes para o crescimento musical da banda e podemos dizer o mesmo deste festival. Não temos conhecimento de bastidores, mas confiamos que se trata de um evento realizado com seriedade.

WHIPLASH! - Quais são os planos da banda para o resto do ano, com relação a shows e lançamento de CDs?

Andralls / Temos alguns shows agendados para o Chile, Argentina e Uruguai ainda este ano e também continuaremos com a "Inner Trauma Tour 2005" em várias cidades brasileiras nas quais ainda não tivemos a oportunidade de nos apresentar.

WHIPLASH! - A variedade de estilos é uma característica marcante neste BMU. Qual seria sua opinião sobre tal mistura?

Andralls / Isso acontece em qualquer festival no mundo. É importante para que todos os bangers sintam-se satisfeitos, respeitando sempre o trabalho honesto de bandas de todos os estilos.

WHIPLASH! - Deixe uma mensagem para os fãs que comparecerão do DirecTV para vê-los.

Andralls / Garantimos muito fasthrash; um show com muita velocidade e agressividade!!! Agradeço antecipadamente a todos os presentes. Stay Fasthrash!

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Andre Matos: Fotos raras e inéditas, fazendo cosplay de DetonatorAndre Matos
Fotos raras e inéditas, fazendo cosplay de Detonator


Aerosmith: Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiroAerosmith
Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro

Capas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin