Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemEvanescence anuncia a saída da guitarrista Jen Majura

imagemIron Maiden apresenta Eddie em versão samurai ao vivo; veja vídeo oficial

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield

imagemComo CDs e MP3s decepcionaram Jimmy Page

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos


Stamp

Bruce Springsteen: sua relação com o cinema

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Fonte: Rolling Stone Argentina
Em 13/09/13

Começamos a contagem regressiva para os shows do "Boss" no Brasil. A seguir, algumas conexões entre BRUCE SPRINGSTEEN e o cinema. Não as mais populares (todo mundo sabe como encontrar o vídeo de Filadélfia ou Jerry Maguire ou a aparição em High Fidelity). Vamos por outros momentos, outros filmes, em interseções mais significativas e de menor tráfego.

Copland (Cop Land, James Mangold) acontece em Nova Jersey, terra natal e referência frequentemente presente na discografia de SPRINGSTEEN. O protagonista é Freddy (Sylvester Stallone), um herói derrotado, com uma orelha a menos e leal aos seus amigos (ou aqueles assumido como tal), até que ele entra em um dilema moral. Freddy escuta em vinil as músicas "Stolen Car" e "Drive All Night" (ambas de The River). Aqui, o momento de "Stolen Car", o grande momento de um grande filme:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E "Drive All Night".

Peter Bogdanovich tentou ter canções de SPRINGSTEEN em Marcas do Destino (Mask, 1985). O personagem Rocky Dennis (Eric Stolz) tinha um poster do Chefe em seu quarto, e o filme estava recheado com canções de SEGER. SPRINGSTEEN era o preferido do real Rocky Dennis, o menino com deformidade facial em cuja vida o filme foi baseado. SPRINGSTEEN queria que suas músicas fossem usadas em Mask - disse Bogdanovich. "Pegue as que quiser" - mas os proprietários legais dos direitos não chegaram a um acordo com a Universal. O próprio Bruce pressionou que as músicas fossem incluídas no lugar onde elas estavam na primeira montagem do filme, na versão em DVD com corte do diretor. Bruce ficou encantado por utilizarem suas canções "Badlands", "Racing in the Street", "Thunder Road", "The River", "Born in the USA", "The Promised Land". Como nós não encontramos vídeos desse filme com músicas de SPRINGSTEEN, vai um trailer de outro filme de Bogdanovich que também possui músicas de SPRINGSTEEN, e é springsteeniana de coração, a obra-prima Texasville (não, neste vídeo também não ouvimos a voz de Bruce).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por um curto período, Springsteen teve a idéia de ser um ator de cinema, mas isso passou (sim, nós dissemos que aparece brevemente em High Fidelity). E nós sabemos que ganhou um Oscar de melhor canção original com "Streets of Philadelphia". E sabemos que "Thunder Road" é o título de um filme de "carro" de 1958, com Robert Mitchum. E que "Badlands" foi inspirado pelo título e cartaz do filme de 1973 de Terrence Malick. Bruce viu esse filme e fez a música "Nebraska", do álbum acústico auto-intitulado (quando não era moda fazer acústicos, em 1982) sobre o mesmo caso real em que se baseou Malick, o casal de assassinos Charles Starkweather e Caril Fugate. A música do álbum, "Highway Patrolman", inspirou Sean Penn a realizar o seu primeiro filme como diretor, The Indian Runner (1991). Em seguida, vieram mais trabalhos com Sean Penn. Sabemos tudo isso e muito mais sobre BRUCE SPRINGSTEEN e o cinema, assim como o personagem de Tom Cruise em Guerra dos Mundos, de Spielberg, que foi concebido pelo roteirista David Koepp como um herói. springsteeniano. Mas o que devem mesmo ver é este trecho de "Palombella Rossa" de Nanni Moretti. A música de Springsteen em uma piscina de polo. Nada mais do que "I'm On Fire".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Os três músicos que estão à altura de James Brown, segundo o próprio

Bruce Springsteen fecha acordo e garante meio bilhão de dólares antes do NatalBruce Springsteen fecha acordo e garante meio bilhão de dólares antes do Natal

Bruce Springsteen: cantor vendeu seus direitos autorais, segundo a BillboardBruce Springsteen: cantor vendeu seus direitos autorais, segundo a Billboard

Beto Alone: A ligação entre o Limp Bizkit, RATM, Springsteen, Beatles e The Who (vídeo)


Capas de álbuns: idosos em casa de repouso recriam artes de clássicos do rock e pop



Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva.