Matérias Mais Lidas

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemDavid Bowie recusou (mais de um) convite para produzir o Red Hot Chili Peppers


Airbourne 2022

Metal Witch: A essencia do metal tradicional com doses de NWOBHM

Resenha - Risen From the Grave - Metal Witch

Por Junior Frascá
Em 09/04/14

Nota: 8

Banda alemã formada em 1985, nos primórdios da música pesada, o METAL WITCH sempre foi cultuado no underground, embora apenas em 2008 tenha lançado esse seu ótimo debut, que acaba de chegar ao mercado nacional, em mais um trabalho da batalhadora gravadora brasiliense Kill Again Records.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Com uma sonoridade totalmente ‘old school’, voltada ao metal tradicional, e com doses cavalares de NWOBHM, a banda se destaca pela simplicidade e pelo peso em suas composições, que são pedradas que caem direto no gosto do ouvinte, destacando-se os riffs precisos dos guitarristas Ingo Hinz e Diemar Hake, digno das melhores duplas do estilo, e os vocais graves e marcantes de Kay Rogowski, que deixa tudo ainda mais agressivo.

Com uma produção correta e propositadamente crua, o quinteto nos brinda com 10 faixas cativantes, com destaque para a poderosa "Belive in the Power of Rock"; a marcante "Queen of Blood", com ótimos coros vocais; e a épica "Metal Witch", que encerra o disco como um verdadeiro soco na cara do ouvinte.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A versão nacional do álbum ainda traz como bônus uma versão ao vivo para a ótima "Kiss My Ass", gravada no Headbangers Open Air, em 2004.

Trata-se, pois, de um som totalmente clichê e sem qualquer novidade, mas feito com muita competência e amor pelo estilo, sendo altamente indicado para os apreciadores do lado mais tradicional da música pesada. Se é o seu caso, corra já atrás de sua cópia, abra uma boa cerveja, e prepare-se para momentos da mais pura diversão!

Risen From the Grave – Metal Witch
(Kill Again Records - 2008 – Nacional)

Tracklist:

1. Believe in the Power of Rock
2. The Count Has Risen from the Grave
3. Queen of Blood
4. Hammer on Anvil
5. Ghost
6. Faster than a D-Train
7. The Roar of the Crowd
8. Ugly Game Called War
9. Valley of the Kings
10. Metal Witch

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Bonus Track:
11. Kiss my Ass (Live)

Formação:

Kay Rogowski – Vocals
Ingo Hinz – Guitar
Dietmar Hanke – Guitar
Thorsten Meyer – Bass
Rüdiger Voigt – Drums


Outras resenhas de Risen From the Grave - Metal Witch

Resenha - Risen From The Grave - Metal Witch

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá.