Lacerated and Carbonized: destaque da cena Death nacional

Resenha - Core of Disruption - Lacerated and Carbonized

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Já com 07 anos de estrada, os cariocas do LACERATED AND CARBONIZED são um dos principais nomes da atual cena do Death Metal nacional, mesmo tendo acabado de lançar este que é apenas seu segundo disco. Mas a competência do quinteto é tanta, que não há como não colocá-los nesse patamar.

Com uma pegada pesada, brutal e técnica, mas sem deixar de lado as influências do lado mais tradicional do estilo, a banda se destaca por conseguir construir faixas variadas e cheias de ótimos arranjos, mas sem soar prolixa demais, e sem deixar de ser cativante, mesmo fazendo um som bem trabalhado.

publicidade

Além disso, todas as faixas exalam uma brutalidade acima da média, remetendo a bandas como KRISIUN, CANNIBAL CORPSE e HATE ETERNAL, mas com muita personalidade. O trabalho de guitarras é soberbo (com riffs muito cativantes), a cozinha é técnica e precisa, e as linhas vocais guturais transmitem muita fúria.

No geral, as letras do álbum são bem fortes e interessantes, tratando de temas como violência da polícia, corrupção e demais mazelas sociais, com foco principal na cidade do Rio de Janeiro. Ou seja, nada mais atual, ainda mais agora que o povo resolveu sair às ruas para protestar.

publicidade

As faixas "L.A.C." e "Third World Slavery" já mostram muito bem toda a qualidade da banda, que em momento algum deixa a intensidade cair. Outros grandes destaques ficam para "O Ódio e o Caos" (que embora tenha esse nome, é cantada em inglês, salvo um pequeno trecho), e "The Candelária Massacre", que traz ainda ótimas melodias, e alguns vocais mais limpos.

publicidade

A produção, realizada pelo guitarrista Caio Mendonça, com masterização e mixagem de Andy Classen no Stage One Studios, na Alemanha, é outro ponto alto do álbum, tendo deixado tudo muito bem equilibrado e moderno, mas sem deixar de lado a sujeira e o peso que o estilo exige.

Um disco para deixar qualquer fã de death metal nacional orgulhoso, "The Core of Disruption" só veio para comprovar o que todos já sabiam: que o LAC é uma grande realidade de nosso underground, e tem tudo para trilhar caminhos bem sucedidos em sua trajetória, pois competência para isso os caras têm de sobra. Ouçam e comprovem.

publicidade

The Core of Disruption – Lacerated and Carbonized
(2013 – Eternal Hatred/MS Metal Records – Nacional)

Track List:
01. L.A.C.
02. Third World Slavery
03. Awake The Thirst
04. O Ódio e o Caos
05. Unnatural Aggression
06. The Candelária Massacre
07. BloodDawn
08. Call For Blood
09. Final Enclosure
10. Corrupt Foundations
11. System Torn Apart

Formação:
Jonathan Cruz: vocalista
Caio Mendonça: guitarrista
Paulo Doc: contrabaixista
Victor Mendonça: baterista

publicidade


Outras resenhas de Core of Disruption - Lacerated and Carbonized

Lacerated And Carbonized: uma das melhores na atualidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Punk Rock: seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabeloPunk Rock
Seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabelo

Metallica: Veja como fica seu nome com o formato do logo da bandaMetallica
Veja como fica seu nome com o formato do logo da banda


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin