Ramones: em 1980, um disco diferente e polêmico

Resenha - End Of The Century - Ramones

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7

Depois de quatro ótimos discos, o Ramones entrou em estúdio para uma experiência diferente. A banda se uniu ao renomado produtor Phil Spector, conhecido pelo seu trabalho com artistas de renome, entre estes, os Beatles.

Megadeth: Pepeu Gomes comenta convite para tocar na bandaBlack Sabbath: a polêmica capa do polêmico Born Again

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um tanto quanto excêntrico e perfeccionista, Phil foi o causador de inúmeros problemas para a banda. Além de repetidas sessões de gravação, o comportamento estranho de Phil não deixava os integrantes muito confortáveis. Existe até mesmo a historia de que o produtor havia apontado uma arma para os integrantes, o que foi desmentido por Marky.

Marky Ramone: Phil Spector não apontou uma arma para nósMarky Ramone
"Phil Spector não apontou uma arma para nós"

Bom, fato é que anos depois, ficou provado que Phil Spector estava longe de ser uma pessoa das mais bacanas, já que foi preso por conta do assassinato da atriz Lana Clarkson.

Porém, voltando ao aspecto musical, sem sombra de dúvidas esse é o trabalho mais pop do Ramones, muito por influência da produção. Existem inúmeros bons momentos no disco, como a clássica "Rock And Roll Radio", a grande versão para "Baby I Love You", "The Return Of Jackie And Judy", a balada "Danny Says", "I'm Affected", "All The Way" (talvez a que mais se aproxime do que o Ramones escreveu no início de carreira), "Chinese Rock" e "Let's Go". Porém, a produção mais polida não funcionou muito bem, e mesmo que este seja um dos maiores sucessos comerciais da banda, divide bastante opiniões.

Pela primeira vez, o Ramones tentou de fato se inserir no mercado pop, mas mesmo com boas músicas, as expectativas não foram atingidas, principalmente a de Phil, que chegou a afirmar que esse seria o maior disco da historia. Não foi. Mas garante bons momentos, alguns dançantes, outros mais românticos.

"End Of the Century" mostra um outro lado do Ramones e merece mais atenção do que recebe, principalmente por parte de quem imagina que o som da banda sempre foi aquela correria maluca de "Loco Live". Ouça!

Ano de lançamento: 1980

Faixas:

"Do You Remember Rock and Roll Radio"
"I'm Affected"
"Danny Says"
"Chinese Rock"
"The Return of Jackie and Judy"
"Let's Go"
"Baby, I Love You
"I Can't Make It on Time"
"This Ain't Havana"
"Rock and Roll High School"
"All the Way"
"High Risk Insurance"

Formação:

Joey: vocal
Johnny: guitarra
Dee Dee: baixo
Marky: bateria


Outras resenhas de End Of The Century - Ramones

Resenha - End Of The Century - RamonesRamones: a resenha do álbum "End of The Century"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ramones"


Capas de álbuns: agora com gatos em discos clássicosCapas de álbuns
Agora com gatos em discos clássicos

Ramones: a singela dedicatória de Arturo Vega a Joey RamoneRamones
A singela dedicatória de Arturo Vega a Joey Ramone


Megadeth: Pepeu Gomes comenta convite para tocar na bandaMegadeth
Pepeu Gomes comenta convite para tocar na banda

Black Sabbath: a polêmica capa do polêmico Born AgainBlack Sabbath
A polêmica capa do polêmico Born Again


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

adGoo336