Powerfull: Banda de Mário Pastore com pegada de metal tradicional

Resenha - Warrior Soul - Powerfull

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8

Novo projeto do incansável e talentosíssimo vocalista Mario Pastore (vocal, HEAVIEST, PASTORE, ex-DELPHT, ACID STORM, HAMLET, entre outros), Jones Jones (guitarra) e Vagner Gilabel (bateria), o POWERFULL investe em uma sonoridade pesada, calcada no metal tradicional, com altas doses de peso e melodia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Calcado em guitarras pesadas, com riffs classudos e solos diretos e melódicos, cozinha técnica, e as ótimas linhas vocais de Mario, que aqui canta de forma mais tradicional e menos agressiva que no HEAVIEST, por exemplo, o POWERFULL nos apresenta um repertório coeso e homogêneo, com forte influência do metal oitentista, mas também com algumas nuances mais modernas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por isso, embora a banda tenha características bem peculiares, influências de nomes como VIPER, JUDAS PRIEST, IRON MAIDEN, e a própria carreira solo de Pastore são vislumbradas por aqui, mas nada que soe como cópia dos citados artistas, muito pelo contrário.

A produção é suja e crua como o estilo exige, com uma escolha excelente de timbres, em especial das guitarras, que ficaram matadoras. Apenas achei o volume do vocal um pouco mais baixo, mas nada que comprometa.

publicidade

E exemplos de qualidade não faltam por aqui, com destaque para as pancadas 'Fireball', com Mario mostrando a que veio logo em seus primeiros segundos, e nos trazendo um ritmo alucinante; 'Belive', 'Warrior Soul' e 'Screaming Inside'. Mas, como já mencionado, o trabalho é bem homogêneo, e todas as faixas merecem ser ouvidas atenciosamente.

O disco ainda nos traz um excelente cover para 'I Want Out', o maior clássico dos alemães do HELLOWEEN, que ficou ainda mais pesado nessa versão (o trabalho de guitarras de Jones e de bateria de Vagner é brilhante), com Mário esbanjando toda sua técnica.

Vale citar, por fim, a belíssima capa feita por Marcelo Berno, que ficou ainda mais legal no digipack em que o disco foi lançado nessa primeira prensagem, tornando ainda mais obrigatória sua aquisição.

Warrior Soul - Powerfull

(2016 – Marquee Records)

01- Intro – The Cave
02 – Fireball
03 – Blue Beam
04 – Believe
05 – Reborn
06 – Warrior Soul
07 – Nightmares
08 – Screaming Inside
09 – Tears of Sunday (Dedicated to Mother's Nick)
10 – Spain (Instrumental)
11 – Angels of Light
12 – I Want Out (Helloween Cover)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mais informações:
Facebook:
https://www.facebook.com/Powerfullband/


Outras resenhas de Warrior Soul - Powerfull

Powerfull: Em nova banda, Mario Pastore aposta em som tradicional




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Fotos de Infância: Steven Tyler, do AerosmithFotos de Infância
Steven Tyler, do Aerosmith

História do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatosHistória do rock
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 WhiFin GooAdHor Goo336