Matérias Mais Lidas

Queen: Estaríamos fazendo música se Freddie estivesse vivo, mas não sei de JohnQueen: "Estaríamos fazendo música se Freddie estivesse vivo, mas não sei de John"

Queen: como Brasil preparou banda para brilhar no Live Aid, segundo Brian MayQueen: como Brasil preparou banda para brilhar no Live Aid, segundo Brian May

Queen: como eles dividiam a grana das músicas, segundo o prejudicado Roger TaylorQueen: como eles dividiam a grana das músicas, segundo o "prejudicado" Roger Taylor

Queen: Uma entrevista histórica da irmã de Freddie Mercury para o Queen BrazilQueen: Uma entrevista histórica da irmã de Freddie Mercury para o Queen Brazil

Em 18/02/1990: Freddie Mercury faz última aparição públicaEm 18/02/1990: Freddie Mercury faz última aparição pública

Iron Maiden: por que eles abandonaram clipes e descartam livestreams? Bruce respondeIron Maiden: por que eles abandonaram clipes e descartam livestreams? Bruce responde

Angra: a curiosa frase de Dennis Ward que resume problemas na fase Aurora ConsurgensAngra: a curiosa frase de Dennis Ward que resume problemas na fase Aurora Consurgens

Judas Priest: Rob Halford fazendo bico vendendo seguros; não está fácil pra ninguémJudas Priest: Rob Halford fazendo bico vendendo seguros; não está fácil pra ninguém

Kiko Loureiro: na Finlândia a sociedade pensa como sociedadeKiko Loureiro: na Finlândia "a sociedade pensa como sociedade"

Queen: Brian May conta por que não celebra data em que Freddie Mercury nasceuQueen: Brian May conta por que não celebra data em que Freddie Mercury nasceu

Queen: saiba tamanho da fortuna de John Deacon - e quanto ele ganha sem sair de casaQueen: saiba tamanho da fortuna de John Deacon - e quanto ele ganha sem sair de casa

Iron Maiden: banda aponta qual música de Senjutsu tem recebido grande destaqueIron Maiden: banda aponta qual música de "Senjutsu" tem recebido grande destaque

Queen: na época, eles acharam que show no Live Aid havia sido até que meio okQueen: na época, eles acharam que show no Live Aid havia sido "até que meio ok"

Guns N' Roses: Slash posta trecho de música nova no Tik TokGuns N' Roses: Slash posta trecho de "música nova" no Tik Tok

Brian May: Eu não sabia que Freddie Mercury era GayBrian May: "Eu não sabia que Freddie Mercury era Gay"


Tunecore 2

Viper: Em 1989, lançando um clássico do metal nacional

Resenha - Theatre Of Fate - Viper

Por Thiago Pimentel
Em 26/06/12

Em uma época que o heavy metal brasileiro realizava seus primeiros passos significativos, o grupo paulistano Viper fez uma de suas maiores contribuições quando lançou seu segundo registro, o clássico "Theatre of Fate".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abandonando a sonoridade mais ríspida e agressiva do disco anterior ("Soldiers of Sunrise", de 1987), "Theatre of Fate" marca uma notável evolução dos seus então jovens integrantes, sobretudo dos principais compositores/ arranjadores - Pit Passarell (baixo) e, a um ano da maioridade, Andre Matos (vocal) -, que, investindo em uma boa produção, novas sonoridades e estruturas, consolidaram este trabalho como um dos alicerces da música pesada nacional, quiçá mundial.

