Matérias Mais Lidas

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemOzzy Osbourne revela de qual de seus álbuns Lemmy Kilmister mais gostava

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemSteve Perry revela o motivo ter recusado substituir Dave Lee Roth no Van Halen

imagemA opinião de Brian May sobre Lemmy Kilmister e o Motörhead

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemKing Diamond fala sobre retorno do Mercyful Fate; "Isso não é uma reunião"


Stamp

Shapeshifting: o novo álbum de Joe Satriani

Resenha - Shapeshifting - Joe Satriani

Por Renan Darski Silva
Em 13/04/20

Como se estivesse em início de carreira, Joe Satriani mantêm a média de um álbum novo a cada dois anos. O ex-professor de Kirk Hammett e Steve Vai, nos 46 minutos de Shapeshifting, não nos mostra um mais do mesmo. Algumas coisas do passado, claro, inspiram certas músicas. Não há como não associar alguns segundos da base de "Nineteen Eighty" à "Surfing Wiht The Alien" (álbum homônimo/1987), a acústica "Yesterday's Yesterday" à "Rubinas's Blue Sky Happiness" (The Extremist/1992) e "Spirits, Ghosts And Outlaws" à "Devil's Slide" (Engines of Creation/2000). Mas essas semelhanças todas soam muito mais como um aprimoramento do que falta de criatividade. Tal aprimoramento tornou possível uma obra coesa e sem gratuidades na ordem das músicas, na escolha dos timbres, dos arranjos e da mixagem. É um álbum para ouvir na íntegra, de preferência sem muitos intervalos, pois é nítida a construção de um fluxo (diferente de uma lista de músicas que apenas estavam prontas).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Depois de ouvi-lo na íntegra, podemos dividir "Shapeshifting" em três grupos:

Um com "Big Distortion", "Nineteen Eighty", "Spirits, Ghosts And Outlaws" e "Perfect Dust". Destaque para "Nineteen Eighty", que teve clipe dirigido pelo filho (ZZ Satriani) e "Big Distortion", que segundo o próprio Satriani, foi muito fácil de compor, sem escolha dessa ou daquela guitarra, desse ou daquele pedal. Muito inspirada, com um fraseado que, por segundos, flerta com "Bad Romance" de Lady Gaga, "Big Distortion" é uma das melhores músicas dos últimos 20 anos... compostas por Satriani, claro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Noutro grupo, temos "Teardrop" liderando. Dona da melhor mixagem e do melhor arranjo, é música para ouvir de fone de ouvido. Ela te traz algo novo a cada escuta. Os instrumentos surgem nos canais com timbres minuciosamente captados. A bateria de "Kenny Aronoff" (John Fogerty, Chickenfoot) é perfeita. Ao lado de "Teardrop" estão "Falling Stars", "All For Love" e a primeira, "Shapeshifting". Falando na primeira música, suas mudanças de rumo são pedagógicas: nela, Satriani nos ensina o teor do álbum. Nos ensina que dali pra frente a guitarra irá sim silenciar antes do fim de algum compasso ou que um teclado irá terminar as coisas de forma inusitada. Ótima música de abertura, lembrando muito o papel de "Oriental Melody" em Strange Beautiful Music (2002).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No grupo das mais experimentais, estão "All My Friends Are Here", "Waiting", "Here The Blue River", "Yesterday's Yesterday" e "Ali Farka, Dick Dale, an Alien And Me". As mais fracas ou as que levam mais tempo para o ouvido se acostumar. Tirando "Yesterday's Yesterday", que cumpre perfeitamente seu papel de encerrar as coisas, e "Waiting", que te faz ver um filme em segundos, as outras só estão onde estão porque funcionam no pacote.

Como resumir "Shapeshifting"? É um disco para ouvir inteiro. Satriani compõe álbuns inteiros assim como o Pearl Jam, que lançou "Gigaton" esse ano também. Eddie Vader disse: "Não que todos tenham que ouvir tudo, mas ainda fazemos assim caso alguém queira escutar dessa forma (...) Também é como um show: montamos a ordem das músicas para ter um fluxo e uma energia. Uma canção passa a tocha para a outra".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pensando na discografia de Satriani, com o que se parece "Shapeshifting"? Junto de "What Happens Next" (2018), "Shapeshifting" é o ápice, em termos de atmosfera, do que começou em "Strange Beautiful Music" (2003), criou corpo em "Unstoppable Momentum" (2013) e quase ficou pronto em "Shockwave Supernova" (2015).

Ficha Técnica
Álbum: Shapeshifting
Artista: Joe Satriani
Data de lançamento: 10 de abril de 2020

Faixas
01. "Shapeshifting" - 03:55
02. "Big Distortion" - 04:15
03. "All For Love" - 02:34
04. "Ali Farka, Dick Dale, an Alien And Me" - 03:42
05. "Teardrops" - 04:11
06. "Perfect Dust" - 03:31
07. "Nineteen Eighty" - 03:40
08. "All My Friends Are Here" - 03:24
09. "Spirits, Ghosts And Outlaws" - 03:24
10. "Falling Stars" - 03:44
11. "Waiting" - 02:40
12. "Here The Blue River" - 05:04
13. "Yesterday's Yesterday" - 02:48

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Duração total: 46:52

Formação:
Joe Satriani - Guitarras elétricas, violão, banjo, assovios, palmas
Chris Chaney - Baixo elétrico, Guitarra rítmica adicional (faixa 10)
Eric Caudieux - Teclados, percussão, assovios, palmas
"Kenny Aronoff" - Baterias
Lisa Coleman - Piano (Faixas 11 e 13)
Christopher Guest - Mandolin (Faixa 13)
Jim Scott - percussão, assovios, palmas
Neil Baldock – Palmas

Produzido por Jim Scott e Joe Satriani
Gravado e Mixado por Jim Scott e PLYRZ Recording Studio Valencia, CA
Todas as músicas escritas por Joe Satriani

Mais informações:
http://www.satriani.com/discography/Shapeshifting/

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Citação sobre Pearl Jam:

Pearl Jam: por que Gigaton demorou anos para ficar pronto, segundo Vedder

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O solo de guitarra gravado por Kirk Hammett que o assombrou por quase 20 anos

Sammy Hagar revela em que Joe Satriani supera Eddie Van Halen

Joe Satriani conta como ele entrou para a banda solo de Mick Jagger em 1988

Joe Satriani relembra sua primeira audição do "Electric Ladyland", de Jimi Hendrix

Satriani escolhe seu guitarrista preferido; "Eu não consigo acreditar no que ele fez"

O comportamento de Kirk Hammett que facilitou o trabalho de seu professor Joe Satriani

Tarja Turunen e Joe Satriani com rapper antiguano em single; ouça "The Sleeping Indian"

Joe Satriani defende guitarristas do Instagram, mas tem muita inveja deles

Joe Satriani conta como foi realizar seu sonho de fazer sucesso como guitarrista

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay Area

Joe Satriani: por que ele não entrou no Deep Purple?

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino