Matérias Mais Lidas

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagemVocalista do Greta Van Fleet não entende os haters: "parece a p**** de uma religião"

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemGene Simmons compartilha tweet com meme da ex-presidente Dilma Rousseff

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemEvanescence coloca baixista no cargo de guitarrista e anuncia nova baixista

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemThe Offspring: Soco de faca, brinde milionário e outras histórias

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemMetallica divulga vídeo oficial da clássica "For Whom The Bell Tolls" ao vivo em SP


Entombed: Sendo ousado e fazendo um trabalho de vanguarda

Resenha - Wolverine Blues - Entombed

Por Rodrigo Noé de Souza
Em 15/09/13

Nota: 10

A banda Entombed surgiu no final de 1989, quando a sua encarnação Nihilist encerrou suas atividades, após lançar algumas demos. Enquanto isso, Lars-Göran Petrov (vocal), Nicke Andersson (bateria), Alex Hellid e Uffe Cederlund (guitarras) criaram, o que viraria uma das bandas seminais do Metal sueco, ao lado do Bathory. Com seus primeiros discos, Left Hand Path (1990) e Clandestine (1991), destacaram no cenário, com sua sonoridade que, mais tarde, deu o rótulo de Death Metal sueco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Porém, L.G. Petrov saiu da banda durante as gravações de Clandestine. Com isso, Nicke assumiu os vocais apenas nesse álbum. Porém, em 1992, Petrov voltou e o que todos esperavam mais um grande disco, a surpresa é: Wolverine Blues.

Nunca uma banda foi tão desafiadora, tão corajosa e honesta como foi o Entombed. Depois de um Death Metal dos primeiros discos, a banda ousou seu som com toques de Rock’N’Roll, causando fúria dos fãs mais radicais. Com a produção de Tomas Skogsberg e gravado no Sunlight Studios (A Morrisound sueca), Wolverine Blues destaca-se pela coragem dos músicos, inclusive o baterista, que aprendeu todas as lições do Motörhead e Kiss.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Petrov se esforçou para não imitar o Lemmy, pois sua performance não deixa a desejar. Faixas como Hollowman, Demon, a faixa-título (inspirada no personagem da Marvel), Full Of Hell tem a pegada setentista no ar. Enquanto as outras ainda tem os ecos de Clandestine, como Eyemaster, Blood Song, Heavens Die e Out Of Hand.

Impossível não descrever que a banda estava motivada nas gravações, com aquele groove e riffs grudentos que só ouvimos nas bandas originais. Entombed conseguiu o que poucas bandas fazem do Metal: ser ousada e fazer um trabalho de vanguarda.

Formação:

Lars-Göran Petrov – vocal
Nicke Andersson – bateria
Uffe Cederlund – guitarra
Alex Hellid – guitarra
Lars Rosenberg – baixo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tracklist:

1-Eyemaster
2-Rotten Soil
3-Wolverine Blues
4-Demon
5-Contempt
6-Full Of Hell
7-Blood Song
8-Hollowman
9-Heavens Die
10-Out Of Hand

Confiram os vídeos abaixo - Wolverine Blues:

Hollowman:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Death Metal: 30 músicas para começar a se interessar pelo estiloDeath Metal: 30 músicas para começar a se interessar pelo estilo

Relembre dez personalidades do rock e do heavy metal que faleceram em 2021Relembre dez personalidades do rock e do heavy metal que faleceram em 2021

Confira 10 fatos que marcaram o ano de 2021Confira 10 fatos que marcaram o ano de 2021

Death Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1990, segundo o Ruthless MetalDeath Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1990, segundo o Ruthless Metal




Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don't Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza.