Matérias Mais Lidas

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Jon Schaffer: nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadoraJon Schaffer
Nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadora

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Metallica: veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da bandaMetallica
Veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da banda

Megadeth: Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia darMegadeth
Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia dar

Pantera: as cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da RevolverPantera
As cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da Revolver

Nervosa: Banda lança videoclipe de Under RuinsNervosa
Banda lança videoclipe de "Under Ruins"

Pearl Jam: exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processoPearl Jam
Exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processo

Bon Jovi: Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de These DaysBon Jovi
Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de "These Days"

Joe Lynn Turner: detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem eleJoe Lynn Turner
Detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem ele

Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debateDedo x Palheta
Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate

Megadeth: Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiroMegadeth
Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiro

Iron Maiden: As faixas do clássico The Number Of The Beast, da pior para a melhorIron Maiden
As faixas do clássico "The Number Of The Beast", da pior para a melhor

Lista: 10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hojeLista
10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hoje

Quiet Riot: quebrando disco de banda brasileira em 1985Quiet Riot
Quebrando disco de banda brasileira em 1985


Matérias Recomendadas

Deep Purple: David Coverdale conta como eles expulsaram o ACDC do palco em 1974Deep Purple
David Coverdale conta como eles expulsaram o ACDC do palco em 1974

Heavy Metal: celebridades que curtem ou já curtiramHeavy Metal
Celebridades que curtem ou já curtiram

Metallica: os fantasticos carros de James HetfieldMetallica
Os fantasticos carros de James Hetfield

Rob Halford: Talvez eu seja o único Gay vocalista de MetalRob Halford
"Talvez eu seja o único Gay vocalista de Metal"

Musas do Metal: confira as 10 mais lindas atualmenteMusas do Metal
Confira as 10 mais lindas atualmente

Stamp
Tunecore

Cathedral: o anunciado último suspiro de sua prolífica carreira

Resenha - Last Spire - Cathedral

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Como diz o ditado, "tudo que é bom dura pouco"! No caso do CATHEDRAL, até que não foi tão pouco assim, já que a banda se manteve ativa (mesmo com alguns períodos de pausa) por quase 24 anos. Formada em 1989 por Lee Dorrian e Mark Griff, a banda se tornou uma das mais cultuadas da cena doom/stoner metal, e mesmo não atingindo o grau de popularidade merecido, conseguiu uma legião de admiradores em todo o planeta. E agora acabam de lançar seu decido álbum de estúdio, o anunciado último suspiro de sua prolífica carreira.

Desde o lançamento de "Forest of Equilibrium" (1991), clássico absoluto do doom metal, e um dos discos mais soturnos e arrastados já gravados, até esse "The Last Spire", a banda mudou muito sua sonoridade. Se no começo, como dito, o doom metal se sobressaia, inclusive com os vocais mais soturnos e cavernosos de Lee, ao longo do tempo a banda foi evoluindo e aprimorando sua musicalidade, incluindo mais elementos de stoner metal, além de muita psicodelia e características do rock progressivo setentista, que tornaram suas músicas ainda mais especiais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lee também, com o passar do tempo, acabou deixando de lado totalmente os vocais mais guturais, e passando a criar uma forma única de cantar, e que acabou se tornando a marca da banda ao longo de todos esses anos de carreira, culminando com discos indispensáveis para qualquer apreciador da boa música pesada, como "The Ethereal Mirror" (1993), "The Carnival Bizzare" (1995) e até o estranho e dificílimo "The Garden of Unearthly Delights" (2005), em que as "viagens" da banda atingiram seu ápice.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Neste novo e fatídico trabalho de encerramento, é possível perceber que a banda optou por fazer um resgate a seus primórdios no doom metal, sem muitos experimentalismos, mas ainda trazendo alguns elementos mais diferenciados.

Já na sofrida intro, "Entrance to Hell", percebemos uma lado mais melancólico e tétrico do quarteto, que é comprovado pela faixa seguinte, "Pallbearer", com uma levada arrastada, riffs hipnóticos, e Lee cantando de forma mais agressiva e teatral, embora no decorrer de seus mais de 12 minutos seja possível perceber diversos momentos mais psicodélicos, que caracterizaram seus registros de meados dos anos 90 (os solos e dedilhados de violão chegam a impressionar).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Cathedral of the Damned" e "Tower of Silence" também seguem uma linha mais arrastada, com riffs e linhas vocais sujíssimas, enquanto "Infestation of Grey Death", apesar de também ser bem carregada de climas sombrios, possui alguns momentos mais diversificados e progressivos, com destaque para as variações dos vocais de Lee.

"An Observation" talvez seja uma das faixas mais macabras já gravadas pela banda, com riffs gélidos, e teclados muito bem encaixados, e alguns coros femininos que remetem às histórias de terror do mestre King Diamond, sendo que poderia facilmente constar do set list do disco de estreia da banda, tamanha sua qualidade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E, por fim, "This Body, Thy Tomb", que segue à introdução "The Last Laugh", encerra a gloriosa carreira do CATHEDRAL como a mesma começou, de forma pesada, sombria e carregada de climas tenebrosos, como pede o estilo!

Se era ou não hora da banda encerrar a carreira, só cabe aos músicos decidirem (para nós, fãs, fica claro que não, pois a banda ainda demonstra muita qualidade e competência), mas é fato que o CATHEDRAL fará muita falta no meio metálico, e deixará um vazio difícil de ser preenchido na memória dos fãs, aos quais só resta aproveitar ao máximo esse último resquício da genialidade de Lee Dorrian e seus comparsas, e que sem dúvida é um dos melhores registros da carreira da banda. IMPERDÍVEL!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The Last Spire - Cathedral
(2013 –RAR - Importado)

Formação:
Gaz Jennings - guitarra
Lee Dorrian - Vocal
Brian Dixon - Bateria
Scott Carlson – Baixo

Tracklist:

1. Entrance to Hell
2. Pallbearer
3. Cathedral of the Damned
4. Tower of Silence
5. Infestation of Grey Death
6. An Observation
7. The Last Laugh
8. This Body, Thy Tomb


Malvada
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Planet Rock: As músicas com os melhores solos de guitarraPlanet Rock
As músicas com os melhores solos de guitarra

Iron Maiden: a tragédia pessoal do baterista Clive BurrIron Maiden
A tragédia pessoal do baterista Clive Burr


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.