Carro bomba: Amostra de como viver numa metrópole

Resenha - Nervoso - Carro Bomba

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar Correções  

9


Se São Paulo fosse a capital do Iraque, com certeza ninguém sairá vivo. Esse é o propósito do som do Carro Bomba, banda paulistana formada por Rogério Fernandes (v), Marcelo Schevano (g), Fabrizio Micheloni (bx) e a bateria gravada por Fernando Minchillo, que deu lugar ao craque Heitor Schewchenko.

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosSimplicidade é para os falsos: o nome de banda mais complicado do mundo

Gravado no estúdio Mr. Som (SP) e a produção organizada pela dupla Heros Trench e Marcello Pompeu (Korzus), o "terceiro atentado" Nervoso é a mais perfeita amostra de como viver numa grande metrópole. Tanto o instrumental quanto as letras fazem jus ao nome do disco.

Se for para falar das faixas, destaco a Punhos de Aço e Sangue de Barata. O som é uma mistura de Black Sabbath, Motörhead e doses cavalares de Thrash Metal. Schevano bebendo a fonte do Iommi; Rogério voltando aos tempos do Golpe de Estado e a cozinha comandada por Brizio.

Outro ponto positivo é a arte e encarte, obra do André Kitagawa, ilustrando o retrato da cidade no meio da noite. A conclusão é você comprar o CD, ir ao show dessa banda e ficar surdo por resto da vida, mas com moderação.

Track List:

1-Punhos de Aço
2-Sangue de Barata
3-Bomba Blues
4-Fui
5-Válvula
6-O Passageiro da Agonia
7-O Foda-se
8-O Foda-se II
9-Intravenosa

Line-up:

Rogério Fernandes - Voz
Marcelo Schevano - Guitarra e coros
Fabrízio Micheloni - Baixo e coros
Fernando Minchillo - Bateria e coros


Outras resenhas de Nervoso - Carro Bomba

Resenha - Nervoso - Carro BombaResenha - Nervoso - Carro Bomba



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal SP: documentário sobre Heavy Metal em São PauloMetal SP
Documentário sobre Heavy Metal em São Paulo


Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos

Simplicidade é para os falsos: o nome de banda mais complicado do mundoSimplicidade é para os falsos
O nome de banda mais complicado do mundo


Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don't Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

adWhipDin