B'z: Pop Rock japonês com um pouco de peso e energia

Resenha - C'mon - B'z

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor de Andrade Lopes, Fonte: Sinfonia de Ideias
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


C'mon é o décimo oitavo álbum de estúdio da dupla japonesa B'Z. O trabalho segue com as características de pop rock que o grupo vem apresentando desde o último álbum, Magic, mas agora traz um pouco do peso e da energia que eles tinham na época do Eleven, Green, Big Machine e The Circle, combinado a uma levíssima pitada de música eletrônica, algo comum nos primeiros discos do grupo, quando as guitarras de TAK MATSUMOTO disputavam espaço com um mar de sintetizadores.

AC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon ScottHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981

O resultado é um trabalho direto, bem-produzido, sem decepções, como a maioria dos álbuns do B'Z. Provavelmente, vai alcançar o topo das paradas japonesas, como fazem todos os discos da dupla desde o Risky, de 1990. O álbum é mais diversificado que o anterior, e traz alguns riffs e melodias que chamam a atenção de quem esperava o som um tanto repetitivo do Magic.

Destaque para a faixa-título e de abertura, "C'mon", que foi utilizada num comercial japonês da Pepsi; "Don't Wanna Lie", o segundo single, que ganhou um vídeo promocional (veja abaixo); "Dead End", que abre com uma melodia tensa e pesada se comparada ao resto do álbum; "Meimei", a balada mais marcante; "Too Young", com uma pegada jazz que lembra o som de Take Your Pick, o álbum vencedor do Grammy que TAK fez com LARRY CARLTON; e "Ultra Soul 2011", um remake do hit que a banda produziu em 2001.

Se por um lado não foi uma produção de tirar o fôlego, pelo menos trouxe alguns elementos que a dupla parecia ter pedido no último álbum. O vocalista KOSHI INABA mostra que o tempo parece não afetar a voz poderosa e única de um cantor que já colaborou com SLASH e STEVE VAI.

Abaixo, o clipe do single "Don't Wanna Lie".

Track-list:
1 - C'mon
2 - Sayonara Kizudarake no Hibi yo
3 - Hitoshizuku no Anata
4 - Homebound
5 - Don't Wanna Lie
6 - Dareka
7 - Boss
8 - Too Young
9 - Pilgrim
10 - The Meister
11 - Dead End
12 - Meimei
13 - Ultra Soul 2011




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "B'z"


AC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon ScottAC/DC
As 10 melhores músicas da banda com Bon Scott

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1981

Ultimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os temposUltimate Guitar
As 28 canções mais sombrias de todos os tempos

Ódio musical: os artistas mais detestados em lista da SpinnerJared Leto: a reação ao se ver no papel do CoringaAquiles Priester: fotos que contam a história do bateristaA7X: Discografia Comentada, P. 3 (Do pesadelo à realeza)

Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes no Whiplash.Net.