Nervochaos: "Live Ritual", ouçam sem moderação!

Resenha - Live Ritual - Nervochaos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Durr Campos
Enviar correções  |  Ver Acessos


Há um monte de caras que adoram dizer que conhecem tal banda desde a demo-tape e que a fitinha K7 de determinada banda é o seu melhor trabalho. Em alguns casos é verdade mesmo, mas cá entre nós, não é ainda mais interessante quando o grupo do qual gostamos lança um disco melhor que o outro em sequência? Com os paulistanos do NERVOCHAOS é assim.

NervoChaos: vídeos da turnê mundial e datas das turnês norte-americana e africanaKurt Cobain: a teoria de assassinato do músico

Após três demos intercaladas a três álbuns o hoje quarteto lançou no ano passado o sensacional "Battalions of Hate", um dos discos mais festejados entre os fãs de death metal ao redor do mundo. Para comemorar a ótima receptividade eis que agora sai o registro que representa a turnê européia 'Occult Rituals Over Europe 2011', o ao vivo Live Rituals.

Contando com uma arte precisa do renomado artista Marcelo Vasco (Vader, Borknagar, Exhortation, Dimmu Borgir, dentre outros), a bolachinha conta com gravações em diversos países do Velho Mundo, além de duas faixas gravadas em estúdio, uma para o projeto de ópera-metal 'Hamlet' (2002) e outra para o álbum tributo ao Brutal Truth, denominado 'An Underground Tribute to Brutal Truth', lançado agora no final de novembro pela Relapse Records.

A produção está muito boa, podendo-se ouvir claramente todos os instrumentos. Já o repertório, matador, inclui, dentre outros temas, "Infernal Words", a minha favarita "Pazuzu Is Here", o hino "Total Satan" e o cover absurdamente eficiente para "Funeral Rites", do melhor disco do velho e bom Sepultura (nota do redator: Morbid Visions, de 1986, quando o quarteto ainda praticava um poderoso e até então recém-nascido death metal). Ouçam sem moderação!

Banda: Nervochaos
Álbum: Live Rituals
Ano: 2011
Gravadora: Tumba Records
País: Brasil

Line-up
Guiller - Vocal + Guitars
Quinho - Guitars
Felipe - Bass
Edu - Drums

Track listing
01. Infernal Words
02. Pazuzu Is Here
03. All-Out War
04. Total Satan
05. Dark Chaotic Destruction
06. Perish Slowly
07. Funeral Rites (Sepultura Cover)
08. Pure Hemp
09. Turn Face (Brutal Truth Cover)
10. The Truth Appears

Links Relacionados
http://www.myspace.com/nervochaos
http://www.metalmedia.com.br/nervochaos
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=3852307
https://www.facebook.com/pages/NervoChaos-Official-Page/2497...
E-mail: nervo666@hotmail.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Nervochaos"


NervoChaos: vídeos da turnê mundial e datas das turnês norte-americana e africana

Death Metal: 5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutarDeath Metal
5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutar

Krisiun: Banda correu risco de prisão em BangladeshKrisiun
Banda correu risco de prisão em Bangladesh


Kurt Cobain: a teoria de assassinato do músicoKurt Cobain
A teoria de assassinato do músico

Separados no nascimento: Paul Stanley e Sidney MagalSeparados no nascimento
Paul Stanley e Sidney Magal

Ozzy Osbourne: Madman dá a cura para a ressacaOzzy Osbourne
Madman dá a cura para a ressaca

Lemmy: A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininhaLemmy
A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininha

Andreas Kisser: os álbuns que marcaram o guitarristaAndreas Kisser
Os álbuns que marcaram o guitarrista

SOAD e Beethoven: Um mashup incrível em show de talentosSOAD e Beethoven
Um mashup incrível em show de talentos

Jason Bonham: tento tocar no máximo de minha habilidadeJason Bonham
"tento tocar no máximo de minha habilidade"


Sobre Durr Campos

Graduado em Jornalismo, o autor já atuou em diversos segmentos de sua área, mas a paixão pela música que tanto ama sempre falou mais alto e lá foi ele se aventurar pela Europa, onde reside atualmente e possui família. Lendo seus diversos artigos, reviews e traduções publicados aqui no site, pode-se ter uma ideia do leque de estilos que fazem sua cabeça. Como costuma dizer, não vê problema algum em colocar para tocar Napalm Death, seguido de algo do New Order ou Depeche Mode, daí viajar com Deep Purple, bailar com Journey, dar um tapa na Bay Area e finalizar o dia com alguma coisa do ABBA ou Impetigo.

Mais matérias de Durr Campos no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336