RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Stamp

Sinbreed: Um álbum "ame-o ou deixe-o"

Resenha - Shadows - Sinbreed

Por Victor de Andrade Lopes
Fonte: Sinfonia de Ideias
Postado em 29 de março de 2014

Nota: 8

Será que ainda vale a pena comentar o quão saturado está o estilo do power metal hoje em dia? Nesta resenha, talvez não. Porque este álbum, mesmo que não traga praticamente nada de novo, é um trabalho original em seu próprio mérito e de muita qualidade - qualidade rara de se ver hoje em bandas novas.

Bom, mas chamar o SINBREED de "novo" seria covardia. Os membros não caíram do céu; o baterista e um dos guitarristas são ninguém menos que FREDERIK EHMKEO e MARCUS SIEPEN, membros do BLIND GUARDAN. O vocalista HERBIE LANGHANS, cujo timbre lembra muito o de ANDI DERIS do HELLOWEEN, tem experiência à frente de duas bandas (BEYOND THE BRIDGE e SEVENTH AVENUE). O baixista e o outro guitarrista são mais novatos, e nem por isso menos competentes.

As faixas de Shadows são tão consistentes que nem há muito sentido em se comentar uma por uma. Até as baladas lentas, que nenhuma banda de power metal dispensa atualmente, estão ausentes aqui. Honestamente? Não fazem falta. Ficaria até estranho algo assim nesta banda, ainda que os membros já tenham feito isso em seus outros grupos.

Difícil dizer quem mais se destacou em Shadows: se a dupla das cordas MARCUS e FLO LAURIN mais o baixista ALEXANDER SCHULZ, com riffs muitíssimo bem trabalhados; se o vocalista HERBIE e sua voz poderosa e agressiva; ou se o bateria FREDERIK, que não se limitou a apenas marcar o ritmo da música: fez questão que o fã se lembrasse dele a cada virada, a cada golpe no prato.

Qualquer dúvida sobre a qualidade deste disco pode ser sanada com "Bleed", "Call to Arms", "Black Death" ou "London Moon".

Shadows é um álbum 8 ou 80, como os do AC/DC. Se você gostar da primeira faixa, gostará das outras. Se não gostar, é melhor nem ouvir o resto. "Você está querendo dizer que o álbum é repetitivo?" - sim, estou. Mas quando a fórmula é boa, que mal tem?

Abaixo o vídeo de "Bleed":

Track-list:
01. "Bleed"
02. "Shadows"
03. "Call to Arms"
04. "Reborn"
05. "Leaving the Road"
06. "Far Too Long"
07. "Black Death"
08. "Standing Tall"
09. "London Moon"
10. "Broken Wings"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.
Mais matérias de Victor de Andrade Lopes.