Orange Goblin: No limpo do Stoner/Doom Metal da atualidade

Resenha - A Eulogy for the Damned - Orange Goblin

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Finalmente, depois de um longo tempo, é lançado este sétimo registro de estúdio dos ingleses do ORANGE GOBLIN, que possui uma excelente reputação no underground metálico como uma das melhores bandas de stoner/doom metal da atualidade, e que resgata com muita competência aquele som pesado e sujo que tínhamos quando do nascimento do metal e do hard rock, aliando-o com elementos mais atuais.
5000 acessosMegadeth: Dave explica por que não tocar "The Conjuring"5000 acessosDoors - Perguntas e Respostas

E os caras já alardearam por todos os cantos que este “A Eulogy for the Damned”, sucessor de “Healing Through Fire” (2007) é seu melhor trabalho até o momento, o que, de fato, pode ser percebido desde a primeira audição do cd, uma verdadeira obra prima metálica. Tudo aqui é muito bem feito, e mostra uma banda afiadíssima e cheia de gás, pronta para conquistar todos aqueles que ainda não tiveram o prazer de conhecer sua música.

Com influências que vão de BLACK SABBATH a MOTORHEAD, de SPIRITUAL BEGGARS a THE EXPLOITED, de THIN LIZZY a CELTIC FROST, “A Eulogy for the Damned” é pesadíssimo e muito cativante, além de trazer uma certa nostalgia ao ouvinte mais calejado nos meandros da música pesada. E, apenas para constar, a banda, que sempre teve a fama de ser uma das mais empolgantes ao vivo, finalmente conseguiu trazer toda a energia de suas apresentações para um disco de estúdio!

Certamente o material merece ser ouvido na íntegra, pois trata-se de uma obra muito homogênea, mas alguns destaques ficam claros logo de cara, como a suja abertura “Red Tide Rising”; a setentista “Stand for Something” e a cadenciada “The Fog”.

A arte gráfica também merece destaque, assim como a produção, propositalmente suja e retro, mas que deixou todos os instrumentos muito bem timbrados e audíveis.

Portanto, meu amigo, se você é fã de música pesada, em especial daquela praticada no final da década de 70 e início da década de 80, fica a dica. Fortíssimo candidato a figurar entre os melhores lançamentos de 2012. Obrigatório.

Confiram o clipe de excelente faixa de abertura:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

A Eulogy for the Damned – Orange Goblin
(2012 – Candlelight – Importado)

Track List:

1. Red Tide Rising
2. Stand for Something
3. Acid Trial
4. The Filthy & the Few
5. Save Me from Myself
6. The Fog
7. Return to Mars
8. Death of Aquarius
9. The Bishops Wolf
10. A Eulogy for the Damned

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Orange Goblin"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Orange Goblin"

Dave MustaineDave Mustaine
"Joguei dois feitiços em pessoas, ambos funcionaram!"

DoorsDoors
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Mascotes do MetalMascotes do Metal
Os dez maiores segundo The Gauntlet

5000 acessosMichael Kiske: "O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"5000 acessosBeatles: tocando "Stairway To Heaven" no YouTube?5000 acessosEm 16/01/1993: o Nirvana fazia um show catastrófico no Brasil5000 acessosJapão: afinal, por que eles ainda compram tantos CDs?5000 acessosMastodon: Brent Hinds diz que "Dream Theater é uma banda Gay!"5000 acessosAvenged Sevenfold: desmistificando o ódio pela banda

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online