Biquini Cavadão: o ótimo e consistente álbum biquini.com.br

Resenha - biquini.com.br - Biquini Cavadão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Abel Teixeira
Enviar Correções  

Há 20 anos, o Biquini Cavadão colocava nas prateleiras das lojas físicas o álbum "biquini.com.br", também conhecido por "Biquini Com Brasil", demonstrando a conexão com o público.

Deck: documentário sobre os 20 anos do selo é lançado na íntegra no YouTubeRock in Rio: algumas das maiores vaias em edições nacionais

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com a produção do trio Carlos Beni, Paul Ralphes e Tuta Aquino, o Biquini se renovou e alcançou mais uma vez o topo das paradas. Após alguns anos de reclusão por conta do final do contrato com a gravadora Sony Music, o quinteto carioca preferiu repensar no que os dez anos haviam lhes dado, se preparando para um novo momento na carreira.

Tal período sabático fez o efeito necessário, visto que Bruno, Álvaro, Coelho, Miguel e Sheik entraram em estúdio atrás de um ideal inovador. A começar pela própria mídia do trabalho, que trazia uma faixa interativa com acesso à internet em parceria com a UNYSIS, vista no Brasil como uma salvação. Quem não se lembra dos primórdios, em que esperávamos a zero hora do novo dia até as seis da manhã, se aproveitando de um único pulso telefônico para se conectar na rede? Enfim, bons tempos - ou não.

Neste sentido, em meio às novas composições, o Biquini Cavadão assina com a BMG/Ariola. Mais tarde, lança o hit "Janaína", que pode ser visto como o retrato da mulher trabalhadora e, acima de tudo, lutadora. Facilmente caiu nas graças do público e das rádios, sendo executada fielmente também na MTV Brasil. Ainda, teve a colaboração do George Israel, em um belo registro com o seu tradicional saxofone.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vale destacar outras canções como "Sabor Do Sol", "Goiatuba" e "Sexta-Feira", com menções honrosas às lindas "Aqui Dentro" e "Mesmo Assim". A banda se arriscou também na releitura de "Dançar Pra Não Dançar", de Rita Lee.

Sem dúvidas, foi o recomeço da carreira da banda, renovando um público carente dos Anos 80 e ao mesmo tempo órfão, pois peças fundamentais haviam se desligado dessa galáxia: Renato Russo, da Legião; e Cazuza, do Barão. Ambos, poetas de mão cheia, deixaram um vazio naquela sonoridade que dominava a década de ouro do Rock Nacional.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Infelizmente, poucos destaques noventistas* haviam surgido desde então e, pra piorar, muitas bandas daquela época não existiam mais. Sendo assim, os resistentes e competentes, se obrigavam a lançar bons discos a fim de manter a proposta musical. O próprio Capital Inicial conseguiu tal feito, com o lançamento do também aniversariante "Atrás Dos Olhos", além da volta de Dinho Ouro Preto aos vocais.

Por fim, soprando com convicção as velinhas deste ótimo e consistente trabalho, registro por aqui um marco dos Anos 90, consolidando ainda mais o Biquini no cenário nacional - e internacional, pois o mesmo foi lançado em Portugal no ano de 1999.

Segue o tracklist:

1. Janaína
2. Sabor Do Sol
3. Goiatuba
4. Sexta-Feira
5. Escola
6. Aqui Dentro
7. Dançar Pra Não Dançar
8. Mesmo Assim
9. Coronel
10. Boquiaberto
11. Sabor Do Sol (Tutamix)
12. Dançar Pra Não Dançar (Tutamix)

* O autor deste texto incorre aos dizeres "poucos destaques noventistas", mas sabe da importância de bandas como Skank, O Rappa, Planet Hemp, Chico Science & Nação ZUmbi e tantos outros artistas que nasceram à época. A referência é comparativa aos Anos 80, bem como a quantidade inenarrável de bandas surgidas. Peço perdão por qualquer mal-estar.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Deck: documentário sobre os 20 anos do selo é lançado na íntegra no YouTubeDeck
Documentário sobre os 20 anos do selo é lançado na íntegra no YouTube


Rock in Rio: algumas das maiores vaias em edições nacionaisRock in Rio
Algumas das maiores vaias em edições nacionais

Jared Leto: a reação ao se ver no papel do CoringaJared Leto
A reação ao se ver no papel do Coringa


Sobre Abel Teixeira

Bacharel em Direito por acidente e Produtor de Conteúdo por gosto.

Mais matérias de Abel Teixeira no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280