Matérias Mais Lidas

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemJoão Gordo relembra proposta de fazer propaganda de calmante com Dado Dolabella

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemRegis Tadeu expõe como Spotify e YouTube fazem falcatrua para fraudar views

imagemJoão Guilherme, filho do Faustão, critica atual falta de interesse dos jovens pelo rock

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemMichael Sweet posta nude cristão para satirizar foto de Tommy Lee com a baqueta de fora

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemVídeo de clássico do Kiss é disponibilizado no canal oficial da banda

imagemPrika diz que fez "tudo errado" na primeira turnê da Nervosa, mas aprendeu lição


Dream Theater 2022

Mythra: parece ter saído de uma máquina do tempo

Resenha - Still Burning - Mythra

Por Ivison Poleto dos Santos
Em 03/06/17

Às vezes as bandas acertam em cheio no título de suas obras. 'Still Burning' do Mythra é uma delas. Após quase quarenta anos do lançamento do seu EP mais conhecido (mais conhecido é modo de dizer) "Death And Destiny", a banda volta para provar por que é tão considerada dentro do mundo da NWOBHM e que ainda tem muita lenha para queimar. Desculpe o trocadilho, mas não deu para evitar.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

É muito interessante que o Mythra parece ter saído de uma máquina do tempo. 'Still Burning' soa perfeitamente como uma obra da época áurea da NWOBHM, e obviamente por ter sido feita pelos originais, não parece como um tributo ou uma emulação. 'Still Burning' poderia com facilidade ter sido gravado na época em questão e não dever nada aos seus similares. O Mythra foi uma banda que disputou cabeça com cabeça seu lugar ao sol com bandas como Iron Maiden, Satan, Jaguar, Raven e outras, mas por aquelas razões inexplicáveis do destino, se desmantelou e nunca mais gravou nada.

Os pontos altos de 'Still Burning' são a faixa título, que aliás nos explica de onde bandas como o Chariot tiraram a sua inspiração; "We Belong", que é poesia pura com seu instrumental melodioso que nos traz muitas lembranças; e "Fundamental Extreme" que é uma aula de riffs da NWOBHM.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

'Still Burning' do Mythra é uma aula dos primórdios da NWOBHM. Muito indicado para quem quer aprender como foi a evolução do movimento e como é possível fazer música atemporal.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O Suprassumo do Superestimado: os 11 mais (ou menos) nacionais

Iron Maiden: o vocal que quase substituiu Bruce Dickinson em 93


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos.