Nile: Álbum agradará fãs de Metal Extremo de todo o planeta

Resenha - At The Gate Of Sethu - Nile

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Danilo Rodrigues de Moraes
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Estamos diante do mais novo lançamento da banda NILE, que continua com uma brutalidade insana no sétimo disco "At The Gate Of Sethu", abençoado por Horus. No entanto ao ouvi-lo, parece ser o caso de um culto agradável de violência ao ímpio Seth, junto à premonição da morte e obscuridade criada com o advento de Anúbis no ano de 2012.

Felipe Andreoli: "Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."Capas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Notoriamente, percebemos que a proposta da banda continua a mesma, com temas egípcios que viajam desde canções ritualísticas a hinos de guerra. A produção do trabalho está impecável e digna de um faraó! Destaque para os urros de Karl Sanders, que transportam o ouvinte para às terras da esfinge.

Agora um fato que não se pode negar, é a "monstruosidade" com que o baterista George Kollias conduz seu instrumento, realizando blast beats e marcações nos pratos de maneira incrível e precisa, acentuando ainda mais a identidade e clima de cada faixa.

Não vale a pena dissecar faixa por faixa, pois seria um trabalho árduo e sem necessidade frente à qualidade de cada musica, mas, diga-se de passagem, que a abertura do CD com a faixa "Enduring The Eternal Molestation Of Flame" serviu na medida certa para o que se segue pela obra. Confesso que ao escutar "The Fiends Who Come To Steal The Magick Of The Deceased", me veio à mente, servos sendo açoitados por oficiais egípcios mediante ao sentimento mitológico contido na gravação.

Como sempre algumas músicas se destacam em relação a outras, cito aqui especial atenção para a já citada "The Fiends Who Come To Steal The Magick Of The Deceased", "Natural Liberation of Fear Through The Ritual Deception of Death", e a cadenciada "Tribunal Of Dead".

Não restam dúvidas, que fora o absurdo nível técnico da banda, os integrantes produzem com maestria e originalidade, o death metal proposto pelo Nile. Mais um ótimo registro na discografia da banda, que agradará os fãs do Metal Extremo espalhados pelo globo!

Formação
Karl Sanders - Guitarra e Vocal
Dallas Toler-Wade - Guitarra, Baixo, Backing Vocal
George Kollias - Bateria

Track List
1. Enduring The Eternal Molestation Of Flame
2. The Fiends Who Come To Steal The Magick Of The Deceased
3. The Inevitable Degradation Of Flesh
4. When My Wrath Is Done
5. Slaves Of Xul
6. The Gods Who Light Up The Sky At The Gate Of Sethu
7. Natural Liberation Of Fear Through The Ritual Deception Of Death
8. Ethno-Musicological Cannibalisms
9. Tribunal Of The Dead
10. Supreme Humanism Of Megalomania
11. The Chaining Of The Iniquitous


Outras resenhas de At The Gate Of Sethu - Nile

Nile: Uma das potências do Death Metal mundial




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Nile"


Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

Geologia: Os 5 lugares mais Metal do planetaGeologia
Os 5 lugares mais "Metal" do planeta


Felipe Andreoli: Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra...Felipe Andreoli
"Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."

Capas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos


Sobre Danilo Rodrigues de Moraes

Estudante de Ciência Sociais na faculdade Unifesp. Passa o tempo lendo obras filosóficas, ou escutando o bom e velho death metal.

Mais matérias de Danilo Rodrigues de Moraes no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336