The Hollywood Vampires: Verdadeiras/sinceras homenagens a amigos

Resenha - Hollywood Vampires - Hollywood Vampires

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Neimar Secco
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Em uma fase de retrospectiva, iniciada em 2011 com o lançamento de Welcome 2 My Nightmare, Alice Cooper se renova, digamos assim, reunindo amigos para ressuscitar a confraria dos anos 70, HOLLYWOOD VAMPIRES, da qual ele era o principal expoente. Homenageando seus amigos de "noitadas etílicas", muitos deles já falecidos, como Jim Morrison, Harry Nilsson, Keith Moon e John Lennon, o resultado é um álbum contagiante pelo vigor dos arranjos e interpretações.

Heaven & Hell: divulgado vídeo raro de última sessão de autógrafos de DioSteve Vai: O dia em que ele foi humilhado por Chimbinha

Desde a faixa de abertura "The Last Vampire" com os sons de sinos e a narração soturna de Sir Christopher Lee até os acordes finais de "My Dead Drunk Friends", passando por "My Generation" (The Who), "Whole Lotta Love" (Led Zeppelin), "I Got A Line On You" (Spirit), "Break On Through (To The Other Side)" (The Doors), "Jeepster" (T. Rex), "Cold Turkey" (John Lennon) e "Manic Depression" (Jimi Hendrix) entre outras covers (e três inéditas: "Raise The Dead" e as já citadas "My Dead Drunk Friends" e "The Last Vampire" o cd dos HOLLYWOOD VAMPIRES é arrepiante. O som da gravação, especialmente em "Raise The Dead" te faz imaginar que estamos em plena década de 70 e, de repente, o ouvinte se vê inebriado por uma série de clássicos muito bem executados por músicos que incluem: Johnny Depp, (sim ele toca guitarra e muito bem, obrigado, como foi possível constatar no show dos "VAMPIRES" Rock In Rio), Dave Grohl, Joe Perry, Slash, Kip Winger, Paul McCartney, Brian Johnson, entre muitos outros.

Capitaneado por Alice Cooper, que em toda a fase de preparação e gravação, contou com o novo parceiro artístico (desde o filme Dark Shadows, Johnny Depp) o projeto é uma homenagem a amigos e parceiros de noitadas etílicas de Alice junto ao grupo que, então, era autointitulado THE HOLLYWOOD VAMPIRES, tal como o atual projeto. Uma homenagem digna e à altura de Jimi Hendrix, John Lennon, Keith Moon e tantos outros que fizeram parte da trajetória de Alice Cooper e de seus parceiros no atual projeto.

A qualidade das faixas do cd é muito equilibrada. Eu destacaria um único ponto "baixo", digamos assim, que é a faixa com participação de Paul McCartney, "Come And Get It", quase uma baladinha, composta em 1969 por McCartney, mas popularizada pela banda Badfinger no mesmo ano.

Com Marc Bolan (T Rex), Harry Nilsson e Ringo Starr, à época da gravação do álbum BILLION DOLLAR BABIES, 1973
Com Marc Bolan (T Rex), Harry Nilsson e Ringo Starr, à época da gravação do álbum BILLION DOLLAR BABIES, 1973

Aqui não há espaços para releituras infiéis às originais e tome isso como um elogio. Trata-se de verdadeiras e sinceras homenagens a amigos de estrada, de aventuras etílicas e de encontros em festas e palcos durante a longeva carreira de Alice Cooper.

