Matérias Mais Lidas

Manowar: por que o baterista brasileiro Marcus Castellani saiu da bandaManowar: por que o baterista brasileiro Marcus Castellani saiu da banda

Kiko Loureiro: as maiores lições que ele aprendeu com Dave MustaineKiko Loureiro: as maiores lições que ele aprendeu com Dave Mustaine

Kerrang: 10 capas polêmicas de álbuns de rock e metal que sofreram censuraKerrang: 10 capas polêmicas de álbuns de rock e metal que sofreram censura

Black Sabbath: Bill Ward sabia que primeiro álbum da banda causaria alguns problemasBlack Sabbath: Bill Ward sabia que primeiro álbum da banda "causaria alguns problemas"

Tony Iommi: surpreendendo ao eleger seu Deus do RockTony Iommi: surpreendendo ao eleger seu "Deus do Rock"

Megadeth: Mustaine diz que novo álbum está quase saindoMegadeth: Mustaine diz que novo álbum está quase saindo

Black Sabbath: Todos os álbuns ranqueados, do pior ao melhor, pela Kerrang!Black Sabbath: Todos os álbuns ranqueados, do pior ao melhor, pela Kerrang!

Angra: saída do Kiko custou muito, mas não pela razão que todos imaginam, diz empresárioAngra: saída do Kiko custou muito, mas não pela razão que todos imaginam, diz empresário

Zakk Wylde: cinco músicas que mudaram sua vida, incluindo uma inesperadaZakk Wylde: cinco músicas que mudaram sua vida, incluindo uma inesperada

Guns N' Roses: as 5 músicas mais polêmicas da bandaGuns N' Roses: as 5 músicas mais polêmicas da banda

Zakk Wylde: o riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocarZakk Wylde: o riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocar

Deep Purple: Ian Gillan diz que o Brasil é um dos seus lares espirituaisDeep Purple: Ian Gillan diz que o Brasil é um dos seus "lares espirituais"

Black Sabbath: Lars Ulrich surpreende ao revelar seu álbum favorito da bandaBlack Sabbath: Lars Ulrich surpreende ao revelar seu álbum favorito da banda

Zakk Wylde: tocar com Ozzy é como estar na melhor banda cover do mundoZakk Wylde: tocar com Ozzy é como estar na melhor banda cover do mundo

Post-Black Metal: uma lista com dez álbuns para conhecer o confuso rótuloPost-Black Metal: uma lista com dez álbuns para conhecer o confuso rótulo


Stamp

Megadeth: 22 anos de "Countdown To Extinction"

Resenha - Countdown to Extinction - Megadeth

Por Rodrigo N. Fiuza
Fonte: Wikimetal
Em 15/07/14

Lançado em 14 de julho de 1992, o quinto álbum de estúdio do Megadeth se mantém até os dias de hoje como uma das obras-primas do heavy metal, influenciando gerações de músicos e não-músicos mundo afora. Hoje na ocasião de seu aniversário de 22 anos!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O Megadeth tinha chegado num ponto muito difícil para a maioria das bandas: tinha acabado de lançar sua primeira obra-mestra, Rust in Peace (1990). É nesse ponto que muitas bandas ficam tentadas a se autocopiarem, vivendo na sombra de seu próprio sucesso. Felizmente não foi esse o caminho do Megadeth. Countdown foi um disco tão inovador quanto o anterior, atingindo o mesmo nível de inspiração. Os riffs, os solos, as letras, tudo está em perfeita ordem. Não vou nem aprofundar a discussão de qual disco é melhor, Countdown to Extinction ou Rust in Peace, o fato é que ambos se encontram no mesmo nível, e para mim qualquer opinião de qual dos dois é melhor é válida.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O álbum começa com a ótima "Skin O’ My Teeth", mas conforme as faixas vão avançando, acaba ficando até um pouco esquecida devido a qualidade crescente que encontramos. "Symphony of Destruction" tem um dos riffs mais marcantes da carreira da banda, senão o mais marcante. "Architecture of Aggression" tem uma pegada sensacional e pouco usual no heavy metal, trazendo toda a temática sobre guerras que se encontra presente em todo o disco. "Foreclosure of a Dream" mistura o leve com pesado na exata medida, tornando-se uma das melhores canções do álbum.
"Sweating Bullets" é um clássico indiscutível da banda, que sintetiza muito bem o "horror irônico" do álbum. A voz rouca do Mustaine conseguiu achar a melhor maneira possível de ser utilizada. Simplesmente fantástica . Assim segue a ótima "This Was My Life". Na sequência, a faixa título segue numa sensacional melodia e ótimos solos. Também recheada de solos de lacrimejar os olhos da dupla Mustaine/Friedman é a faixa "High Speed Dirt" (com um curto mas lindo solo acústico no meio). Na sequência "Psychotron", trazendo de volta a cadência do começo do disco.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A penúltima faixa é para mim um dos pontos altos do disco. "Captive Honour" começa com uma sequência de vozes simulando um julgamento, terminando com o juiz lendo a sentença de condenação a pena capital. Tudo isso seguindo um crescente instrumental, culminando com a entrada da distorção das guitarras e da voz furiosa de Mustaine. Os solos são igualmente maravilhosos. O Megadeth sempre teve uma vantagem em relação a muitas bandas do seu gênero: possuir dois guitarristas solos fantásticos, pois não só Friedman era um exímio guitarrista, mas o próprio Dave Mustaine, cantor e principal compositor do grupo. Mustaine sempre nos brindou com performances sensacionais e muito inspiradas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim, Countdown to Extinction encerra com a faixa "Ashes in Your Mouth", a mais exótica de todas, mas não menos sensacional, permanecendo por muitos anos no set list do grupo. Trata-se, portanto, de um álbum de 11 excelentes canções – nenhuma ruim – algo difícil de se alcançar, mas que é realidade no mundo de Dave Mustaine. O disco ainda ganhou uma versão remasterizada em 2004, contendo 4 faixas bonus.

