Matérias Mais Lidas

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemFernanda Lira, da Crypta, e o papo reto sobre "se falar de política vai perder fãs"

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger


Stamp

Slayer: Em 1983, antes de serem Thrash Metal

Resenha - Show No Mercy - Slayer

Por Ben Ami Scopinho
Em 13/06/12

Nota: 10

Um clássico que influenciou gerações, agora totalmente remasterizado, está sendo relançado em terras brasileiras via Shinigami Records! Liberado em 1983, "Show No Mercy" foi um primeiro álbum que mostrou como o novato Slayer trabalhou bem nos dois anos anteriores pela região de Los Angeles (EUA), e cujas expressivas 40 mil cópias vendidas surpreenderam até mesmo a Metal Blade Records, que na ocasião também estava iniciando suas atividades pelo underground.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Tendo como trunfo a sintonia de seus músicos, "Show No Mercy" era veloz e agressivo, mas estas características ainda permaneciam diluídas pela influência direta que o Slayer sofria das bandas britânicas, cuja força melódica exercia grande fascínio na cena musical do início dos anos 1980 – Tom Araya até usava alguns agudos à la Rob Halford, e faixas como "Metal Storm / Face The Slayer", "Tormentor" e "Crionics" mostravam muito do que o Judas Priest e Iron Maiden ofereceram até então.

O satanismo e magia negra, tão superficiais, refletiam a falta de experiência dos jovens músicos na esfera das letras, mas e daí? As 10 canções possuíam amplos arranjos e nenhuma delas pode ser considerada como descartável; sua importância é tanta que petardos como "Evil Has No Boundaries", "Die By The Sword" e "Black Magic", esta última com uma base realmente mais próxima do Thrash Metal, permanecem insistentemente no setlist do Slayer há quase três décadas.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Gravado com um orçamento modesto, era inevitável que uma das maiores críticas a este álbum fosse a qualidade de seu áudio. De qualquer forma, esta é uma versão onde "Show No Mercy" passou por uma merecida remasterização que sanou muitos problemas e o que temos aqui é um som mais limpo, que permite não só melhor apreciar seus detalhes, mas sim a obra como um todo.

Excepcionalmente atraente como estréia, "Show No Mercy" soa fundamentalmente distinto de tudo o que o Slayer proporcionou posteriormente. A fórmula rapidamente cristalizou-se em algo mais sólido, cruel e extremo, que passou a ser conhecido como Thrash Metal e então o mundo conheceu o veneno de "Hell Awaits" (85). O resto é história e uma discografia considerada por muitos como a mais regular entre as bandas pioneiras do gênero. Indispensável!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Contato:
http://www.slayer.net
http://www.myspace.com/slayer

Formação:
Tom Araya - voz e baixo
Jeff Hanneman - guitarra
Kerry King - guitarra
Dave Lombardo - bateria

Slayer – Show No Mercy
(1983 / Metal Blade Records – 2012 / Shinigami Records – nacional)

01. Evil Has No Boundaries
02. The Antichrist
03. Die By The Sword
04. Fight Till Death
05. Metal Storm/Face The Slayer
06. Black Magic
07. Tormentor
08. The Final Command
09. Crionics
10. Show No Mercy

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal


Outras resenhas de Show No Mercy - Slayer

Resenha - Show No Mercy - Slayer

Resenha - Show No Mercy - Slayer

Resenha - Show no Mercy - Slayer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Thunderspell: divulgado cover de "Tormentor", do Slayer


Slayer: A História por trás da capa de Reign In Blood



Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.