Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemAdrian Smith conta como Iron Maiden permaneceu forte e era grunge passou

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemMetade das pessoas com menos de 23 anos desconhecem Pink Floyd, David Bowie e Bon Jovi

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemO dia que Serguei fez um react do clipe de "Recomeçar", o hit do Restart

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemOzzy Osbourne diz que "tinha muito o que provar" com "No More Tears"

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"


Sexo Anal: saiba onde encontrar esse prazer no cenário Rock

Por Marcelo Araújo
Fonte: Ogro do Metal
Em 27/07/14

No longínquo ano de 1955, o cantor, compositor e pianista americano Richard Wayne Penniman, mais conhecido por Little Richard, já falava abertamente sobre o tema na canção "Tutti Frutti", que trazia na letra original os dizeres "Tutti Fruitti, good booty, If it don’t fit, don’t force it, you can grease it, make it easy". O produtor Robert Blackwell, sentindo que a música seria um grande sucesso, sugeriu que o teor sexual precisava ser limpo, e a sequência foi trocada por "Tutti Fruitti, all rooty". No ano seguinte a canção foi regravada por Elvis Presley.

Em 1961, Willie Dixon compôs "Back Door Man", e em 1967 a banda The Doors lançou uma versão da mesma. A expresão "back door man", no contexto original, significa o amante que entra e sai pela porta dos fundos da casa, e é um tema recorrente ao blues. A partir dos anos 60, passou a ser encarada como duplo sentido para o homem que pratica sexo anal.

Em 1970, Mick Jagger escreveu a canção "Schoolboy Blues", que ficou mais conhecida como "Cocksucker Blues", fazendo uma paródia da canção "The Lonesome Guitar Strangler", lançada em 1969 pelo artista americano Dr. John. Era para ser o último single dos Rolling Stones lançado pela Decca Records como previsto em contrato, mas diante do contexto e dizeres inapropriados que a banda utilizou na letra com o propósito de irritar a gravadora, a canção foi lançada apenas em 1983 na Alemanha Ocidental, em uma compilação de 4 LPs chamada "The Rest of the Best", e mesmo assim, saiu como bônus. Quatro semanas depois, a compilação foi relançada já sem a referida canção. A letra dizia: "Oh where can I get my cock sucked? Where can I get my ass fucked? I may have no money, but I know where to put it every time…"

Em 1974, a banda Kiss lançou a música "Nothin' to Lose" e Gene Simmons admitiu que a canção foi escrita com o propósito de persuadir sua namorada a experimentar o sexo anal e que ela não teria nada a perder. Linhas como "I thought about the back door, I didn’t know what to say" e "shake it honey" já dizem tudo.

Em 1984, a banda Deep Purple lançou a música "Knocking At Your Back Door" e nos brindou com a doce dançarina Lucy e a extravagante Nancy. Mais uma canção em que a letra diz tudo de forma bastante clara: "Feel it coming, It's knocking at the door, You know it's no good running, It's not against the law, The point of no return, And now you know the score, And now you're learning, What's knockin' at your back door…"

Menções honrosas para "I'd Do Anything for Love (But I Won't Do That)" do Meat Loaf na sequência: "Oh no, no way, And I would do anything for love, but I won't do that", onde a personagem da canção fala em fazer tudo por amor, menos "isso", que fica subentendido que seria sexo anal. Outra que merece destaque é "I'm Gonna Give You A.I.D.S." do Anal Cunt. A letra diz: "I'll let you let me fuck you in your fucking ass, I'll give you A.I.D.S. while I shove it in your ass…". E por fim, uma que nem precisa dizer muita coisa, basta olhar o título: "I Want To Fuck A Dog In The Ass" do Blink-182.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Capas de álbuns: agora com gatos em discos clássicos


Sobre Marcelo Araújo

Carioca da gema e fanático por música de qualidade, aprendeu a gostar de Rock aos 10 anos de idade por causa de bandas como Scorpions, Led Zeppelin e Guns N' Roses. A maior decepção foi ver uma de suas bandas preferidas, o Bon Jovi, mudar completamente de estilo e se tornar uma coisa bem chatinha de uns tempos pra cá, algo classificado como uma mistura de Sertanejo Universitário com Pop. Das bandas mais recentes, curte bastante Alter Bridge e Unisonic. Adora tudo relacionado com as curiosidades por trás das canções, álbuns e bandas, sempre escrevendo matérias a respeito desses fatos no blog Ogro do Metal.

Mais matérias de Marcelo Araújo.