Lamb of God: Extremamente pesado e consistente

Resenha - Resolution - Lamb of God

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8


No final dos anos noventa e início da década de 2000, um novo grupo de bandas norte-americanas de heavy metal revigorou o gênero nos Estados Unidos, lançando álbuns consistentes que influenciaram grupos de todo o mundo. O principal fruto da chamada New Wave of American Metal foi o metalcore, hoje inserido no DNA da música pesada. Entre as bandas da NWOAM, as principais sempre foram o Trivium e o Lamb of God. O grupo de Matt Heafy voltou com tudo em 2011 com o consistente "In Waves", e agora é a vez do Lamb of God mandar ótimas notícias para os seus fãs.

Kerrang!: álbuns fantásticos com capas constrangedorasLars Ulrich: "Eu era o maior fã do Iron Maiden"

Sétimo disco do quinteto formado por Randy Blythe (vocal), Willie Adler (guitarra), Mark Morton (guitarra), John Campbell (baixo) e Chris Adler (bateria), "Resolution" apaga a má impressão deixada pelo último álbum, o apenas mediano "Wrath" (2009). No novo trabalho, a banda afasta-se de forma definitiva do metalcore e flerta de maneira explícita com o thrash e com o death metal.

Riffs agressivos, solos com muita melodia e um groove constante são onipresentes, além de doses generosas de peso e violência. Há uma inegável influência do Pantera pairando sobre a maioria das composições, além de um tempero sulista bastante sutil em algumas passagens.

O primeiro single, a ótima "Ghost Walking", é uma espécie de southern thrash. "The Undertow" aposta na velocidade em dos melhores momentos do play. "Guilty" traz Dimebag Darrell de volta, enquanto "Insurrection" mostra que a banda anda ouvindo muito death metal melódico, principalmente Amon Amarth. Uma das maiores surpresas do disco é a sua faixa de encerramento, "King Me", onde a banda revisita o clima de "... And Justice for All", com direito a vocais femininos e a participação de um orquestra.

Extremamente pesado e consistente, Resolution é um dos melhores trabalhos do Lamb of God, e mostra o porque de a banda ser um dos principais nomes do heavy metal norte-americano há mais de uma década.

Recomendadíssimo!

Faixas:
Straight for the Sun
Desolution
Ghost Walking
Guilty
The Undertow
The Number Six
Barbarosa
Invictus
Cheated
Insurrection
Terminally Unique
To the End
Visitation
King Me


Outras resenhas de Resolution - Lamb of God

Lamb Of God: Abandonando de vez o MetalcoreLamb Of God: Definitivamente consolidada na cena MetalLamb of God: Para começar o ano de 2012 "batendo cabeça"

Lamb Of God: Brutalidade em novo álbum chega a impressionarLamb Of God
Brutalidade em novo álbum chega a impressionar




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Lamb Of God"


Kerrang!: álbuns fantásticos com capas constrangedorasKerrang!
álbuns fantásticos com capas constrangedoras

Lamb of God: Stefanie Stuber canta faixa no The Voice alemão e conquista juradosLamb of God
Stefanie Stuber canta faixa no The Voice alemão e conquista jurados

Em 31/08/2004: Lamb Of God lançava seu maior clássico, Ashes Of The Wake

Kiko Loureiro: Mustaine deixou ele dar palpites no novo disco?Kiko Loureiro
Mustaine deixou ele dar palpites no novo disco?

Lamb Of God: os filmes de terror favoritos de Randy BlytheLamb Of God
Os filmes de terror favoritos de Randy Blythe

Liberation Fest: tudo sobre o festival que será realizado em SPLiberation Fest
Tudo sobre o festival que será realizado em SP


Lars Ulrich: Eu era o maior fã do Iron MaidenLars Ulrich
"Eu era o maior fã do Iron Maiden"

Antes da fama: Atores que apareceram em clipes clássicosAntes da fama
Atores que apareceram em clipes clássicos

Iron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a LoudwireIron Maiden
As dez melhores músicas, segundo a Loudwire

Metallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou ReedMetallica
Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed

Creed: nomeada pior banda dos anos 1990 pela Rolling StoneCreed
Nomeada pior banda dos anos 1990 pela Rolling Stone

Marilyn Manson: ele não é nazista, apenas gosta de suásticas?Marilyn Manson
Ele não é nazista, apenas gosta de suásticas?

Dimebag: produtor enojado com fotos da cena do crimeDimebag
Produtor enojado com fotos da cena do crime


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336