Centura: Composições cheias de energia

Resenha - Amerigeddon - Centura

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Este é o segundo EP desta banda norte-americana fundada em 2010 que aposta em uma sonoridade direcionada ao Thrash Metal com levíssimos toques de Metalcore, principalmente no quesito melodia.
5000 acessosDarkthrone: Fenriz fala sobre Sepultura, Sarcófago, Gal Costa e Caetano Veloso5000 acessosMayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011

O que impressiona logo de cara é a energia emanada pelas composições. O som é agressivo e objetivo, tendo guitarras focadas no Thrash Metal tradicional ao mesmo tempo em que apostam em uma timbragem mais atual. A cozinha explora bem o seu lado, com uma bateria que utiliza bem os bumbos duplos e até inclui ‘blast beats’.

Algumas leves quebradas fazem muito bem à sonoridade da banda, como na faixa título, que é uma das melhores composições do trabalho ao lado de Warfare Isn't Fair e One Nation Under Fraud. Não podemos deixar de mencionar os ótimos vocais berrados de Nathan Beaty, que também é baixista.

A produção do trabalho com boa nitidez também colabora muito e não soa ‘pasteurizada’ como a maioria das bandas atuais que investem em sons mais pesados. O Centura pode servir como uma boa lição para as bandas que tentam soar agressivas, mas não passam de enganadoras. Ótimo disco.

https://www.facebook.com/centurametal
https://soundcloud.com/centurametal

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Centura"

DarkthroneDarkthrone
Fenriz comenta Sepultura, Sarcófago e MPB

MayhemMayhem
Banda levou restos humanos pro palco na França

Baixo elétricoBaixo elétrico
Leo Fender deu ao instrumento um status inédito

5000 acessosOzzy Osbourne: "o morcego era quente e crocante"5000 acessosCharlie Brown Jr: Filho de Chorão conta sobre treta com Marcelo Camelo5000 acessosViva a diferença: como cada músico arranja sexo2335 acessosGuns N' Roses: Versão de "Paradise City" pelos caipiras finlandeses4314 acessosMustaine: A perfeição de seus cabelos em divulgação de salão de beleza5000 acessosMetallica: Rock In Rio explica pane que ocorreu durante o show

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online