Matérias Mais Lidas

Guns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito melhor vocalistaGuns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito "melhor vocalista"

Iron Maiden: gravação impressiona ao mostrar o quanto Adrian Smith é preciso ao vivoIron Maiden: gravação impressiona ao mostrar o quanto Adrian Smith é preciso ao vivo

Legião Urbana: série da Globo sobre a banda é cancelada e motivo irrita músicosLegião Urbana: série da Globo sobre a banda é cancelada e motivo irrita músicos

Skank: a frase homofóbica que Samuel Rosa se arrependeu de ter dito para livro de LeoniSkank: a frase homofóbica que Samuel Rosa se arrependeu de ter dito para livro de Leoni

Mayhem: fique longe das redes sociais, aconselha NecrobutcherMayhem: "fique longe das redes sociais", aconselha Necrobutcher

Metal Sinfônico: os 25 melhores álbuns do gênero segundo a revista Metal HammerMetal Sinfônico: os 25 melhores álbuns do gênero segundo a revista Metal Hammer

Judas Priest: Rob Halford revela qual é a sua música definitiva da bandaJudas Priest: Rob Halford revela qual é a sua "música definitiva" da banda

Nightwish: em momento nostálgico Floor Jansen relembra sua irmã mais velha no metalNightwish: em momento nostálgico Floor Jansen relembra sua "irmã mais velha no metal"

Bruce Dickinson: em vídeo ele promete noite fabulosa em homenagem à Jon LordBruce Dickinson: em vídeo ele promete noite fabulosa em homenagem à Jon Lord

Rock e metal: 7 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (22/10) para você ouvirRock e metal: 7 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (22/10) para você ouvir

Iron Maiden: James LaBrie recusou audição para assumir o lugar de Bruce DickinsonIron Maiden: James LaBrie recusou audição para assumir o lugar de Bruce Dickinson

Eagles: guitarrista conta como foi gravado o memorável solo da canção Hotel CaliforniaEagles: guitarrista conta como foi gravado o memorável solo da canção "Hotel California"

Iron Maiden: Adrian Smith não quis voltar em 1999 e achava maluquice ter três guitarrasIron Maiden: Adrian Smith não quis voltar em 1999 e achava maluquice ter três guitarras

Judas Priest: K.K. Downing espera que Richie Faulkner se recupere e banda retome turnêJudas Priest: K.K. Downing espera que Richie Faulkner se recupere e banda retome turnê

Ozzy Osbourne: seu relacionamento amoroso e perigoso com Sharon vai virar filmeOzzy Osbourne: seu relacionamento "amoroso e perigoso" com Sharon vai virar filme


Tunecore 2

Viper: garotos iniciantes em processo de causar transformações

Resenha - Theatre of Fate - Viper

Por Ricardo Pagliaro Thomaz
Em 11/07/19

Nota: 9

Em 1989, exatos 30 anos atrás, Andre Matos e um grupo de garotos iniciantes estavam em processo de causar profundas transformações no cenário musical brasileiro. Matos, e seus amigos Yves e Pit Passarell, o guitarrista Felipe Machado e o baterista Guilherme Martin que substituia Cassio Audi, animados com a recepção relativamente boa (para os padrões do gênero musical) do seu primeiro disco, o Soldiers of Sunrise, resolveram jogar mais alto. Na época do primeiro álbum, era uma coisa mais amadora, Matos ainda não tinha a técnica vocal que possibilitou explorar todo seu potencial como cantor e se tornar a lenda que virou, era um adolescente em desenvolvimento, mas querendo vingar, fazer história. Ainda não eram levados a sério, tanto que havia gente que fazia piadas e os chamavam carinhosamente de 'os Menudos do metal'.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foi então no álbum Theatre of Fate que Matos e a banda conseguiram o tão almejado respeito. Matos estava finalizando seus estudos de música clássica, e isso serviu muito para compor o material que gravaram e que se transformou nesse registro histórico e celebrado até os dias de hoje do Viper. Teve até produtor internacional, um cara chamado Roy Rowland, que é bem famoso por produzir outras bandas populares do meio metal, como a alemã Kreator, a americana Testament e a inglesa Play Dead. Ou seja, a partir deste segundo disco, a conversa já era de bem mais alto nível.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Soldiers of Sunrise era bem mais uma espécie de cópia do Iron Maiden. Trazia uma banda inexperiente, tentando se virar como podia, Matos ainda não cantava da forma soberba que conhecemos, mas todos se esforçavam e tentavam tirar o melhor, e o disco teve boas coisas e uma banda promissora. Já no Theatre of Fate, temos um heavy metal bem mais elaborado, e a banda já experimentava com algo que viria a se tornar a marca de André Matos em seus outros projetos, seja no Angra, no Shaman ou solo: a música clássica.

Matos era estudante do gênero musical erudito. Além disso, ele sempre fez mais o tipo "intelectual", diferente de todos os seus outros amigos de banda que eram mais crus, basta ver os discos do Viper após a saída dele pra comprovar, muito embora quase todas as composições do disco sejam creditadas ao Pit, mas eu tenho minhas dúvidas se não tem o dedo do Matos nelas também em certos aspectos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Enfim, as músicas são soberbas e de cair o queixo para a época, sendo que o Brasil estava navegando pela primeira vez no território do heavy metal como protagonista ativo do gênero. A introdução do disco, "Illusions", já é um grande avanço só por si. A faixa "At Least a Chance" traz um som bem mais produzido e pela primeira vez a banda experimenta com música clássica numa bridge intermediária dela.

Então vamos para os clássicos, finalmente: temos a boa "To Live Again" que é sempre muito pedida, temos a ótima "A Cry from the Edge" em que a banda tenta variações ousadas e Matos canta exibindo finalmente seus agudos com todo esplendor; mas é só uma pequena amostra. E temos então o hino, aquela que todos cantam com mãos para cima, repetindo a letra, se bobear até com velinhas erguidas, a bela e fantástica "Living for the Night", que fica sendo o primeiro grande clássico do metal brasileiro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Chegamos num ponto do disco que eu realmente gosto, mas as últimas faixas para mim são especiais. A começar pela sensacional "Prelude to Oblivion". Aqui fica mais do que óbvio a influência clássica, e tem até coral. É uma das composições mais fantásticas da história do Viper, e eu sicneramente acho que eles sempre subestimaram muito o poder desta música. Na minha opinião, é simplesmente linda. Depois tem a ótima faixa título, que por si seria um bom fechamento, mas tem ainda mais uma, essa sim o fecho do disco. É a faixa inteiramente escrita pelo nosso querido André Matos, na flor de seus 18 anos, finalizando seus estudos de música erudita.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Essa merece um parágrafo só pra ela. Se chama "Moonlight", e basicamente, o que Matos fez aqui, foi pegar a Sonata Lunar de Beethoven e transformá-la em uma balada heavy metal. O início dela é reconhecível, trata-se claramente de Beethoven, mas depois Matos vem com os vocais e a embeleza já com sua voz totalmente desenvolvida. Simplesmente a escute com atenção, é uma das composições mais belas que você vai ver em um gênero como o heavy metal, cheia de passagens com violino, piano, e fica sendo o despertar de André como um compositor de respeito que ele veio a se tornar conhecido.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eis para vocês, meus amigos e leitores, o primeiro grande clássico do heavy metal brasileiro, o álbum Theatre of Fate. Em qualquer grande círculo do gênero você vai ver pessoas falando de forma entusiasmada sobre ele. Foi o começo de uma cena musical aqui no Brasil que antes não corria o menor risco de existir, não fosse a ousadia de André Matos e seus amigos de banda em nos trazer este disco maravilhoso e que eu recomendo altamente, e assim permitir a consolidação no Brasil de uma cena musical para o heavy metal. Fez história! Se você deseja conhecer os primórdios do metal brasileiro, ouça este disco, é obrigatório.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Theatre of Fate (1989)
(Viper)

Tracklist:
01. Illusions
02. At Least a Chance
03. To Live Again
04. A Cry From The Edge
05. Living For The Night
06. Prelude To Oblivion
07. Theatre of Fate
08. Moonlight

Selo: Massacre Records

Viper é:
André Matos: voz, piano
Felipe Machado: guitarra
Yves Passarell: guitarra
Pit Passarell: baixo
Guilherme Martin: bateria

Discografia anterior:
- Soldiers of Sunrise (1987)

Wikimetal site:
http://www.wikimetal.com.br

Para mais informações sobre música, filmes, HQs, livros, games e um monte de tralhas, acesse também meu blog.

http://acienciadaopiniao.blogspot.com.br

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Theatre of Fate - Viper

Viper: Em 1989, lançando um clássico do metal nacional

Resenha - Theatre Of Fate - Viper

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Viper: Daniel Matos, irmão de Andre Matos, gravou duas faixas do próximo discoViper: Daniel Matos, irmão de Andre Matos, gravou duas faixas do próximo disco

Andre Matos: era difícil conviver com o maestro do rock?Andre Matos: era difícil conviver com o maestro do rock?

Viper: após 15 anos, banda deve lançar álbum de inéditas em 2022Viper: após 15 anos, banda deve lançar álbum de inéditas em 2022

Metal Station: Entrevista com Leandro Caçoilo (Viper/Caravellus) (vídeo)

Virgo: único álbum do projeto de Andre Matos e Sascha Paeth enfim chega ao streamingVirgo: único álbum do projeto de Andre Matos e Sascha Paeth enfim chega ao streaming

Inner Call: confira versão para música do Viper

Andre Matos: Felipe Machado faz bela homenagem ao vocalista, que completaria 50 anosAndre Matos: Felipe Machado faz bela homenagem ao vocalista, que completaria 50 anos

Angra: Rafael Bittencourt revela como foi o último encontro com Andre MatosAngra: Rafael Bittencourt revela como foi o último encontro com Andre Matos

Em 14/09/1971: nascia Andre Matos, um dos maiores nomes da história do metal nacionalEm 14/09/1971: nascia Andre Matos, um dos maiores nomes da história do metal nacional

Viper: Felipe Machado relembra show em que Andre Matos não apareceu para cantar (vídeo)Viper: Felipe Machado relembra show em que Andre Matos não apareceu para cantar (vídeo)

Andre Matos: Por que ele saiu do Viper - e como ele quis voltar antes de EvolutionAndre Matos: Por que ele saiu do Viper - e como ele quis voltar antes de "Evolution"

Heavy metal: 20 músicas com refrãos que grudam na cabeça instantaneamenteHeavy metal: 20 músicas com refrãos que grudam na cabeça instantaneamente

Felipe Machado: guitarrista do Viper lança novo single, "Medo do Novo"


Eloy Casagrande: Andre Matos foi o primeiro a me dar chance de virar profissionalEloy Casagrande: "Andre Matos foi o primeiro a me dar chance de virar profissional"

Herman Li: sem Angra, não existiria Dragonforce, diz guitarristaHerman Li: "sem Angra, não existiria Dragonforce", diz guitarrista

Andre Matos: ele planejava focar na música clássica e morar perto do filhoAndre Matos: ele planejava focar na música clássica e morar perto do filho


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Ricardo Pagliaro Thomaz

Roqueiro e apreciador da boa música desde os 9 anos de idade, quando mamãe me dizia para "parar de miar que nem gato" quando tentava cantarolar "Sweet Child O'Mine" ou "Paradise City". Primeiro disco de rock que ganhei: RPM - Rádio Pirata ao Vivo, e por mais que isso possa soar galhofa hoje em dia, escolhi o disco justamente por causa da caveira da capa e sim, hoje me envergonho disso! Sou também grande apreciador do hardão dos anos 70 e de rock progressivo, com algumas incursões na música pop de qualidade. Também aprecio o bom metal, embora minhas raízes roqueiras sejam mais calcadas no blues. Considero Freddie Mercury o cantor supremo que habita o cosmos do universo e não acredito que há a mínima possibilidade de alguém superá-lo um dia, pelo menos até o dia em que o Planeta Terra derreter e virar uma massa cinzenta sem vida.

Mais matérias de Ricardo Pagliaro Thomaz.