Gene Simmons - Entrevista por Jaisson Tatto.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar correções  |  Ver Acessos

Essa é uma entrevista exclusiva com o baixista e vocalista do KISS, Gene Simmons, que, no meio do lançamento do filme Detroit Rock City, arrumou um tempinho e nos fala, em primeira mão, sobre o filme, além de contar sobre a banda, seus projetos e vida particular.

Led Zeppelin: as crianças da capa de "Houses Of The Holy"Mayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por Jaisson Tatto

Tatto / Pra começar, de quem você herdou esta língua?

Gene Simmons / Quando eu nasci, o médico me puxou pela parte errada...

Tatto / Por que do nome KISS?

Gene / Por que FUCK já tinha sido pego.

Tatto / Qual o seu som preferido do Kiss?

Gene / Deuce

Tatto / Quantas vezes você já queimou seu cabelo na hora de cuspir fogo, durante os shows?

Gene / Provavelmente umas 6 ou 7 vezes no curso de 28 anos.

Tatto / O que fez a banda voltar às pinturas?

Gene / KISS é a única banda que tem este lance de múltiplas personalidades. Nós somos os dois, Clark Kent e super-homem ligados num só. KISS teve uma puta carreira com as pinturas e uma puta carreira sem as pinturas, mas nós voltamos, pois o Super-homem é mais legal que o Clark Kent...

Tatto / Depois de todos estes anos e da volta às máscaras, a banda continua se dando bem, sem brigas?

Gene / Qualquer um, time, família ou qualquer outro tipo de grupo que fala que está tudo sempre na boa, são uns mentirosos de primeira classe! Kiss provavelmente não é diferente da sua família. Você briga igual gato e cachorro por um monte de razões, um monte de vezes, mas sangue é mais grosso que água. Kiss é uma família. Eu posso estar puto da cara com meu irmão, mas saiu falando do meu irmão eu tiro as caras!

Tatto / O que você pode nos falar sobre o Ace?

Gene / O Ace é o ser humano mais "ele" que eu já conheci em toda a minha vida. Ele é como um irmão pra mim, ao mesmo tempo em que eu já estive muito puto com ele. Eu e o Ace voamos pra New York outro dia pra promoções em rádios e, caso que vocês não saibam o que ele anda pensando, honestamente falando, o Ace está bem, feliz e não vê a hora de voltar ao palco com o KISS.

Tatto / E sobre o filme, Detroit Rock City, o que você pode nos contar?

Gene / Detroit Rock City, ao mesmo tempo em que é um filme sobre o KISS, é um filme que rola mais sobre 4 fãs do KISS. De certa forma, é muito bíblico. Imagine os 10 mandamentos... é a história da peregrinação... é a história de pessoas acreditando numa filosofia... neste caso, Deus. Detroit Rock City pode ser chamado de KISStianismo... Uma religião, caso você queira... um ponto de vista, talvez. É realmente a história de 4 caras que acreditam na fé e viajam pra Detroit Rock City... Ah, pra não esquecer, neste épico bíblico, o Deus é o KISS. Por favor vai ver o filme... minha mãe tá querendo uma casa nova.

Tatto / E vídeo, vai pintar alguma coisa?

Gene / Sim. Mas se eu começar a falar de todos os novos lances que virão, suas cabeças vão rodar que nem a garotinha no filme Exorcista...

Tatto / Como foi voltar à década de 70 na gravação do filme?

Gene / Não foi chato...

Tatto / Pra quando sairá o filme da televisão CBS?

Gene / Está sendo escrito agora pelo Jeff Arch, que escreveu Sleepless In Seattle. O filme é baseado numa história minha. Vai sair lá por dezembro.

Tatto / Você tem planos de voltar a atuar em filmes?

Gene / Sim, eu estou atuando neste momento. Eu vou também gravar um filme em Setembro chamado Wish You Were Dead que vai ser dirigido pela Valerie McCaffrey e outro filme em Outubro chamado Night Club com o Alec Baldwin.

Tatto / Você acha que sua música e filmes tiveram um bom ou mau impacto sobre os jovens de hoje?

Gene / Não sou eu que tenho que responder esta. Eu só trabalho aqui.

Tatto / E o que você acha das bandas novas que estão surgindo agora?

Gene / Tá cheio de música interessante... Mas são poucos músicos que tem cérebro pra levar a coisa. Eu acho o Marilyn Manson um cara inteligente. Ele tem um ponto de vista que não depende de ninguém e eu acho isto muito legal. Eu gosto de banda que mija no chão e reivindica seu território.

Tatto / Voltando ao KISS, a nova música, Nothing Can Keep Me From You, vai ser lançada como single?

Gene / A música está rodando nas rádios, este é o primeiro passo. Se a rádio responde, aí sim, com certeza será lançada como single.

Tatto / A nova tour começará no ano 2000?

Gene / Sim, começa no ano 2000.

Tatto / Terá novas roupas, novas fantasias?

Gene / Espere e verás...

Tatto / Algum plano especial pra noite de ano novo?

Gene / Sim, mas eu não posso falar sobre isto neste momento. Entre o lançamento do filme Detroit Rock City, o WCW, a estrela que ganhamos na calçada da fama, o desenho animado do KISS, o filme da semana na CBS e mais a tour que vem vindo já é bastante assunto, antes que eu fale de outra coisa... eheheh.

Tatto / O que você considera de melhor sendo um membro do KISS?

Gene / Da mesma maneira que estar no palco é demais, não tem nada melhor que fazer o "Bis!" no quarto do hotel...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Kiss"Todas as matérias sobre "Gene Simmons"


Kiss: reflexões de Paul Stanley sobre envelhecerKiss
Reflexões de Paul Stanley sobre envelhecer

Sebastian Bach: Entendo porque Gene não trabalha mais com Ace FrehleySebastian Bach
"Entendo porque Gene não trabalha mais com Ace Frehley"


Led Zeppelin: as crianças da capa de Houses Of The HolyLed Zeppelin
As crianças da capa de "Houses Of The Holy"

Mayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011Mayhem
Banda levou restos humanos para o palco em 2011


adClio336|adClio336