Alguns destaques são a ótima cover de "Whole Lotta Love" do Led Zeppelin, com Brian Johnson dividindo os vocais com o anfitrião Alice, que nessa faixa, depois de vários anos toca harmônica, de forma magistral. Perry Farrell (Jane's Addiction) divide os vocais em "I Got A Line On You" da banda Spirit, música que Alice já havia gravado para a trilha do filme Iron Eagle. O cd ainda conta com a participação de membros originais da banda de Alice: Neal Smith (bateria) e Dennis Dunaway (contrabaixo) em "School's Out/Another Brick In The Wall", uma dobradinha que Alice vem tocando eventualmente em shows desde 2000, quando participou do projeto British Rock Symphony", com o qual se apresentou no Brasil também à época. A produção e de ninguém menos que Bob Ezrin, produtor dos álbuns clássicos da banda de Alice Cooper nos anos 70. Altamente recomendável!

Faixas:
01 The Last Vampire (Original song)
02 Raise the Dead (Original Song)
03 My Generation (The Who)
04 Whole Lotta Love (Led Zeppelin)
05 I Got A Line On You (Spirit)
06 Five To One/Break On Through (The Doors)
07 One/Jump Into The Fire (Harry Nilsson)
08 Come And Get It (Paul McCartney)
09 Jeepster (T-Rex)
10 Cold Turkey (John Lennon)
11 Manic Depression (Jimi Hendrix)
12 Itchycoo Park (Small Faces)
13 School's Out/Another Brick In The Wall Pt 2(Alice Cooper/Pink Floyd)
14 My Dead Drunk Friends (Original Song)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hollywood Vampires"Todas as matérias sobre "Alice Cooper"Todas as matérias sobre "Johnny Depp"Todas as matérias sobre "Black Sabbath"Todas as matérias sobre "Rage Against The Machine"


Heaven & Hell: divulgado vídeo raro de última sessão de autógrafos de DioBlack Sabbath: em 1990, Tony Martin mostra todo seu potencial

Solos de guitarra estendidosSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Black SabbathBlack Sabbath
Banda na trilha sonora da nova temporada de Peaky Blinders

Black SabbathBlack Sabbath
25 anos de um álbum subestimado

Black SabbathBlack Sabbath
Cena em Ultimato com "Iron Man" fica épica

Bill McClintock: Metallica + Black Sabbath + Dokken + Herb Alpert

Black SabbathBlack Sabbath
Os crucifixos surgiram por causa de uma maldição

Black Sabbath: Gastão Moreira analisa o Master of Reality

SpotifySpotify
As bandas de hard rock e metal mais ouvidas no último mês

Black SabbathBlack Sabbath
Box-set com 9 discos sai em setembro

Collectors Room: os discos que marcaram a carreira de Dio (vídeo)

Black SabbathBlack Sabbath
Tony Martin fala de Iommi em trecho de autobiografia

Collectors Room: um papo sobre resenhas de discos (vídeo)

Geezer ButlerGeezer Butler
Quando ele quase perdeu a visão mas guardou lembrança

Heaven & HellHeaven & Hell
Baterista Bill Ward explica a sua ausência da banda

Black SabbathBlack Sabbath
Em 1981, revista massacrava álbum Mob Rules

Black SabbathBlack Sabbath
A icônica resenha de Lester Bangs sobre Black Sabbath


HumorHumor
O dia em que Steve Vai foi humilhado por Chimbinha

CultsCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

As novas caras do metalAs novas caras do metal
Mais 40 bandas que você deve conhecer

Kiss sobre Secos e Molhados: "há quem acredite em OVNIs"Kiss: 15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famososAC/DC: ouça "Thunderstruck" em versão acústicaMastodon: ouça recriação de "Stairway to Heaven" do Led Zeppelin

Sobre Neimar Secco

Welcome to my nightmare. Sou professor de inglês e de português e também tradutor eventual. Rock sempre foi e continua sendo a minha trilha sonora de todas as horas. Minhas preferências são hard rock, progressivo e classic rock em geral (anos 60, 70 e 80). Bandas favoritas: Alice Cooper, Led Zeppelin, Black Sabbath, Ozzy Osbourne, Pink Floyd, Beatles, Creedence, The Doors, Dire Straits, entre muitas outras.

Mais matérias de Neimar Secco no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336