Chaser: CD traz gravações realizadas nos anos oitenta

Resenha - Raiders The Anthology - Chaser

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos
ENVIAR CORREÇÕES  

Este é um álbum que tem história, porém bem comum entre as bandas do período. Consta que o Chaser, fundado em 1979, gravou em 1984 um single chamado 'Riders', que se tornou um disputadíssimo item de colecionador.
Entre 1984 e 1987, a banda conseguiu gravar profissionalmente 15 músicas, incluindo as do single. Entretanto, por razões que nunca iremos conhecer, as músicas ficaram engavetadas até que o produtor Bart Gabriel e a Skoll Records as descobrissem e decidissem lançá-las agora com o nome de Chaser – Raiders The Anthology.

Mas vamos então ao álbum.

Infelizmente não houve indicação no material que recebemos de quando cada música foi gravada, mas ao escutá-las percebemos diferenças sutis que podem ser explicadas pela distância entre uma gravação e outra. Para bandas, um hiato de três é muito tempo e muita coisa pode mudar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As primeiras músicas, notadamente até a nona, mostram uma banda comprometida com o que seriam os primórdios da NWOBHM, ou seja, muitas citações sonoras setentistas com um vocal mais melódico. A faixa "Salute The Warrior" tem nas guitarras um gosto bastante acentuado de "Victim Of Changes" do Judas Priest. A partir da décima faixa percebemos uma banda querendo seguir os mesmos passos do Saracen, por exemplo. Uma mudança de estilo para ficar mais acessível às rádios, porém com uma pegada mais forte. Os coros ficam mais proeminentes e a produção mais apurada.

Bom, na minha opinião a espera valeu a pena!




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

David Bowie: a última foto pública e a última foto privadaDavid Bowie
A última foto pública e a última foto privada

Fotos de Infância: Cliff Burton, do MetallicaFotos de Infância
Cliff Burton, do Metallica


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.

Cli336x280