Em 17/05/1958: Nasce Paul Di'Anno (ex-Iron Maiden)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Enviar correções  |  Comentários  | 

Paul cresceu em Chingford, subúrbio de Londres, e durante a adolescência cantou em várias bandas de rock enquanto trabalhava como açougueiro e cozinheiro. Ele entrou no Iron Maiden após a saída de Dennis Wilcock, sendo apresentado a Steve Harris pelo baterista Doug Sampson, um velho amigo de Steve que tocou com ele na banda Smiler. Foi nesta época que Paul adotou o sobrenome "Di'Anno" – que depois ele usaria para afirmar ser descendente de italianos.

637 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores5000 acessosOut: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista

O primeiro teste com Paul não ocorreu, porque Paul foi preso pela polícia ao ameaçar um homem com uma faca em via pública, mas Paul acabou entrando na banda e gravando o primeiro álbum em 1980, Iron Maiden, que tornou-se um clássico do gênero, misturando punk com riffs de heavy metal e alguns elementos de rock progressivo. Em 1981, Paul gravou o segundo álbum, Killers, e um EP, Maiden Japan.

Tensões começaram a surgir na banda por causa do comportamento de Paul. Alguns shows chegaram a ser cancelados por falta de vontade ou pelo estado em que Paul se encontrava, pelo uso excessivo de bebidas alcoólicas e drogas. Por causa desses problemas, a banda resolveu substituí-lo por outro vocalista que conseguisse cumprir os compromissos das turnês, e acabaram escolhendo o ex-vocalista do Samson, Bruce Dickinson.

Após a saída do Iron Maiden, Paul montou uma banda própria chamada Di'Anno, com Lee Slater e P.J. Ward nas guitarras, Kevin Browne no contra-baixo, Mark Venables nos teclados e Dave Irving na bateria. A banda perdurou por dois anos, gravando apenas um álbum (Di'anno) em 1984.

Em 1985, Di'Anno criou a banda Battlezone, com a qual fez shows por quatro anos e gravou 3 álbuns: Fighting Back, Children of Madness e Warchild.

Após o fim da Battlezone, Paul e Steve Hopgood (também integrante do Battlezone) decidiram formar uma nova banda, que Paul nomeou Killers, em homenagem ao seu segundo album no Iron Maiden.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 17 de maio de 2016
Post de 17 de maio de 2017

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

637 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores1114 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

SlipknotSlipknot
Qual a opinião de Steve Harris sobre a banda?

Iron MaidenIron Maiden
16 fatos sobre o "Powerslave"

Nomes científicosNomes científicos
Nova espécie em tributo ao Dio e outras homenagens

0 acessosTodas as matérias da seção Datas de Nascimento0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

OutOut
Os 100 álbuns mais gays segundo a revista

SlipknotSlipknot
12 histórias que retratam o quão insana a banda é

Elvis PresleyElvis Presley
A filmografia do Rei do Rock

5000 acessosGuitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidos5000 acessosExcessos: como os rockstars gastam os seus milhões5000 acessosAxl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anos5000 acessosMetallica: casal toca no casamento e é convidado pela banda5000 acessosVan Halen: a capa "punk" do primeiro álbum que a banda rejeitou5000 acessosCreed: música salvou garoto de ataque de lobos

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online