Amputated: Brutalidade e quebradeira

Resenha - Dissect, Molest, Ingest - Amputated

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Este é o terceiro disco completo dos ingleses do Amputated, banda oriunda de Bristol que possui certo nome no underground europeu devido à qualidade de seu som extremo. E “Dissect, Molest, Ingest” se mostra um baita de um disco.
5000 acessosEm 02/02/1979: Sid Vicious, o lendário baixista do Sex Pistols, morre de overdose5000 acessosIron Maiden: "Tenho inveja dos fogos do Slipknot",diz Bruce

O principal destaque fica por conta da variação rítmica contida nas composições. As quebradas e viradas insanas são capazes de quebrar o pescoço do ouvinte. Isso sem contar algumas levadas atípicas, como por exemplo, da faixa Skullfuck Lobotomy, que também possui um ótimo trabalho nos riffs.

Outro destaque são os vocais de Mark Gleed. O careca barbudo urra muito bem, e alterna seu gutural com grunhidos e rasgados facilmente. Isso faz com que as composições, que são muito diretas e objetivas apesar de técnicas, soarem ainda mais interessantes.

Outro fator preponderante para a qualidade acima da média do disco é a ótima produção. A capa do trabalho bem típica também é bem detalhada e com cores essenciais ao estilo. O que tenho de informação é que o disco só foi lançado digitalmente, uma pena.

https://www.facebook.com/amputated
http://www.reverbnation.com/amputated

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Amputated"

Em 02/02/1979Em 02/02/1979
Sid Vicious, do Sex Pistols, morre de overdose

Iron MaidenIron Maiden
"Tenho inveja dos fogos do Slipknot", diz Bruce

Tom ArayaTom Araya
"Não sou ateu; acredito em Deus!"

5000 acessosO Suprassumo do Superestimado: os 11 mais (ou menos) nacionais5000 acessosRob Halford: 11 coisas que você não sabia sobre ele5000 acessosJoão Gordo: Crente? Vai tomar no cu quem tá acreditando!5000 acessosLemmy: o verdadeiro Deus do Metal capturado em foto3805 acessosWhiplash.Net: homenagem aos 30.000 seguidores no Twitter5000 acessosRitchie Blackmore: Fender homenageia o ícone com uma Stratocaster

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online