BraveHeart: Quando a emoção soa mais alto

Resenha - Dedicated to my Heart - BraveHeart

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vicente Reckziegel
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Lembro que, quando ouvi o BraveHeart pela primeira vez, não tive como não associar os mesmos com o Metallica da época Load/Reload, visto a entonação na voz de Michael Bahr ser muito semelhante a de James Hetfield, além da sonoridade Heavy Rock da banda casar muito com a já citada época da banda americana.

Brave Heart: apostando no southern heavy rockMetallica: vizinho zoófilo, cocaína e groupies

Mas, com esse acústico "Dedicated to my Heart", a banda envereda muito mais para o Southern Rock, com leves pitadas de Country e Folk, do que para o estilo anterior. Um lado muito mais Lynyrd Skynyrd, e ainda por cima com um grande leque de sensações que permeiam todo o álbum.

De fato, "Dedicated to my Heart" é justamente isso, um disco voltado a toda sorte de sentimentos, e começa com a empolgante, apesar de triste "Who's to Blame", música com levada bacana e refrão muito interessante, realmente a melhor escolha para abrir o álbum.

Depois vem "Guilty", provavelmente uma das músicas de maior expressão do BraveHeart, e carregada de uma forte emoção, principalmente nos vocais, um grande trunfo da banda paranaense. Mas é impossível deixar de destacar igualmente as ótimas "Christmas Carol" com backing vocals femininos que deram um ar meio Folk/Country à música, a com forte acento Southern Rock "Finding my Way", uma grande candidata a hit imediato, e a mais animada do disco, "Don't Get me Wrong", onde o Heavy Rock tradicional da banda dá suas caras, mesmo que de forma mais tímida, e que também provou ser a escolha correta para encerrar o álbum.

Pena o álbum ter uma duração relativamente curta, mas talvez no formato acústico isso funcione até melhor, para não cansar tanto o ouvinte. Dá um pouco de saudade das guitarras, mas quando algo é sincero e bem-feito como "Dedicated to my Heart", isso se torna apenas um detalhe. Altamente indicado...

7 faixas - 21:46

Tracklist:
1.Who's to Blame?
2.Guilty
3.Christmas Carol
4.First People
5.Finding my Way
6.Remember Who You Are
7.Don't get me Wrong




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Brave Heart"


Brave Heart: apostando no southern heavy rock

Metallica: vizinho zoófilo, cocaína e groupiesMetallica
Vizinho zoófilo, cocaína e groupies

MTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy MetalMTV
Experts indicam as maiores bandas de Heavy Metal

Mas afinal... o que é rock progressivo?Mas afinal... o que é rock progressivo?

Slayer: assista Ivete Sangalo cantando Dead Skin MaskSlayer
Assista Ivete Sangalo cantando "Dead Skin Mask"

Top 10: Melhores Baixistas de todos os temposTop 10
Melhores Baixistas de todos os tempos

Em cana: os rockstars em suas fotos mais constrangedorasEm cana
Os rockstars em suas fotos mais constrangedoras

Red Hot Chili Peppers: os álbuns da banda, do pior para o melhorRed Hot Chili Peppers
Os álbuns da banda, do pior para o melhor


Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336