Na forma de uma peça instrumental, "Illusions" abre o disco de maneira épica destacando tanto as melodias de violão e guitarras - realizadas pelos músicos Yves Passarel e Felipe Machado - quanto os arranjos e teclados de Andre Matos - responsável por todos os teclados do álbum, aliás. Curiosamente, essa forma de introdução seria usada por Matos em discos clássicos do Angra e Shaman, mas isso é outra história...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Contracapa do disco
Contracapa do disco

Após a climática introdução, surgem os primeiros riffs de "At Least A Chance" que, em conjunto com a bateria de Sérgio Facci, já denunciam a velocidade que ditará a maioria das faixas de 'Theatre of Fate'. De cara, já nota-se a grande influência do metal europeu - me refiro a influências além ao Iron Maiden - moldando o som do Viper principalmente nas passagens de guitarra claramente neoclássicas. Fora isso, os peculiares vocais agudos de Matos roubam atenção; entretanto, performances ainda melhores surgirão. Vale salientar que Sérgio Facci substituiu Cassio Audi - responsável pelas baquetas no primeiro disco - e que embora o encarte do álbum credite Guilherme Martin, Facci foi quem gravou, de fato, as partes de bateria do disco. Sim, no fim das contas, Facci foi um músico de estúdio; porém, Guilherme Martin realizou a turnê de divulgação de 'Theatre of Fate'.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O ritmo do álbum segue frenético com a rápida 'To Live Again' - a que mais remete ao primeiro registro do grupo, aliás - e a segunda canção mais clássica do disco, "A Cry from the Edge". Pelo seu início lento e cadenciado - seguindo os moldes das baladas tradicionais ao heavy metal -, talvez ela engane o ouvinte, mas é apenas isto: logo após a faixa desanda para o tradicional ritmo acelerado da banda e, embora apresente muitas melodias, ainda contém riffs pesados e momentos agressivos no vocal de Matos que, no decorrer da obra, é predominante limpo e agudo... bem agudo. A composição foi a "música de trabalho" da banda e rendeu um vídeoclipe.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Me referi a "A Cry from the Edge" como a segunda mais clássica do disco, certo? O motivo é simples e chama-se "Living for the Night". Emendando partes limpas com momentos de puro heavy metal tradicional e um refrão pegajoso - na verdade, todas as linhas vocais o são -, a quinta música desse disco tornou-se o maior clássico do Viper sendo, inclusive, tocada até hoje por Andre Matos em shows de sua carreira solo. Aqui todos da banda tem um bom espaço, principalmente Pit, e destacam-se bem.

A sexta canção ("Prelude to Oblivion") traz uma certa teatralidade - remetendo uma das bandas favoritas de Matos, o Queen -, por parte das harmonias vocais, e talvez seja a que mais lembra o que Andre Matos fez no primeiro trabalho com o Angra ("Angels Cry", de 1992). Apesar dos vocais se sobressaírem, as guitarras também conseguem um ótimo destaque soando ainda mais neoclássicas que nas primeiras faixas. Também devo mencionar a inclusão do quarteto de cordas nela que, assim como em 'At Least a Chance', enriqueceram os arranjos da composição.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum chega a sua conclusão com a trabalhada faixa-título - retomando certas doses de peso - e a releitura de 'Moonlight Sonata', do compositor alemão Beethoven - aqui simplesmente intitulada 'Moonlight'. Nesta última, destaca-se a grande performance de Andre Matos tanto cantando como executando os teclados. Chega a ser impressionante saber que o cantor registrou isso aos 17 anos de idade! A título de curiosidade, vale mencionar que Matos gravaria, anos depois, uma nova versão batizada de 'A New Moonlight' no seu primeiro álbum solo ("Time to Be Free", de 2007).

Primórdios do Viper: época do álbum Soldiers of Sunrise
Primórdios do Viper: época do álbum Soldiers of Sunrise

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em suma, um disco conciso que aliado a uma boa produção - realizada por Roy M. Rowland (Kreator, Testament, Sabat etc.) - e composições cativantes, projetou o Viper, inclusive, internacionalmente; a banda foi uma das primeiras, do Brasil, a atingir o mercado japonês, por exemplo. Também é interessante comparar, conhecendo seus trabalhos posteriores, a evolução de Andre Matos como cantor que, com o tempo, aprimorou sua forma de interpretação. Claro, nessa época seu alcance era imenso, mas a experiência proporcionaria performances mais diversificadas.

Os outros músicos, embora não sejam virtuosos, realizam um trabalho de bom gosto, ou seja, sem passagens desnecessárias e exageradas. Como Andre Matos bem pontuou em entrevista recente: o Viper fora marcado pela raça. Outro detalhe que merece ser mencionado, é que este foi o último disco com Matos nos vocais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Atualmente, boa parte da banda reuniu-se, inclusive Andre Matos, para tocar 'Theatre of Fate' e 'Soldiers of Sunrise' - que celebra 25 anos desde seu lançamento - na íntegra em diversas apresentações especiais pelo Brasil. Especula-se que serão dois meses de reunião, porém esperemos que a turnê se amplie e, quem sabe, renda novos frutos que honrem o legado de discos como "Theatre of Fate".

Músicas-chave:
"Living for the Night" ; "Prelude to Oblivion"; "Moonlight"

Formação:
Andre Matos - vocal, teclado
Felipe Machado - guitarra
Yves Passarell - guitarra
Pit Passarell - baixo
Sérgio Facci - bateria

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tracklist:

1. Illusions 01:51
2. At Least a Chance 03:59
3. To Live Again 03:29
4. A Cry from the Edge 05:11
5. Living for the Night 05:26
6. Prelude to Oblivion 03:45
7. Theatre of Fate 06:18
8. Moonlight 04:40

Publicado originalmente em:
http://hangover-music.blogspot.com.br/2012/06/resenha-viper-theatre-of-fate.html


Outras resenhas de Theatre Of Fate - Viper

Resenha - Theatre Of Fate - Viper

Viper: garotos iniciantes em processo de causar transformações

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Virgo: único álbum do projeto de Andre Matos e Sascha Paeth enfim chega ao streamingVirgo: único álbum do projeto de Andre Matos e Sascha Paeth enfim chega ao streaming

Inner Call: confira versão para música do Viper

Andre Matos: Felipe Machado faz bela homenagem ao vocalista, que completaria 50 anosAndre Matos: Felipe Machado faz bela homenagem ao vocalista, que completaria 50 anos

Angra: Rafael Bittencourt revela como foi o último encontro com Andre MatosAngra: Rafael Bittencourt revela como foi o último encontro com Andre Matos

Em 14/09/1971: nascia Andre Matos, um dos maiores nomes da história do metal nacionalEm 14/09/1971: nascia Andre Matos, um dos maiores nomes da história do metal nacional

Viper: Felipe Machado relembra show em que Andre Matos não apareceu para cantar (vídeo)Viper: Felipe Machado relembra show em que Andre Matos não apareceu para cantar (vídeo)

Andre Matos: Por que ele saiu do Viper - e como ele quis voltar antes de EvolutionAndre Matos: Por que ele saiu do Viper - e como ele quis voltar antes de "Evolution"

Heavy metal: 20 músicas com refrãos que grudam na cabeça instantaneamenteHeavy metal: 20 músicas com refrãos que grudam na cabeça instantaneamente

Felipe Machado: guitarrista do Viper lança novo single, "Medo do Novo"


Mortes: 30 músicos do rock e metal que nos deixaram na década de 2010Mortes: 30 músicos do rock e metal que nos deixaram na década de 2010

Andre Matos: Falando sobre seu modo vegetariano de vidaAndre Matos: Falando sobre seu modo vegetariano de vida

Lista: 20 músicas de bandas de rock e metal que valem por um álbum inteiro - Parte 3Lista: 20 músicas de bandas de rock e metal que valem por um álbum inteiro - Parte 3


Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Slipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?

Steven Tyler: primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeasSteven Tyler
Primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeas


Sobre Thiago Pimentel

Tenta, desde meados de 2010, escrever textos que abordem as vertentes da mais peculiar - em seu ponto de vista - manifestação artística do ser humano, a música. Para tal, criou o blog Hangover-Music e contribui no Whiplash.Net. Além disso, é estudante de jornalismo, guitarrista e acredita que se algum dia o Deus metal existira, ele morreu em 13/12/2001.

Mais matérias de Thiago Pimentel.