Necromorten: Thrash feito por quinteto de Fortaleza

Resenha - Warfuse - Necromorten

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo M. Brauna
Enviar correções  |  Ver Acessos


Como não se orgulhar de um lugar que tem contribuído de forma massiva para o underground brasileiro? Falo do Ceará, um dos maiores celeiros da música extrema do Brasil - exagero? Não, abra uma pesquisa e descubra por si só - com certeza um dos nomes a ser encontrado será NECROMORTEN. Quinteto de Fortaleza que, em 2010, fez um excelente registro chamado 'Warfuse', que desde então tem conseguido uma boa repercussão na mídia especializada.

Vanusa e Black Sabbath: a notável coincidência nos riffsMegadeth: Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os elementos que compõem esse trabalho foram explorados com muito critério, assim você recebe um CD de qualidade junto a sua coleção e, certamente, irá se impressionar logo na primeira audição.

São doze faixas divididas em quatro capítulos, 'Of War', 'Of Religion', 'Of Man' e 'Of Pride'. De acordo com os títulos não é difícil sacar à temática do álbum, pois ele trata dos caminhos e armadilhas a que a humanidade está exposta, mas também refere-se à vitória de quem almeja as suas conquistas.

O som thrash metal é marcado por riffs que disparam numa velocidade constante e bem trabalhada. Mas existem faixas como, por exemplo, 'Propagator of Pain', que consegue diminuir a acelerada e investir mais em peso. A hora do refrão é crucial para absorver essa pegada.

O trabalho de guitarras, sem dúvida nenhuma é o melhor atrativo desse disco. RODRIGO MAGNANI (ex-DARKSIDE, TIGLATH) e PAULO BESSA (ex-DARKSIDE, COLDNESS) tanto nas bases como nos solos se encarregam de expulsar a mesmice, fazendo um trabalho muito criativo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outro fator que torna compensador a aquisição desse material está nas vocalizações rasgadas de PABLO CASTELAR (ex-SIGHTLESS, TRIARCHY, GODLESS CEREMONY). O rapaz, sem pena, solta as suas cordas vocais e dá um show à parte em canções como, 'Transgressor' (cantada em português) e 'Thrash Metal', as que reinam mais na pancadaria.

Tanto peso e velocidade não seriam relevantes sem uma boa cozinha, e essa seção adiciona mais qualidade às composições. Méritos do baixista e backing vocal, EDUARDO MAGNANI (ex-DARKSIDE) e do batera, FABIANO BARBA. Um trabalho de parceria perfeita.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As gravações duraram quatro meses e tiveram que ser captadas em dois estúdios, mas o trabalho de produção feito pelo próprio RODRIGO beira os limites da excelência e o revela também como ótimo produtor.

Esse é um trabalho sem ressalvas que vale por sua importância tanto nas músicas e letras como na arte de 'Jack Anderson', que preparou um material gráfico belíssimo, destacando ilustrações para os temas num livreto que comporta as letras e a foto que 'Bárbara Fabrício' fez da banda. Vai perder essa?

Formação:

PABLO CASTELAR - Vocal;
RODRIGO MAGNANI - Guitarra;
PAULO BESSA - Guitarra Solo;
EDUARDO MAGNANI - Baixo/Vocal;
FABIANO BARBA - Bateria.

Contato:
MySpace: https://myspace.com/necromorten

Faixas:

01 - Making a War;
02 - Holocaust;
03 - Iron & Steel;
04 - Propagator of Pain;
05 - The Ridiculous Way;
06 - Transgressor;
07 - The Son of God;
08 - Liberty;
09 - Godslayer;
10 - The Conqueror Worm
11 - Hym;
12 - Thrash Metal.


Outras resenhas de Warfuse - Necromorten

Necromorten: Velocidade com riffs violentos e nervososNecromorten: Thrash Metal irresistível à la Exodus



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Necromorten"


Vanusa e Black Sabbath: a notável coincidência nos riffsVanusa e Black Sabbath
A notável coincidência nos riffs

Megadeth: Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?Megadeth
Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?


Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280