Vinterbris: Da fria Noruega, honrando as raízes

Resenha - Solace - Vinterbris

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9


Quarteto oriundo de Bergen, Noruega, que faz jus ao legado que a cena do país escandinavo construiu com o tempo, isto é, produzir ótimos nomes dentro do Black Metal e sua vertente.

Slipknot: "pastor" detecta mensagens subliminares nas capasDream Theater: os segredos do álbum Octavarium

No caso da Vinterbris, que tem "Solace" como seu segundo álbum completo, a melodia é inserida em uma sonoridade que traz diversos elementos do Black Metal tradicional da primeira metade da década de 90 aliado à técnica de bandas suecas como Dissection e Gates Of Ishtar.

As guitarras possuem os timbres estridentes típicos do gênero, mas os riffs possuem melodia e ótimos arranjos, sendo que a variação rítmica das músicas são os maiores trunfos da cozinha. Inclusões de partes acústicas soaram perfeitas, dando um ar épico às músicas.

Além de um ótimo instrumental, o vocalista Henrik Skar (que também é guitarrista) possui um ótimo vocal que alterna timbres rasgados com passagens guturais, dando ainda mais versatilidade às composições.

Destaque para Dysphoria (confira o vídeo da concepção da bela arte da capa no final da resenha), Fathoms, a progressiva The Aurora Of Despair e Euphoria. A produção também casa perfeitamente com a sonoridade da banda. Para almas gélidas que necessitam de uma trilha sonora extrema e de bom gosto.

https://www.facebook.com/Vinterbris
http://vinterbris.bandcamp.com/



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Vinterbris"


Slipknot: pastor detecta mensagens subliminares nas capasSlipknot
"pastor" detecta mensagens subliminares nas capas

Dream Theater: os segredos do álbum OctavariumDream Theater
Os segredos do álbum Octavarium


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.