Matérias Mais Lidas

imagemO álbum que chocou colégio de freiras de Rafael Bittencourt e foi "libertador"

imagemHá 20 anos, Frejat explicava como Raimundos não se dobrava perante gravadora

imagemRegis Tadeu coloca o dedo na ferida e aponta o grande erro do rock nacional dos anos oitenta

imagemAxl Rose faz piada de gosto duvidoso sobre incidente com microfone

imagemA música do Queen que Brian May pensou que era uma brincadeira

imagemDez bandas de rock e metal que gravaram versões para músicas de outros estilos

imagemEmpresária do Judas Priest conta como foi o encontro de K.K. Downing com ex-companheiros

imagemRaimundos: A surpreendente maneira como Digão conheceu Rodolfo, segundo o próprio

imagemB. B. King sobre John Lennon ter dito que queria tocar como ele

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagem"Nenhuma banda está a fim de ajudar a outra, isto é utopia", diz Regis Tadeu

imagemEric Clapton relembra como era ser chamado de Deus nos anos 60

imagem"Raimundos nunca quis ser manual de conduta para ninguém", diz Digão


Lift Detox
Stamp

Mad Dragzter: Uma metralhadora de riffs

Resenha - Master Of Space And Time - Mad Dragzter

Por Heberth Brito
Postado em 27 de setembro de 2015

Nota: 8

E eis que ressurge o Mad Dragzter após o excelente Killing the Devil Inside (2006) e um hiato de quase uma década. Depois de passar um longo tempo cozinhando em banho-maria, finalmente sai aguardado Master Of Space And Time. Mas a banda está absolvida pela demora em soltar o disco, já que teve a atitude louvável de optar pela distribuição gratuita (sim, no formato físico mesmo!). Basta entrar em contato pelo Facebook e solicitar o envio, sem nenhum custo. O quarteto ainda mantém a mesmíssima formação, com Tiago Torres (vocal e guitarra), Gabriel Spazziani (guitarra), Armando Benedetti (baixo) e Eric Claros (bateria). Isso já é um bom motivo para esperar um material de alto nível.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Se antes o Mad Dragzter apostou em um Thrash com elementos modernos e, digamos, ousados, em Master Of Space And Time não existe piedade, a violência está de volta, com um som cru e visceral, uma verdadeira metralhadora de riffs! As partes acústicas, climáticas, ou que destoam da porradaria são ínfimas, porém criativas e bem pensadas para preparar para o que interessa, pois a intenção do disco é uma só: fazer a sua cabeça cair do pescoço. Mas não apenas os riffs se destacam, a cozinha não se esconde e não mostra nenhuma vocação para ser coadjuvante. Baixo e bateria aparecem com muita competência, tanto na pegada quanto na técnica. O vocal não faz feio e consegue ser agressivo sem parecer caricatural. Em alguns refrões com tendências melódicas e que demandam algo mais cantando, o vocal soa um pouco estranho, como no refrão da faixa de abertura Almighty. Mas são raras exceções, no geral o vocal é bastante proficiente.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Novamente o Mad Dragzter conseguiu uma produção acima da média, bastante coesa e que consegue trazer peso e destruição sem estragar ou irritar os ouvidos. A intenção de soar oitentista é patente, e nisso foram bem sucedidos. Apesar de não soar cópia de ninguém em momento algum, é impossível não se apanhar em Déjà Vu, muita coisa remete à Metallica antigo, Deliverance (Weapons of Our Warfare) e bandas do Bay Area.

Outra mudança notória e importante está nas letras, já que a banda agora traz uma temática claramente voltada à fé cristã (são bastante explícitos nesse sentido no título do disco e das faixas), o que pode fazer muitos fãs mais radicais torcerem o nariz. Mas se você não dispensa de modo algum um Thrash de qualidade, não será isso que fará você ignorar esse excelente trabalho.

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

A capa do disco também não esconde o conteúdo lírico, e retrata o Armagedom apocalíptico (episódio em que Jesus detona os exércitos da Besta e do Anticristo, formados pela sociedade iníqua) Apesar de muito bem feita, a arte não caiu no meu gosto, talvez pelo estilo da animação, que parece feita sob encomenda para uma banda de Power Metal, o que faz o lado brutal e mais sério do estilo de certa forma "brochar".

Mas o que interessa mesmo é o conteúdo, e é inútil apontar destaques. São 15 pedradas com andamentos e riffs para satisfazer os mais exigentes fãs de Thrash Metal. Apenas aperte o play e agradeça a Deus. Rs

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Track-list:
01 - Almighty
02 - Valley Of Dry Bones
03 - Master Of Space And Time
04 - 5708
05 - Megiddo
06 - Gehenna: The Second Death
07 - King Of Kings
08 - Army Of Truth
09 - Sons Of Thunder
10 - The Man By The Pool Of Bethesda
11 - One Nation, One Church
12 - From Emptiness To Infinity
13 - Vox Spiritus Sancti
14 - Wrath Of God
15 - New Heaven And New Earth


Outras resenhas de Master Of Space And Time - Mad Dragzter

Resenha - Master of Space and Time - Mad Dragzter

Resenha - Master of Space and Time - Mad Dragzter

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy
Lift Detox


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mad Dragzter: A coleção de CDs de thrash do guitarrista Tiago

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero