El Caco: Rock/Hard dos 70, Pos Punk e Jane's Addiction

Resenha - Hatred, Love & Diagrams - El Caco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Marcos Garcia
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


É de uma felicidade ímpar ver muitas bandas rebuscando o bom e velho som dos anos 70 com propriedade de causa nos dias de hoje, especialmente porque o fazem resgatando todos os elementos sonoros e psicodelia da época, mas sem caírem nos mesmos pontos comuns que o Grunge fez. Ainda mais quando as mesmas vêm de países menos tradicionais no estilo, o que dá uma diferenciada de seu trabalho de outras, e o EL CACO, da Noruega, uma banda já bem veterana, que nos chega via Indie Recordings com seu novo trabalho, ‘Hatred, Love & Diagrams’, o sexto CD da banda, que agora devem alcançar maior expressão, já que todos os anteriores eram por uma gravadora muito pequena.
5000 acessosMais Alto!: A diferença entre headbangers e humanos comuns5000 acessosNoisecreep: dez melhores canções de Metal (e Hard) dos 80s

Adeptos de uma mistura bem personalizada de Rock/Hard Rock dos 70 (muito do BLACK SABBATH e alguns toques de LED ZEPPELIN), mais uma pitada de Pos Punk aqui e ali, algumas nuances do JANE’S ADDICTION em sua melhor fase, e muita competência musicalmente falando, sem tentarem ser um trio virtuoso, mas sem ser uma banda simplória.

A produção visual do disquinho é bem caprichada, embora não muito complicada, e a sonora consegue dar aquela crueza e sujeira essenciais dos anos 70 sem abafar os instrumentos ou torná-los inaudíveis, ou seja, tenham certeza que poderão ouvir sem nenhuma preocupação.

O EL CACO não é uma banda para ser ouvida e digerida logo de cara, pois não é um trabalho trivial ou grudento em si, mas necessita de uma audição mais cuidadosa, e terás em mãos um produto ótimo, onde se destacam faixas como a forte, emotiva e densa ‘After I’m Gone’, bem cadenciada e com o baixo bem proeminente; a completamente ‘janesiana’ ‘Hatred’, uma faixa bem intensa e cativante, assim como a paradona ‘Autopsy’, com seus toques Gothic Rock e uma aula dos vocais; ‘Equivalence’ é interessante e já um pouco mais bruta, com um climão Stoner muito legal; a curta e grossa e levemente Pop ‘Go Forward’, com ótimos andamentos da bateria; a peso-pesado ‘Sabbathica’ ‘Six to Zero’; além da densa ‘She Said, em que vemos o baixo fazendo movimentos interessantes.

Um trabalho simples, honesto, bem feito e digno de atenção de todos. Se o vosso escritor aqui recomenda? Óbvio que sim.

Track list:
01. After I'm Gone
02. Hatred
03. Autopsy
04. Equivalence
05. Go Forward
06. Confessions
07. Sixty to Zero
08. Skeleton
09. She Said
10. Disconnect

Formação:
Øyvind Osa – Vocais e baixo
Anders Gjesti – Guitarras
Fredrik Wallumrød – Bateria

Contatos:
http://www.elcaco.com
http://www.myspace.com/elcaco
http://www.facebook.com/elcacoofficial

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Hatred, Love & Diagrams - El Caco

291 acessosEl Caco: A Noruega vai muito além do Metal Extremo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "El Caco"

Mais Alto!Mais Alto!
A diferença entre headbangers e humanos comuns

NoisecreepNoisecreep
As dez melhores canções de Metal (e Hard) dos 80s

Joey RamoneJoey Ramone
Em 1989 falando de Metallica, AC/DC e GN'R

5000 acessosOzzy Osbourne: saiba porque ele odeia banheiros públicos5000 acessosSlayer: "Raining Blood" é brutal, mesmo com a bateria da Barbie5000 acessosAndreas Kisser: "Lemmy Kilmister era maior do que Jimi Hendrix"5000 acessosIron Maiden: Dennis Stratton comenta morte de Clive Burr5000 acessosBlack Metal: lista de cinco bandas do lado sinfônico do satanismo4438 acessosKiss: Paul Stanley explica o motivo da maquiagem

Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online