Angry: EP apresenta um excelente Thrash Metal das antigas

Resenha - Only Lies - Angry

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar Correções  

publicidade

9


É aquela coisa: quando uma banda se propõe a ser realmente profissional, já dá um passo considerável e facilmente se sobressai a uma infinidade de outras. Sobre isso, o clichê "a primeira impressão é a que fica" é uma realidade, seja isso bom ou ruim. Sendo mais objetivo: ao receber um disco, a primeira coisa que se faz é observar a apresentação da capa. E nesse caso, a Angry já está com nota 10! Chegou aqui um EP dentro de um tipo de envelope de papelão com capa dura espetacular. Coisa fina mesmo!

Presença de Palco: dicas para iniciantes

Antes do Black Sabbath: as 50 músicas mais pesadas do rock

Pois então, depois de colocar o trabalho no aparelho de som e começar a ouvi-lo, a melhor coisa do mundo é constatar que a alta qualidade não ficou só na embalagem. Pois é, o trio apresenta um excelente thrash metal das antigas, que logo de cara, já mostram fortes influências de Slayer (no vocal de Tom Araya, para ser mais exato) e Destruction. Só coisa boa!

"Only Lies" é composto por cinco músicas cuja produção também é um show à parte. E só pela primeira composição - "The Beginning of Chaos" (instrumental) -, já se percebe que o pessoal não está para brincadeira. Eles já revelam um pouco do que são capazes, com destaque para o baterista Ricardo e sua virada final apoteótica (e é só o começo!).

Na música seguinte - "Only Lies (dedicates to…)" -, temos outra beleza do underground, com um solo muito bem encaixado. A terceira faixa - "Coldness of the Soul" (bela letra!) -, mais cadenciada, mantém a fúria do grupo intacta.

É chegada a penúltima canção – "Agony" -, cujos riffs e batidas são marcantes. É a mais agressiva (e melhor) do disco. Petardo! E fechando o play, "Right" vem levemente mais comedida e melódica... por pouco tempo! Na sequência, a avalanche de bumbos duplos prossegue e finaliza o EP com estilo.

As faixas, é válido lembrar, têm inúmeras mudanças de ritmo, e a velocidade é tipicamente do thrash old school.

Não há mais o que acrescentar. A Angry simplesmente está de parabéns pelo investimento e pelo poder demonstrado. Pode sair correndo pra conseguir esse EP, que não há possibilidade de arrependimento na aquisição! Abaixo, um vídeo do baterista mandando ver em "Agony".

Angry – Only Lies (EP)
Independente – 2010 – Brasil
http://www.myspace.com/angrythrash

Tracklist
1-The Beginning of Chaos
2-Only Lies (dedicates to…)
3-Coldness of the Soul
4-Agony
5-Right




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Presença de Palco: dicas para iniciantesPresença de Palco
Dicas para iniciantes

Antes do Black Sabbath: as 50 músicas mais pesadas do rockAntes do Black Sabbath
As 50 músicas mais pesadas do rock


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin