Hellstouch: Maior visibilidade aos grupos nacionais

Resenha - Coletânea - Hellstouch

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  


Em tempos onde o comércio de CDs se limitou a um público relativamente reduzido (mas que ainda resiste!), chega a ser passível de aplausos a iniciativa de alguns selos em compilar material de bandas desconhecidas para divulgá-las ao público. Neste esquema, a paulista Shinigami Records elaborou uma campanha cujo primeiro resultado é a coletânea "Hellstouch", lançada no dia 13 de julho, o "Dia Mundial do Rock".

Sepultura: Derrick Green elege seus 10 vocalistas preferidos do heavy metal

Manowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?

Com "Hellstouch", a ideia é dar maior visibilidade aos grupos nacionais selecionados. Com maior ou menor experiência, todos estão começando sua trajetória e, para tal, temos 20 canções executadas por 12 bandas dos mais variados cantos do Brasil e que abraçam os inúmeros subgêneros, indo do mais brutal, passando pelo thrash, tradicional, sinfônico, alternativo, etc. Tem de tudo.

Assim, como não poderia deixar de ser, o repertório prima pela diversidade e dá uma pincelada no que anda acontecendo em nosso efervescente underground. Em casos como uma compilação deste tipo, a qualidade do áudio oscila, mas em geral o nível permanece na média do que se espera de grupos iniciantes. De qualquer forma, algumas bandas estão batalhando há anos e mostram ótimas composições que mereceriam constar em um disco completo.

Pois bem, sobre esse "disco completo" aí... Para evitar algum tipo de influência, esta resenha não mencionará nomes de bandas ou canções, pois "Hellstouch" é parte de uma campanha que terá como próxima etapa uma votação, onde o segundo, terceiro e quarto lugares participarão de um split e primeiro colocado será agraciado com um disco completo lançado pela própria Shinigami Records.

A coletânea "Hellstouch" está sendo vendida por um valor irrisório e certamente a iniciativa merece reconhecimento por parte de qualquer headbanger que diz apoiar o metal nacional. É por aí! Finalizando, fica o convite para o leitor ouvir as músicas e também votar no seu preferido no blog da "Coletânea Hellstouch": http://coletaneahellstouch.blogspot.com.br/

Contato: www.shinigamirecords.com.br

Hellstouch – Coletânea
(2012 / Shinigami Records – nacional)

01. Cruscifire - Black Candle Light
02. Cruscifire - Last March
03. Hellpath - Liar
04. Hocnis - Hate In Your Eyes
05. Imminent Attack - Splact
06. Imminent Attack - Noise For Nothing
07. Mother Zombie - All Day Long
08. Mother Zombie - Suicide Town
09. Mud Lake - The Darkness Behind The Light
10. Prey Of Chaos - Forgotten By God
11. Prey Of Chaos - Grinding Brains
12. Puppets From Hell - Chased By Words
13. Puppets From Hell - Guilty Man
14. Rattle - Call Of Duty
15. Rattle - Embodiment Of Evil
16. Rhevan - Horror Park
17. Rhevan - When All The Heroes Are Gone
18. Severe Disgrace - Dark World
19. This Grace Found - World Collapse
20. This Grace Found - Your Life Remains The Same




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sepultura: Derrick Green elege seus 10 vocalistas preferidos do heavy metalSepultura
Derrick Green elege seus 10 vocalistas preferidos do heavy metal

Manowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?Manowar
Você acha as fotos da década de 80 ridículas?


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin