Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

imagemA sincera resposta de João Gordo para quem o acusa de ser "traidor do movimento"

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra a última vez que viu Syd Barrett

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii que faz uma dura crítica à panelinha do rock nacional

imagemO sensato conselho que Lulu Santos deu para o novato Herbert Vianna

imagemDez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

imagemBittencourt começou a fazer tai chi chuan no camarim após beque de Mariutti bater forte

imagemPrika explica critérios para entrar na Nervosa: "Fascista na minha banda não toca!"

imagemEddie Munson faz metaleiros virarem novos crushes da geração TikTok, diz site

imagemMúsicos famosos fizeram teste para o AC/DC sem que ninguém soubesse, conta baterista

imagemNando Reis e a enigmática música que ele queria usar para seduzir Marisa Monte


Dream Theater 2022

Soulspell: Solidificando a Metal Opera no Brasil

Resenha - Hollow's Gathering - Soulspell

Por Pedro Humangous
Em 02/02/13

Nota: 9

Ainda me lembro bem da felicidade que tive ao ouvir o primeiro disco do Soulspell. Afinal, não era comum ter uma Metal Opera feita no Brasil e com tantos músicos de peso envolvidos.

"Legacy Of Honor" foi um tremendo sucesso, contando com a participação dos melhores vocalistas brasileiros da atualidade. Em "Labyrinth Of Truth", o projeto tomou proporções ainda maiores, tendo performances de músicos consagrados mundialmente. Agora com "Hollow's Gathering", o Soulspell parece ter atingido seu ápice criativo e um amadurecimento completo em termos de composição, tanto musicalmente quanto liricamente, alcançando um balanço perfeito entre os dois trabalhos anteriores. Heleno Vale é o grande mentor dessa grande obra de arte e guia com maestria tudo o que envolve esse ousado e bem sucedido projeto musical. Inicialmente o Soulspell era comparado aos primórdios do Avantasia, mas ambas as bandas evoluíram e moldaram sua sonoridade com o tempo, tornado-se distintas entre si. Esse novo álbum é bastante ambicioso, épico e muito bem construído. As músicas estão mais trabalhadas, abusando de experimentações e troca de andamentos dentro de cada faixa, deixando a audição muito agradável e bem interessante. Há uma dosagem perfeita entre a velocidade e momentos mais calmos, além da alternância dos vocais femininos e masculinos, melódicos e agressivos. O disco como um todo está mais denso e menos direto. É preciso algumas ouvidas para entender a proposta. Mas assim que assimiladas, as músicas crescem a cada nova audição e "Hollow's Gathering" mostra-se um belíssimo disco! Impossível não destacar a presença de Blaze Bayley e Tim Ripper Owens que, ao lado de Mario Pastore, Nando Fernades e Carlos Zema, simplesmente destroem tudo através de faixas como "Hollow's Gathering", "The Keeper's Game" e "The Dead Tree". Um excelente lançamento que nos enche de orgulho. Além da aquisição deste lançamento, acaba sendo obrigatório ter a trilogia completa, pois vale cada segundo da audição!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Track List:
1. Hollow's Gathering
2. A Rescue Into The Storm
3. To Crawl Or To Fly
4. Anymore
5. Adrian's Call
6. Change The Tide
7. From Hell
8. The Keeper's Game
9. The Dead Tree
10. A Whisper Inside

Video:


Outras resenhas de Hollow's Gathering - Soulspell

Resenha - Hollow's Gathering - Soulspell

Resenha - Hollow's Gathering - Soulspell

Resenha - Hollow's Gathering - Soulspell

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Beldades: 10 motivos para você gostar ainda mais de Rock/Metal

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Pedro Humangous

Pedro Humangous, 28 anos, publicitário headbanger. Dono e editor chefe da revista Hell Divine. Santista apaixonado por música e uma boa cerveja. Atualmente reside em Brasília e não poupa esforços para fazer o metal se fortalecer no país. Já colaborou com as revistas portuguesas Versus e Horns Up, além da coluna "Rolo Compressor" na rádio Nucleo Base. Colecionador de CD's, DVD's, Livros e Action Figures, concentra suas forças no metal extremo, sem deixar de lado os demais estilos. Fanático por Opeth, Iron Maiden, Trivium, Kreator, Dream Theater, Baroness, Suicide Silence, entre tantas outras. Siga: @PedroHumangous

Mais matérias de Pedro Humangous.