Beastkrieg: Formação brasileira fincada nas raízes do Black Metal

Resenha - Abominable Cult of Evil - Beastkrieg

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


É sempre gratificante, em meio a tanta modernidade nas produções de Metal atualmente, você se deparar com um trabalho mais rústico, orgânico e enraizado. Antes que algum leitor interprete mal, não se trata de exaltar produções ruins, até porque o que ouvimos nesta primeira demo da banda paulista Beastkrieg é bem feito.

Guitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os temposLinkin Park: Mike Shinoda fala como Chester se sentia

O fato é que o trio formado por Emperor of Evil Chants (vocal/baixo), Gordo Butcher (guitarra) e Perversor of The Holy Order (bateria) exaltam o Metal extremo 'old school' categoricamente. Na sonoridade da banda há elementos influenciados por Hellhammer, passando por Blasphemy e esbarrando em nomes lendários como Sarcófago e Mystifier.

Isto é, além da qualidade indubitável, o agradável clima sombrio e revoltado que só o Metal extremo nacional possui está ali. O timbre da guitarra foi bem escolhido, soando um pouco ríspidos e o andamento cadenciado (na maior parte) das composições só fez a banda soar uma tanto quanto diferenciada.

Os vocais de Emperor of Evil Chants 'meio' que vomitados caíram como uma luva e destilam letras típicas do estilo envoltas de ódio e blasfêmias. As seis composições merecem menção, mas procure ouvir Graveyard Rite (Alcoholic Ceremony Of Baphometic Worship), Perversion Of The Immaculate Conception e The Law Of Baphomet.

A produção do trabalho mantém a chama e passa longe da sonoridade pausteurizada dos dias de hoje, sendo que a arte gráfica feita em esferográfica por Emerson Maia é belíssima e impressiona. Um trabalho para quem aprecia um som fincando nas raízes do Metal extremo 'old school'.

https://www.facebook.com/beastkrieg
https://beastkrieg.bandcamp.com/



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Beastkrieg"


Guitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os temposGuitar World
As 50 melhores canções de Rock de todos os tempos

Linkin Park: Mike Shinoda fala como Chester se sentiaLinkin Park
Mike Shinoda fala como Chester se sentia

Judas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy MetalJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal

Motorhead: a opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhiceInstagram: as fotos mais legais do perfil de James HetfieldChris Cornell: últimas palavras não foram "estou cansado", diz viúvaCharlie Brown Jr: Apresentador maranhense continua confudindo tudo

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.