BlackChest: uma mescla entre Gamma Ray e Runnin Wild

Resenha - Lung Of Stone - BlackChest

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Wendel Portuga
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Através da Attitude Headbanger de Vinhedo-Sp e com apoio de RetchRecs-Ba, a BlackChest lançou seu primeiro trabalho autoral no final de 2013. O Ep conta apenas com quatro músicas, mas já mostra a potência heavy metal desses caras do Sul da Bahia.

Fotos de Infância: Cliff Burton, do MetallicaTom Grosset: O mais rápido baterista do mundo segundo o Guinness

A faixa "Lung Of Stone" abre o Ep da forma mais direta que um disco de power heavy pode ser: com uma pancada! De cara o ouvinte fica eletrizado com os riffs, uma bela linha vocal e o ápice da canção: um refrão que te leva ao clássico "punhos erguidos". Daquelas músicas que ouvimos e dissemos pra nós mesmos; "vai virar um clássico". Solos com duetos que nos fazem lembrar a velha escolha power germânica, uma clássica canção do estilo.

A segunda faixa, "Hail To Piracy", é simplesmente fantástica, mais cadenciada e melódica do que a primeira, tem um refrão que gruda na cabeça. O riff principal ligado com a cozinha, batera e baixo, de forma empolgante, principalmente na construção dos solos. A terceira é "Violin In Blood", sugerindo uma certa pegada folk-metal, a música conta a lenda fictícia de um stradivarius, o violino vermelho. Ótimo trabalho de guitarras, baixo e batera, perfeita sincronia nos solos com arpégios em dueto mas sem soar chato e meloso fazem desta faixa a mais complexa do disco.

Por último, "Bury Your Heart", e aqui podemos perceber a síntese da banda: a energia Power Heavy e o feeling da NWOBHM!. Se uma mescla entre GAMMA RAY e RUNNING WILD fosse possível, eis a banda que o fez! E de forma natural, nada aqui parece forçado e soa bastante natural e ainda original. As influências são claras e pelo jeito os caras se orgulham disso. A última música não deixa a peteca cair, pelo contrário, te deixa louco pra ouvir mais. Base bastante coesa com solos inspirados e mais um refrão que te faz cantar.

Ficamos no aguardo de um disco completo e se manterem o nível teremos uma banda de respeito no cenário. O grupo mostra grande potencial em quatro faixas e que nos surpreendem pela qualidade de composição, mas que poderia ter uma produção um pouco melhor. Também não posso deixar de destacar a qualidade gráfica da excelente arte da capa e encarte que com certeza valorizam o item na hora da compra. Sabendo que a banda era brasileira, quase não acreditei no que estava ouvindo, dificilmente encontramos bandas desse estilo e ainda vinda do nordeste! Mais do que surpreso, fiquei impressionado. Essa é daquela bandas que te faz virar fan de primeira, agora é aguardar e quem sabe vê-los ao vivo.

BlackChest - The Lung Of Stone
01 - Lung Of Stone
02 - Hail To Piracy
03 - Violin In Blood
04 - Bury Your Heart




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Blackchest"


Fotos de Infância: Cliff Burton, do MetallicaFotos de Infância
Cliff Burton, do Metallica

Tom Grosset: O mais rápido baterista do mundo segundo o GuinnessTom Grosset
O mais rápido baterista do mundo segundo o Guinness

Os diários secretos de Roger WatersOs diários secretos de Roger Waters
Os diários secretos de Roger Waters

Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise CityDebandados: saíram de uma banda e formaram outras de igual pra melhorChris Cornell: últimas palavras não foram "estou cansado", diz viúvaCharlie Brown Jr: Apresentador maranhense continua confudindo tudo

Sobre Wendel Portuga

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336