Shadowside: não há como não elogiar o novo álbum

Resenha - Inner Monster Out - Shadowside

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Amadurecimento! Eis um dos requisitos essenciais (junto com a competência dos envolvidos) para se chegar ao sucesso. E ao ouvirmos este novo disco da banda SHADOWSIDE, do litoral paulista, podemos constatar com clareza o tanto que referida qualidade é essencial para o crescimento de uma banda.

Você já deve ter lido diversas resenhas elogiando eloquentemente este "Inner Monster Out" e se perguntado: é tudo isso mesmo? E a resposta é uma só: SIM! Não há como não elogiar um trabalho com tantas qualidades e que demonstra, como dito acima, todo o amadurecimento e evolução do SHADOWSIDE. Realmente, os trabalhos anteriores da banda são muito bons, mas o negócio aqui chegou num nível de excelência absurdo!

publicidade

Além disso, a produção excelente do renomado Fredrik Nordstrom deu mais vigor às composições do grupo, ficando latente todo seu potencial criativo. Alias, logo de cara podemos constar o aumento no peso e da agressividade das músicas, principalmente nas guitarras de Raphael Mattos, e nos vocais de Dani Nolden, aliando momentos agressivos e melódicos com precisão, que são os dois grandes destaques do trabalho. Além disso, a cozinha formada pelo baixista Ricardo Piccoli e pelo baterista Fábio Buitvidas é muito técnica e precisa, deixando o som ainda mais cativante.

publicidade

No geral, o som da banda esta também um pouco diferente, como dito, com músicas mais encorpadas e com uma pegada mais agressiva e, principalmente, pesada, mesclando elementos que vão do heavy metal tradicional até o thrash metal, com outros mais modernos, mas sem perder sua essência. Faixas como as poderosas e cativantes "Angel With Horns" e "In the Name of Love" (não, não é uma balada) demonstram bem estas características. Ademais, destacam-se ainda as pesadíssimas "Inner Monster Out", que conta com a participação de Björn "Speed" Strid (Soilwork), Mikael Stanne (Dark Tranquillity) e Niklas Isfeldt (Dream Evil) e "Waste of Life", com Dani cantando de forma muito agressiva.

publicidade

Além destas, merece ainda menção o cover de "Inútil", do Ultraje ao Rigor", que ficou realmente excelente, mantendo as características da música original, e acrescentando um peso inimaginável para a mesma.

Confesso que apenas não dei nota máxima ao disco porque acredito que alguns (poucos) refrões poderiam ter sido melhor aproveitados, para que as músicas ficassem mais marcantes, mas nada que comprometa o excelente resultado final do trabalho.

publicidade

Com "Inner Monster Out" o SHADOWSIDE chega de vez ao topo do metal nacional, tendo tudo para trilhar, inclusive, o sucesso internacional. Não cometa o mesmo erro de muitos que torcem o nariz para a banda pelo simples fato de ter um vocal feminino, sem antes mesmo escutar suas músicas e confira aqui um dos melhores lançamentos de 2011.

Inner Monster Out - Shadowside
(2011 – Voice Music – Nacional)

publicidade

Track List:

1. Gag Order
2. Angel with Horns
3. Habitchual
4. In the Name of Love
5. Inner Monster Out
6. I m Your Mind
7. My Disrupted Reality
8. A Smile Upon Death
9. Whatever Our Fortune
10. A.D.D.
11. Waste of Life

Bonus Track:
12. Inútil (Ultrage a Rigor Cover)


Outras resenhas de Inner Monster Out - Shadowside

Shadowside: Impossível esquecer um álbum destes

Shadowside: Metal agressivo, pesado e com vocais femininos




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Eu Toco Rock N' Roll: doc mostra dificuldade de viver do estiloEu Toco Rock N' Roll
Doc mostra dificuldade de viver do estilo

Blog Sutil Como Uma Granada: Musas do rock/metal nacionalBlog Sutil Como Uma Granada
Musas do rock/metal nacional


Separados no nascimento: Roger Waters e Richard Gere.Separados no nascimento
Roger Waters e Richard Gere.

Rock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os temposRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin