Syren: Peso e belas melodias num som direto e agressivo

Resenha - Heavy Metal - Syren

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8


Mesmo diante dessa grande fase atual do metal, com diversas bandas novas aparecendo e vários dos medalhões do estilo se mantendo relevantes, o heavy metal tradicional tem sido uma vertente pouco explorada, pois com algumas exceções, é raro encontrarmos novos grupos que se dediquem a este importante ramo da música pesada. Assim, é bom descobrir que o Brasil tem bons representantes no estilo, e os cariocas do SYREN são um desses grandes exemplos, e chegam com tudo no mercado com seu debut sugestivamente intitulado de "Heavy Metal".

A banda, formada pelo experiente Luiz Syren (vocal), além de B. Arawn e D. Arawn (Guitarras),Bruno Coe (Baixo) e M. Kult (Bateria), mostra muito conhecimento no assunto, e nem parece que este é apenas seu primeiro lançamento oficial.

publicidade

Mesclando muito peso e belas melodias, num som direto e agressivo, o SYREN apresenta 10 faixas bem empolgantes, variando entre momentos mais rápidos e outros mais cadenciados e pesados, e lembrando bandas como o BRAINSTORM e a fase mais pesada da carreira solo de BRUCE DICKNSON. E isso não só devido ao excelente instrumental, com guitarras empolgantes e uma cozinha repleta de peso e energia, mas também pelo timbre fantástico de Luiz Syren, que lembra o mestre Bruce, e também Andy B. Franck, apesar de ter um estilo próprio, sem soar como cópia de qualquer outro cantor.

publicidade

A gravação também é muito boa, com uma cara de material ao vivo, graças ao trabalho de Alex Macedo, que realizou a mixagem e masterização do disco, deixando o som bem orgânico, pesado e "na cara", como é possível perceber nas pedradas "Blindfold", "Devil Road" (com solos fantásticos, e uma linha vocal irrepreensível, além do melhor refrão do disco), "Stay Alive" (uma das mais pesadas do material) e "Odyssey" (com vocais no melhor estilo Bruce Dickinson), que deverão agradar em cheio ao fãs ávidos por músicas de qualidade.

publicidade

Tomara que a banda consiga maior apoio por parte do público e de uma boa gravadora, para espalhar seu som não só pelo Brasil como pelo mundo, pois os caras estão prontos para atingir um degrau maior em sua carreira, e representar (muito bem) nosso país. Altamente recomendado a todos os fãs da música pesada em geral!

Heavy Metal - Syren
(2011 - Independente)

publicidade

Track List:
1. Blindfold
2. Devil Road
3. The End
4. Stay Alive
5. Last Train to Hell
6. Scourge of Time
7. Heavy Metal
8. Keep Walking
9. Die in Paradise
10. Odyssey


Outras resenhas de Heavy Metal - Syren

Syren: Metal Tradicional que não soa datado




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slipknot: Joey Jordison diz que foi demitido por telegrama cantadoSlipknot
Joey Jordison diz que foi demitido por telegrama cantado

Top 500: as melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling StoneTop 500
As melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling Stone


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin