Distrito Zero: reinventando o Metalcore nacional

Resenha - Ninguém Fará Por Nós - Distrito Zero

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fabio Pitombeira
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Mais uma banda de São Paulo e mais uma a se enveredar pelo Metalcore. Ainda bem, pelo menos, as que tenho conhecido têm suprido a minha carência de qualidade neste estilo, e que vem sendo encabeçado no país pelo Project46.

5000 acessosFoo Fighters: Banda mita em protesto homofóbico religioso nos EUA5000 acessosComo enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do Whiplash.Net?

O DISTRITO ZERO acerta em cheio neste “Ninguém Fará Por Nós”, por imprimir muito peso e personalidade à obra como um todo. O material é curto, mas passa a sua mensagem de maneira eficiente e objetiva durante toda a audição. De certo, outro ponto a favor dos caras é a qualidade obtida na produção da bolachinha, ou seja, espere a crueza do estilo em sintonia, ainda que contrastando, com a sobriedade clean. Neste aspecto, servindo como cama perfeita para o som, a banda dá um show ao recriar referências em canções cheias de empatia, como nas ótimas “Liberdade” e “Névoa”. Ao ouvir estes dois exemplos, até nos esquecemos que se trata de uma banda relativamente nova e com apenas um disco lançado no mercado.

Agora com o apoio e suporte da MS Metal Records, o DISTRITO ZERO tem tudo para crescer cada vez mais na nossa cena, já que, inclusive, tem realizado diversos shows em suporte a este trabalho e com grande aceitação do público. Passaram no seu primeiro teste.

Formação:
Caique Oliveira - Vocal
Gabriel Rocha - Guitarra
Heitor Bragagnoli - Guitarra
Renan Felipe – Baixo
Emerson Arruda - Bateria

Distrito Zero - Ninguém Fará Por Nós
(2015 / independente – nacional)

01. Momento
02. Terra
03. Covardia
04. Renascer
05. Até o Fim
06. Liberdade
07. Névoa
08. O Outro Lado
09. Máscaras
10. Vitae

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Distrito Zero"

Foo FightersFoo Fighters
Banda mita em protesto homofóbico religioso nos EUA

Whiplash.NetWhiplash.Net
Como enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do site?

Zakk WyldeZakk Wylde
Cinco momentos insanos do guitarrista

5000 acessosComo enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do Whiplash.Net?5000 acessosEm vídeo: Seguidores do Demônio, as 10 bandas mais perigosas segundo pastor americano5000 acessosMorre Diabo: ele aprendeu a tocar guitarra e virou um shredder2070 acessosBruce Springsteen: Amadou Diallo, assassinado pela polícia5000 acessosIron Maiden: Steve Harris nunca gostou de "Flight of Icarus"?5000 acessosFrases de bandas: o que eles realmente querem dizer?

Sobre Fabio Pitombeira

Trabalha desde 2002 com produção de shows em Teresina. Teve a oportunidade de trabalhar com grandes nomes do Heavy Metal e Rock and Roll como Paul Di Anno, Ira!, Hangar, Angra, Shaman, Andralls, Drowned, Clamus, Dark Season, Megahertz, Anno Zero Empty Grace, Mordydia, Káfila, entre outros.

Mais matérias de Fabio Pitombeira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online