Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemSteve Perry revela o motivo ter recusado substituir Dave Lee Roth no Van Halen

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemGordo diz que atualizou termos politicamente incorretos após puxão de orelha de filha

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemA opinião de Brian May sobre Lemmy Kilmister e o Motörhead

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio


Dream Theater 2022

Jailor: Thrash rápido e pesado com agressividade vocal

Resenha - States of Tragedy - Jailor

Por Gabriele Moura
Em 18/11/16

Nota: 10

Fazer thrash metal no brasil virou tradição, a cada canto que se olha tem dezenas de bandas thrash, por isso o som já está tão assimilado e desgastado que nem tem mais tanta graça de ouvir. A Jailor apostou em um thrash rápido e pesado, com agressividade vocal que lembra um pouco o thrash old school do Slayer e Exodus com elementos speed metal, uma mistura clássica, tão clássica como o próprio thrash metal no Brasil, a questão é que, mesmo apostando em algo que já virou rotina, a banda executa tão bem como os próprios Slayer e Exodus. A maestria com que a banda apresenta seu som é madura, o que, mesmo sendo algo já desgastado, dá gosto de ouvir.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A abertura do disco é desnecessária, aqueles 34 segundos não agregam absolutamente nada, então é meio estranho coloca-los ali. "Human Unbeing" é a faixa que verdadeiramente abre o álbum, ela é rápida, pesada, com um vocal agressivo, com "paradinhas" em momentos estratégicos para quebrar um pouco a agressividade para em seguida retornar com a mesma, típica canção de thrash, mas é uma boa música, uma boa execução e gostei muito do vocal, pois ele faz um agudos que mudam um pouco o que se espera.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Elejo a melhor canção do álbum a "Jesus Crisis", ela me lembra muito Slayer, o vocal se assemelha muito e a velocidade na bateria e guitarra também, e como Slayer é uma das minhas bandas favoritas, automaticamente está canção me agradou muito. Gosto do refrão dela, que é, de certa forma, mais parada, mas isso agrega movimento à música, e é uma tática inteligente para acalmar a pancadaria e em seguida retomar com mais agressividade. A faixa "Merciless Punishment" também merece destaque, justamente pela introdução diferenciada. O disco se encerra com "Six Six Sickness", mais uma clássiquinha thrash bem feita e executada.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Mesmo com uma execução impecável, onde tudo se encaixa muito bem, com uma harmonia fantástica e um vocal agressivo, potente e bem treinado, eu não ouvi nada de mais. Thrash é algo natural, muitas bandas fazem, e muitas acertam como o Jailor acertou, não há aquele diferencial que torne a banda e o disco especial.

NOTA: 10 (Nota dada pela execução impecável, pois se fosse levar em conta a mesmice a nota seria muito inferior).

Tracklist

1 – G.O.D.
2 – Human Unbeing
3 – Stats of Tragedy
4 – Throne of Devil
5 – Merciless Punishment
6 – Jesus Crisis
7 – The Need of Perpetual Conflict
8 – Ephemeral Property
9 – Six Six Sickness

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Line – Up

Flávio Wyrwa – Vocal
Alessandro Guima – Guitarra/ Backvocal
Daniel Hartkopf – Guitarra
Ermeson Niederauer – Baixo
Jefferson Verdani – Bateria

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Gabriele Moura

Gabriele Moura, 17 anos, dona do site The Metal World e membro da equipe da Black Legion Produções!

Mais matérias de Gabriele Moura.