Manter-se como uma referência por mais de 20 anos não é para qualquer um. Countdown to Extinction representou o apogeu de um estilo que anos mais tarde sofreria uma grande queda no mercado da música. Mais do que isto, representou o espectro daquilo que não pode morrer.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Formação:
DAVE MUSTAINE – guitarra, voz e backing vocals
MARTY FRIEDMAN – guitarra e backing vocals
DAVID ELLEFSON – baixo e backing vocals
NICK MENZA – bateria e backing vocals

Track listing:
1 – Skin O’ My Teeth
2 – Symphony Of Destruction
3 – Architecture Of Aggression
4 – Foreclosure Of A Dream
5 – Sweating Bullets
6 – This Was My Life
7 – Countdown To Extinction
8 – High Speed Dirt
9 – Psychotron
10 – Captive Honour
11 – Ashes In Your Mouth

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Faixas bônus 2004
12 – Crown Of Worms
13 – Countdown to Extinction (Demo)
14 – Symphony of Destruction (Demo)
15 – Psychotron (Demo)


Outras resenhas de Countdown to Extinction - Megadeth

Megadeth: Countdown To Extinction é clássico que sempre será atualMegadeth
Countdown To Extinction é clássico que sempre será atual

Megadeth: Countdown to Extinction, o disco que não envelhece

Megadeth: "Countdown..." é seu ápice intelectual e comercial

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

WhatsApp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Megadeth: Mustaine diz que novo álbum está quase saindoMegadeth: Mustaine diz que novo álbum está quase saindo

Kiko Loureiro: as maiores lições que ele aprendeu com Dave MustaineKiko Loureiro: as maiores lições que ele aprendeu com Dave Mustaine

David Ellefson: depois da polêmica ele ficou rígido ao separar pessoal e profissionalDavid Ellefson: depois da polêmica ele ficou rígido ao separar pessoal e profissional

Megadeth: John Bonham ou Neil Peart? Dirk Verbeuren escolhe e explicaMegadeth: John Bonham ou Neil Peart? Dirk Verbeuren escolhe e explica

Megadeth: agora você pode comprar $MEGA, a criptomoeda da bandaMegadeth: agora você pode comprar $MEGA, a criptomoeda da banda

Kiko Loureiro: brasileiro na Finlândia e com banda nos EUA, como lida com viagens?Kiko Loureiro: brasileiro na Finlândia e com banda nos EUA, como lida com viagens?

Megadeth: as músicas que o baterista Dirk Verbeuren mais gosta de tocar ao vivoMegadeth: as músicas que o baterista Dirk Verbeuren mais gosta de tocar ao vivo

David Ellefson: ex-Megadeth ganha título de nobreza; sou Senhor Lorde Barão agoraDavid Ellefson: ex-Megadeth "ganha" título de nobreza; "sou Senhor Lorde Barão agora"

Angra: Kiko Loureiro diz quais álbuns lançados pela banda são os seus favoritosAngra: Kiko Loureiro diz quais álbuns lançados pela banda são os seus favoritos

Megadeth: baixista Felipe Andreoli grava cover da clássica Holy Wars; confiraMegadeth: baixista Felipe Andreoli grava cover da clássica "Holy Wars"; confira

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Megadeth: Ex-baixista David Ellefson diz que já está no Rock n Roll Hall of Fame (vídeo)

Megadeth: disco ao vivo na Argentina disponível nas plataformas digitais, confira aquiMegadeth: disco ao vivo na Argentina disponível nas plataformas digitais, confira aqui

Megadeth: canhoto Kiko Loureiro explica por que toca guitarra com a mão direitaMegadeth: canhoto Kiko Loureiro explica por que toca guitarra com a mão direita

David Ellefson: no clima de Black Friday, baixista abaixa preços de seus vídeos no CameoDavid Ellefson: no clima de Black Friday, baixista abaixa preços de seus vídeos no Cameo


Mustaine: Músicos devem ficar longe da política?Mustaine: "Músicos devem ficar longe da política?"

David Ellefson: o Metallica derrubou muitas barreirasDavid Ellefson: "o Metallica derrubou muitas barreiras"

Metal Hammer: o ano de 1999 marcou o fundo do poço do metal?Metal Hammer: o ano de 1999 marcou o fundo do poço do metal?


Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1


Sobre Rodrigo N. Fiuza

Rodrigo N. Fiuza, 28 anos residente em Itararé interior de SP. Sou fanático por classic rock e metal. Heavy, Death, Black, Thrash, Speed, Power, Doom entre outras.. Procuro sempre estar ligado nas noticias em geral e me atualizar sempre sobre tal gênero.

Mais matérias de Rodrigo N. Fiuza.