Fleshgod Apocalypse: Anunciando o final dos tempos

Resenha - Oracle - Fleshgod Apocalypse

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Às vésperas do lançamento de “Agony”, a próxima violência do Fleshgod Apocalypse, apresento o full-length anterior -“Oracles” - um álbum insano que não deixa pedregulho sobre pedregulho.
5000 acessosAerosmith: Tyler acha que Kiss é banda de história em quadrinhos5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja

E mama mia, quanta ignorância! Não bastasse o também italiano Hour of Penance (resenha neste link) poluir os tímpanos dos headbangers, agora vem o Fleshgod Apocalypse com seu brutalíssimo death metal técnico para assombrar o underground mundial! Comparando uma à outra, a conclusão é que alta qualidade perfaz o caminho de ambas.

A produção é magnífica, o instrumental é fantástico e o vocalista é amedrontador. Resultado? Um trabalho praticamente perfeito. É o tipo de coisa que faz você perceber o quanto algumas pessoas nasceram pro negócio. Detalhe: a banda já está nesse patamar com apenas quatro anos de vida.

Os solos são poucos, mas eficientes. Há uma dose de melodia espalhada pelo disco, e até trechos que remetem à música clássica. Um contraste quase absurdo que parece servir como descanso em meio à pauleira. Só que aí vem o agravante: não é que ficou interessante o modo como esses elementos foram inseridos?

Mas são mesmo os riffs velozes e a bateria avassaladora que mais se destacam em “Oracle”. O jeito como são executados evidencia o quão técnico e ilimitado o death metal pode ser. Partes de guitarra mais quebradas, e as citadas melodias, sem nunca deixarem de ser pesadas, enriquecem o CD.

Entre as faixas ultrabrutais, “Requiem in SI Minore” apresenta um lado mais sombrio e denso do conjunto, com uma levada que começa lenta, mas volta ao “normal” com a britadeira característica. Coisa mais linda! E ela já emenda em outra agressividade chamada “At the Guillotine”, sem deixar tempo para recuperar o fôlego.

Aliás, não há como deixar de lado outras maravilhas como “In Honour of Reason”, “Post-Enlightenment Executor”, “Embodied Deception” (que preciosidade!) e “Retrieving My Carcass”, todas simplesmente impiedosas.

Anunciando o final dos tempos, a Fleshgod Apocalypse vai passar sem deixar sobreviventes. Um som exterminador e indispensável.

Tracklist
1. In Honour of Reason
2. Post-Enlightenment Executor
3. As Tyrants Fall
4. Sophistic Demise
5. Requiem in SI Minore
6. At the Guillotine
7. Embodied Deception
8. Infection of the White Throne
9. Retrieving My Carcass
10. Oracles

Total playing time - 37:40

Fleshgod Apocalypse – Oracle
Candlelight Records/Willowtip Records – 2009 - Itália

http://www.myspace.com/fleshgodapocalypse

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Fleshgod Apocalypse"

O Metal continua relevante?O Metal continua relevante?
As melhores músicas lançadas recentemente

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Fleshgod Apocalypse"

AerosmithAerosmith
Tyler acha que Kiss é banda de história em quadrinhos

Roqueiros conservadoresRoqueiros conservadores
A direita do rock na revista Veja

ReligiãoReligião
Top 10 citações sobre Deus e o Diabo

5000 acessosHeavy Metal: os vinte melhores álbuns da década de 805000 acessosReligião: os rockstars que se converteram5000 acessosOops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicos5000 acessosRock: ele não morreu, mas está morrendo, segundo pesquisa5000 acessosBlack Sabbath: filósofo escreve livro sobre as letras5000 acessosLoudwire: 10 discos fodas com capas toscas

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online