Conan: Brutal como um machado abrindo um crânio ao meio

Resenha - Blood Eagle - Conan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Cassio Jr
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Brutal como um machado abrindo um crânio ao meio, ou um couro sendo impiedosamente escalpelado.
5000 acessosRaul Seixas: a explicação de Gita, por ele mesmo5000 acessosTop 5: Os roqueiros mais chatos da história

Formada em 2006 no Reino Unido, CONAN lançou três albuns até a presente data. Tocando um sludge arrastadão beirando o drone, CONAN conta com um dos nomes mais fodões que uma banda de metal pode ter. Eu sempre esperei um nome desse numa banda tipo Manowar ou Thor, mas os ingleses fazem juz ao nome.

Lançaram o primeiro play em 2010, Horseback Battle Hammer contava com uma gravação suja e produção limitada, mas já demonstrava todo o potencial da banda.

Em 2012 veio o ótimo Monnos, aclamado por diversos sites e revistas especializadas como o melhor album do ano. Em 2013 tocaram na Roadrunner, o que rendeu um play ao vivo.

E então chegamos em 2014 com o tão aguardado terceiro play de estúdio, Blood Eagle. Impecável como o anterior e com uma produção bem melhor, CONAN continua agredindo ouvidos alheios com uma martelo de batalha e escalpelando os sensíveis sem dó.

A faixa de abertura, Crown of Talons, já nos dá uma dica do que esperar do álbum: riffs sujos, músicas longas, arrastadas e cadenciadas.

Certamente, uma das principais características da banda e, particularmente a que eu mais gosto, são os dois vocais que cantam juntos em todas as faixas. "Cantam" entre aspas, pois mais se parecem com gritos de guerra, urrados por uma legião de saqueadores selvagens. A brutalidade da cozinha e o ódio dos vocais emana até a sua alma, fazendo tudo do seu pescoço para cima balançar violentamente como se não houvesse amanhã. Outro detalhe bem legal são as capas. Muito boas!

Meus destaques vão para Gravity Chasm, simplesmente fodona e Total Conquest, cuja levada é sensacional e nos mostra toda a energia dos caras.

É isso ai, se você nunca escutou CONAN, corra atrás. Para você que curte Crownbar (das antigas), Sun (((o, Reverend Bizarre e outros pesos do Doom e vertentes, é um prato cheio. Foi a banda que me abriu os olhos para o sludge. Melhor que seu antecessor, Blood Eagle veio para espalhar seus miolos pelo chão.

HAIL CONAN!

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Conan"

Raul SeixasRaul Seixas
A explicação de Gita, por ele mesmo

Top 5Top 5
Os roqueiros mais chatos da história

SpinSpin
As melhores faixas instrumentais de todos os tempos

5000 acessosDimebag: como ele transformou Dave Grohl no cara mais legal do rock5000 acessosGuns N' Roses: Autor afirma que Mike Patton cagou no suco de Axl5000 acessosGóticas: 10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 805000 acessosMegadeth: Dimebag Darrell quase foi guitarrista da banda4325 acessosIron Maiden: as músicas do "The Number", da pior para a melhor5000 acessosIron Maiden: Veja as primeiras imagens do Eddie da nova tour

Sobre Cassio Jr

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online