Berkaial: Black Metal fora dos padrões modernos

Resenha - Eternal Curse - Berkaial

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcos Garcia
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Este é um ótimo exemplo de um disco que ficou escondido por um bom tempo, e que agora chega à luz, e uma banda com enorme talento para mostrar acaba ficando escondida nos porões mais obscuros do underground. 'Eternal Curse', da banda carioca de Black Metal BERKAIAL, é de 2009, mas somente agora recebe de fato uma recepção da imprensa especializada.

Sexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / MetalAlfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de Metal

A banda, fundada em 2000, faz um estilo de Black Metal que foge aos padrões mais modernos, com raízes fincadas nas formas mais tradicionais do estilo, ora com velocidade mais moderada, e outras mais cadenciadas, com melodias soturnas e obscuras bem fortes, ou seja, faz uma mistura muito homogênea da sonoridade entre MAYHEM, IMMORTAL pós 'At the Heart of Winter' e DISSECTION, mas sem imitar ambos, tendo personalidade. Vocais rasgados muito bem postados e com fôlego de sobre, guitarras com riffs e solos muito bons, base rítmica baixo-bateria extremamente competente e variada, sem cair em pontos comuns. Então, é um delírio sonoro.

O disco foi gravado no Estúdio do Horto, no RJ, com a produção, gravação e masterização feitas por Igor Fabbri, guitarrista da banda, e a mixagem feita por Leonardo Pagani, o disco soa intenso e pesado o tempo todo, com coesão, mas sem deixar de ter aquela aura característica do Black Metal. A arte é ótima, também feita por Igor, mas uma pena que as letras estão ausentes.

O disco em si mostra uma banda madura e com muito a mostrar de bom, musicalmente falando, pois difere bastante do que ouvimos atualmente, mas sem soar datado ou ultrapassado, e a competência do quarteto é mostrada em faixas fortes como 'Eternal Curse', que começa com aquela velocidade não exagerada costumeira, para logo focar em uma andamento variado e cheio de garra, com a bateria de Igor Noronha (que não está mais na banda) bastante variada nos andamentos; a ótima e intensa 'Berkaial's Curse', que varia bastante na velocidade dos andamentos, ma sendo mais focada no peso e em ótimos riffs soturnos de guitarra; 'Murder Misery', que começa lenta e sombria, e logo ganha peso, mas continuando macabra como antes, com um trabalho bem forte dos vocais; o bate-estacas da agressiva 'Ancient Texts of Abdul', o que torna o trabalho do baixo ainda mais evidente; a ríspida 'Dark God', e a ótima 'Heir Of Satan'.

Uma ótima banda, que está voltado à ativa definitivamente, e que já se encontra fazendo shows e mais shows. E que fiquem dessa vez, pois sua música é ótima.

Eternal Curse - Berkaial
(2009 - Independente - Nacional)

Tracklist:

01. Eternal Curse
02. Berkaial's Rise
03. Murder Misery
04. Ancient Texts of Abdul
05. The Ritual Begins
06. Scimitar of Yog Soth Oth
07. Inferna Originatus
08. Dark God
09. Song for the Damned
10. Heir of Satan
11. The Ritual Ends

Formação:

Paulo Ballado - Vocais
Igor Fabbri - Guitarras
Bruno Galluzzo - Baixo
Igor Noronha - Bateria

Contatos:

https://www.facebook.com/berkaialband?fref=ts
http://www.myspace.com/berkaial




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Berkaial"


Sexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / MetalSexo e Satã
As mensagens subliminares em capas de Rock / Metal

Alfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de MetalAlfabeto do Rock
As 15 melhores músicas de Metal

Covers: alguns dos mais legais feitos por bandas de MetalCovers
Alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal

Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal contra o câncer: festival aceita "cabelo" como ingressoIron Maiden: veja Nicko McBrain tocando com Streetwalkers em 1975Rockstars: mais alguns pedidos estranhos dos artistas

Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.