[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

HIM: fundadora e expoente de um estilo único, o "Love Metal"

Resenha - Love Metal - HIM

Por Mateus Ribeiro
Postado em 06 de fevereiro de 2019

Para quem não conhece, o HIM (sigla para His Infernal Majesty) foi uma banda finlandesa que misturou com maestria Heavy Metal, Hard Rock, Gothic Rock e Gothic Metal, além uma atmosfera sombria. As letras falavam sobre amor, morte e romance. O visual exagerado dos integrantes da banda, a voz peculiar de Ville Valo e a temática lírica transformaram o HIM em um fenômeno único até os dias atuais. Toda essa mistura fez com que a banda se tornasse fundadora e principal expoente de um estilo único, o "Love Metal", que também é o nome do quarto disco de estúdio da banda, e é sobre ele que falarei um pouco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Love Metal" foi lançado em abril de 2003, e é o disco mais simbólico do HIM. O trabalho conta com grandes clássicos da carreira da banda, como "Buried Alive By Love", "The Funeral Of Hearts, "Soul On Fire" "The Sacrament".

O disco é um resumo perfeito de tudo o que caracteriza a banda: influências de nome como Anathema, Sentenced e outros nomes do metal noventista, tudo com um tempero até mesmo "pop", o que tornava o som da banda um "gótico acessível", com algumas músicas que poderiam facilmente tocar em rádios FM do Brasil, como a ótima "Beyond Redemption", uma das mais "pesadas" do disco (pesada para os padrões do HIM, se você não conhece, não espere ouvir algo parecido com um disco de Death Metal).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O ponto que mais chama a atenção neste disco é o contraste entre o romantismo e a melancolia, que por vezes, ganha tons de morbidez, como na já citada "The Funeral Of Hearts" e na estupenda "Circle Of Fear". Esse clima toma conta do álbum todo, e no final das contas, acaba prendendo a atenção do ouvinte, seja ele fã ou não.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Deve se também prestar atenção nas letras. Não se deixe enganar pelo título: você não vai encontrar declarações de amor ao ouvir um disco, tampouco músicas para postar nas redes sociais em Dia dos Namorados.

Um disco consistente, sólido, e muito autêntico. E até os dias de hoje, após algumas tentativas de cópia, nenhuma banda conseguiu chegar perto do que foi escrito em "Love Metal", clássico maior do estilo homônimo.

Para finalizar, vocês devem imaginar que a banda causou certa polêmica entre a turminha da pesada. De fato, causou uma relação "oito ou oitenta", sem meio termo. Ou você amava o HIM, ou odiava. Independente do "time" que você fazia (ou faz) parte é importante respeitar o legado da banda, que mesmo contra a vontade dos headbangers mais "Truezera", foi original a ponto de criar um estilo, o que é digno de honra, ainda mais em um universo onde tudo se copia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Love Metal" é um disco que mexe com quem o ouve, seja para o bem, seja para o mal.Se conhece, vale a pena ouvir de novo . Se você não conhece, ouça. Mas vá com a cabeça e o coração abertos, para não se assustar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS