Armadilha: Sim, eles fugiram do convencional

Resenha - Armadilha - We Are The Trap

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Milena Mori
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Houve recentemente a chamada NWOTHM ( New Wave of Traditional heavy metal), com expoentes como Skull Fist e Enforcer. Obviamente o Brasil teve seus representantes dignos de hastearem tal bandeira, bandas como Leatherfaces, JackDevil, Imminent Attack e Fire Strike, não permitem que fiquemos atrás de bandas gringas.
5000 acessosDossiê Guns N' Roses: A versão de Slash para os fatos5000 acessosCrianças: veja como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras

No meio desta explosão de novas bandas, surgiu o Armadilha, seguindo a mesma linha das bandas oitentistas cantadas em português. Este não é o diferencial do Armadilha , pois Comando Nuclear, Vingança Suprema e Selvageria já o faziam antes, porém lançar seu primeiro álbum em português foi algo que a banda entendeu como essencial.

Em 29/06/2013, pela Thirteen Records foi lançado o álbum “ Choque Elétrico” com 10 faixas do mais puro heavy metal tradicional, cantando na língua portuguesa, na melhor tradição da década de 80.

Eis que apenas pouco menos de dois meses depois, dia 7/9/2013, sai pela Obskure Chaos Distro o ep “ We Are The Trap”, com versões em outras sete línguas que não português de músicas lançadas no debut Choque Elétrico.

De acordo com o baterista da banda, Pedro Zupo, que neste ep também se ocupa do cargo de vocalista, o motivo deste lançamento foi apenas um, valorizar a música em língua pátria. Ele simplesmente declara: “Quando vínhamos apresentar um CD ou um show com músicas em português, frequentemente ouvíamos que só faz música em português, banda cujos membros não sabem falar em inglês... ta aí a prova, que não só sabemos inglês, como outras seis línguas, escolhemos ser uma banda que canta em português, porque o Heavy Metal é liberdade de expressão e é assim que queremos nos expressar.”

A banda prepara agora o sucessor do álbum “Choque Elétrico” e afirma que será um disco gravado totalmente em português, com os vocais agora a encargo de Jonas “Ninja” Soares. Não se sabe se haverá um segundo projeto como “We Are The Trap”, mas fica interessante com certeza escutar as músicas em diversas línguas e ver como elas funcionam em idiomas estrangeiros.

Set list do We Are The Trap:

1 – Nerozbitný Kov – (música “Metal Inquebrável” do “Choque Elétrico) – Lingua : Tcheco
2 – Dieu Des Puissants – (música “Deus dos Poderosos” do “Choque Elétrico) – Lingua :Francês
3-Trappola – (música “Armadilha” do “Choque Elétrico) – Lingua : Italiano
4 –Vestida Del Pecado – (música “Vestida do Pecado” do “Choque Elétrico) – Lingua : Espanhol
5 - Furia Pe Două Roți– (música “Fúria Sobre Duas Rodas ” do “Choque Elétrico) – Lingua : Romeno
6 – Space Battle – (música “Guerra no Espaço” do “Choque Elétrico) – Lingua : Inglês
7 - Wie Werde Die Macht Köpfen– (música “Decaptar o Poder” do “Choque Elétrico) – Lingua : Alemão

Formação do "We Are The Trap"

Pedro Zupo - bateria e Vocal
Lucas V. Abraão - baixo
Denys Garcia - guitarra
Guilherme Vizza -guitarra

Por toda esta "criatividade" afinal eles fugiram do convencional português/Ingles, dou nota 10 ao CD!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Armadilha"

Dossiê GNRDossiê GN'R
A versão do guitarrista Slash para os fatos

CriançasCrianças
Como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras

RodolfoRodolfo
100% arrependido das letras dos Raimundos

5000 acessosEsquire: Integrantes do Metallica fingem ser do Led Zeppelin5000 acessosRock: 25 fotos pra fazer você continuar acreditando na música5000 acessosAerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler5000 acessosSobre Joelhos, Metallica e o 1º Princípio da Filosofia5000 acessosPolêmica: as músicas mais controversas da história do Rock1378 acessosCristina Scabbia: musa elege sete filmes de terror italianos

Sobre Milena Mori

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online