Carach Angren: Um dos grandes CDs de metal extremo de 2012

Resenha - Where The Corpses Sink Forever - Carach Angren

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Que grata surpresa esse terceiro disco dos holandeses do CARACH ANGREN! A banda, que praticamente é desconhecida no Brasil, é praticante de um Symphonic Black Metal da melhor qualidade, repleto de peso e momentos épicos, com estruturas muito bem elaboradas e grande preocupação com a temática lírica, que foge dos clichês do estilo, e trata de temas conceituais com histórias envolvendo o sobrenatural, em especial envolvendo fantasmas.
5000 acessosGuitarras: as piores cagadas de 2014 registradas em vídeo5000 acessosSlash: uso excessivo de drogas chocou David Bowie

Se em “Lammendam” e “Death Came Through a Phantom Ship” a banda mostrou que tinha grande potecial, sendo aclamada pelo público especializado na Europa, dessa vez o trio deixou de ser uma promessa e se tornou uma realidade no underground, pois seu novo disco é um verdadeiro petardo do metal extremo, e forte candidato a melhor disco de black metal do ano.

Com composições repletas de peso e agressividade, e com arranjos de orquestrações brilhantes, sem exageros, e com muito bom gosto, os caras conseguiram dar uma nova tendência ao estilo, mostrando que a beleza e a brutalidade podem conviver harmonicamente juntas, e com um resultado não menos que impressionante! É mais ou menos o que o SEPTIC FLESH tem feito ultimamente, mas de uma forma mais orgânica e épica.

Ademais, como se percebe em faixas como “Lingering In Na Imprint Haunting” e “Little Hevtor What Have You Done”, a banda busca sair do lugar comum, incluindo diversas variações de andamento, além de belos arranjos de vozes, que trazem um clima macabro e ao mesmo tempo épico a sua sonoridade, sem deixar de lado a agressividade típica do black metal, e tudo isso muito bem encaixado com as temáticas líricas macabras apresentadas.

E é impressionante como a banda mantém a qualidade excelente em todas as faixas do material, seja nas partes mais rápidas e brutais, com blast beats e riffs cortantes, seja nos momentos mais ambientais, emocionais e experimentais, tendo como grande exemplo a excelente “The Funerary Dirge Of a Violinist”, uma faixa que representa todas as características marcantes do trio.

Como ocorrer com todas as bandas desbravadoras e que procuram inovar dentro da música pesada, é lógico que os mais puristas irão torcer o nariz (como já fizeram para outros conjuntos excelentes, como o DIMMU BORGIR, por exemplo). Mas se você procura por coisas novas, e principalmente quer curtir um som criativo e feito por músicos extremamente competentes e conhecedores do assunto, com certeza irá se surpreender com o CARACH ANGREN, que com esse seu terceiro disco coloca no mercado um dos grandes álbuns de metal extremo de 2012.

Where The Corpses Sink Forever - Carach Angren (2012 – Season of Mist - Importado)

Tracklist:

01. An Ominous Recording (1:58)
02. Lingering In An Imprint Haunting (5:04)
03. Bitte Tцtet Mich (5:03)
04. The Funerary Dirge Of A Violinist (8:04)
05. Sir John (4:27)
06. Spectral Infantry Battalions (2:04)
07. General Nightmare (4:19)
08. Little Hector What Have You Done? (4:55)
09. These Fields are Lurking (Seven Pairs of Demon Eyes) (7:15)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Where The Corpses Sink Forever - Carach Angren

1094 acessosCarach Angren: um passeio sombrio pela Segunda Guerra Mundial

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de junho de 2012

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Carach Angren"

GuitarrasGuitarras
As piores cagadas de 2014 registradas em vídeo

SlashSlash
Confissões sobre drogas chocaram David Bowie

Collectors RoomCollectors Room
Conheça o sujeito que invadiu o palco do Maiden no Rock In Rio

5000 acessosFull Rock: músicas perturbadoras e inquietantes que são adoradas5000 acessosAce Frehley: Kiss atual é um bando de putas velhas e sujas?5000 acessosNightwish: Anette Olzon conta como entrou na banda5000 acessosLed Zeppelin e o lendário encontro com Elvis Presley5000 acessosAnnete: "jornalistas do brasil falaram que sofri um aborto"5000 acessosRonnie James Dio: quando os heróis são imortais

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online