Warshipper: sabem o que fazem e o fazem com maestria e dedicação

Resenha - Worshipper Of Doom - Warshipper

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Cristiano Borges
Enviar correções  |  Ver Acessos

Depois de tacar o play surge "Into The Dystopia"(intro com sons e vinhetas bem cabulosos, perfeito), para depois vir o primeiro ataque intitulado "Warshipper", e o que se ouve é um death metal moderno e técnico, bem elaborado, nada em exagero, nada demasiado, o que mais fica evidente é a técnica de seus membros que nesse ataque quem mais me chamou a atenção foi o batera Roger Costa, puta técnica; seguindo temos "... And The Darkness Call", que segue a mesma brutalidade, o vocal segue a linha rasgado e os backings são bem presentes além de uma boa estrutura e algumas variações; em "Theatrical Dissection " quem assume o vocal é o baixista Rodolfo Nekhator, e que vocal cavernoso, não é atoa que atualmente é ele que assume esse posto, contando riffs simples e grudentos a faixa é uma das que mais se sobressaem, destaque também pra distorção da guitarra que é bem marcante; outra intro com "Autumn Mist", mas não se engane é apenas um momento para respirar; "Paranormal Connection" foi feita especialmente para bater cabeça, bem claro isso, contando com participações no vocal, essa faixa é outro ponto marcante por trazer também solos melódicos que casaram perfeitamente com a proposta lírica; o penúltimo ataque chama-se "Absence Of Colors - The Obsolete" e mostra-se misteriosa desde seu primórdio, culpa das melodias e também arranjos, é outro ataque que faz o ouvinte bater cabeça, mas essa "calmaria" tem lá seu momento de brutalidade porém o que domina mesmo são os momentos mais trabalhados e cadenciados; a ultima faixa chama-se "Absence Of Colors - Blackened Version", isso mesmo, a mesma canção só que como o nome sugere aqui tem uns arranjos diferentes da anterior que a tornou mesmo uma "blackened version", acho que teria ficado melhor se tivessem usado o espaço pra usarem outro ataque, mas valeu a intenção.

Bem, a banda é natural de Sorocaba(SP) e tá na ativa desde 2011, sendo esse material o debut da lançado de forma independente em 2014. Os caras sabem o que fazem e o fazem com maestria e dedicação, isso tá claramente perceptível nesse material que tá com uma produção muito boa, além da arte de capa que decifra bem o conteúdo do material. Altamente recomendado aos amantes do death metal!

Ouça a faixa "Absence Of Colors - The Obsolete":

Músicas:
01. Into the Dystopia
02. Warshipper
03. ...and the Darkness Calls
04. The Theatrical Dissection
05. Autumn Mist
06. Paranormal Connection
07. Absence of Colors - The Obsolete
08. Absence of Colors - Blackened

Integrantes:
Renan Roveran (Guitarras, vocais)
Rafael Oliveira (Guitarras)
Rodolfo Nekathor (Baixo, backing vocals)
Roger Costa (Bateria)

Acompanhe Warshipper através das redes:
http://www.warshipper.bandcamp.com/


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Warshipper"


Os Simpsons: bandas de Rock na versão amarelaOs Simpsons
Bandas de Rock na versão amarela

Kid Vinil: Uns 10 mil vinis e mais uns 10 mil CDs!Kid Vinil
"Uns 10 mil vinis e mais uns 10 mil CDs!"


Sobre Cristiano Borges

Idealizador da web rádio cearense Cangaço Rádio Rock, especializada na divulgação de bandas undergrounds com entrevistas, matérias especiais, resenhas, divulgação de álbuns, clipes e turnês. Apresentador dos programas Rock Out Of The Box, Cova de Sangue e Peste Negra e Assessor de Imprensa na empresa Cangaço Rock Comunicações.

Mais matérias de Cristiano Borges no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336